Google+ Followers

sábado, 16 de abril de 2011

Superbactérias também atingem os pets


A automedicação e uso incorreto de medicamentos podem contribuir para o aparecimento de superbactérias em seu animalzinho. Segundo a veterinária Carla Alice Berl, um dos maiores erros dos donos de animais é interromper o uso do medicamento quando a doença parece estar curada. “Neste momento em que estamos quase ganhando a briga contra a bactéria o medicamento para de ser administrado. A bactéria que ainda não foi erradicada totalmente pode se recompor e se tornar resistente à medicação”, explica.

Saber os horários corretos de ministrar os remédios também faz toda a diferença na luta contra as bactérias. Para Carla, a dificuldade que os donos têm para fazer seus pets tomarem os medicamentos faz com que eles, muitas vezes, não sigam à risca os horários e dias certos recomendados pelo veterinário. “Devemos indicar o melhor produto para facilitar a medicação, seja oral - em forma de comprimido ou solução tipo xarope - ou injetável e ainda reforçar que o tratamento não pode ser interrompido para não sermos responsáveis por este grande problema mundial”, acredita.

Carla Alice Berl é veterinária e diretora do Hospital Veterinário Pet Care.

Fonte: PetMag

...

A Veterinária Carla tem toda razão!!!
Automedicar um pequenino está errado e quando o Veterinário passa um remédio, temos que dar de maneira correta.
Caso contrário, os pequeninos não melhoram...
Eu costumo colocar o remédio num pequeno pedaço de queijo fatiado. 
Dobro o queijo e eles comem que é uma beleza... rs
A importância de dar o remédio no horário e na quantidade certa é para que tenha efeito...

Nenhum comentário:

Postar um comentário