Google+ Followers

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Hashima Island – A ilha abandonada


Hashima Island é um sufixo que quer dizer “ilha” em japonês.A ilha Hashima Island é uma entre as 505 ilhas abandonadas na prefeitura de Nagasaki a cerca de 15km de Nagasaki. A ilha foi habitada entre 1887 e 1974 e explorada como uma mina de carvão. As características mais notáveis da ilha são os edifícios de concreto abandonados e a parede em volta da ilha que lhe dá um aspecto de barco. Desde 2005 que é administrada por Nagasaki, anteriormente foi por Takashima. A ilha é bastante conhecida pelas suas minas de carvão e a sua operação durante a industrialização do Japão. Mitsubishi comprou a ilha em 1890 e começou o projecto, que era basicamente extrair carvão debaixo do mar. Para isso construíram o maior bloco de apartamentos no Japão em 1916 para acomodar os seus trabalhadores (muitos eram recrutados à força vindos de outras partes da Ásia).


De acordo com a comissão do Sul da Koreia, a ilha acomodou 500 koreanos que foram forçados a trabalhar entre 1939 e 1945, durante a segunda guerra mundial.


Em 1959, a sua densidade populacional era de 835 pessoas por hectare para a ilha inteira, ou 1,391 por hectare na zona residencial da ilha, a maior densidade populacional já vista na história da humanidade. Assim que o petróleo substitui o carvão no Japão nos 1960s, as minas de carvão começaram a ser fechadas uma a uma e Hashima Island não foi excepção. A Mitsubishi anunciou oficialmente o fecho da mina em 1974 e até hoje permaneceu vazia, é por isso que ganhou a alcunha de a “Ilha Fantasma”. Viagens a Hashima foram reabertas em 22 de Abril de 2009, depois de 20 anos de silêncio.


Fonte: http://www.exploracaourbana.com/

Um comentário:

  1. oie!!!tbem fiz um blog...rs!!!passa la qdo vc tiver um tempo!!!www.miltonluciana.blogspot.com.br...bjs!!!adorei os cachorros...os 4...kkkk!!!!!

    ResponderExcluir