Google+ Followers

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Governo endurece critério de evacuação ao redor da usina





O governo japonês anunciou nesta segunda-feira que vai implantar uma evacuação planejada dos moradores de Fukushima que estiverem em locais com índices de radiação acima de 20 milisieverts por ano. A medida expande a área de isolamento, que atualmente é de 20 quilômetros ao redor da usina nuclear danificada pelo terremoto, seguido de tsunami, há um mês.


A nova área de evacuação inclui partes das cidades de Katsurao, Namie, Kawamata, Iitate e Minamisoma. O governo informou que não é necessário fazer uma retirada imediata e que durante um mês vai explicar a medida aos moradores.

O porta-voz do governo, Yukio Edano, disse que trata-se de uma medida de precaução porque tudo indica que vai demorar muito tempo até que o problema na usina nuclear seja resolvido. "Esses novos planos de evacuação visam assegurar a segurança contra os riscos de morar lá por seis meses ou um ano", declarou.

O governo determinou, ainda, que crianças, gestantes e doentes que recebem tratamento médico em casa não podem ficar na área entre 20 e 30 quilômetros de distância da usina, atualmente considerada de evacuação espontânea. "As pessoas que decidirem ficar nesse local devem estar preparadas para uma retirada de emergência, sem a dependência de terceiros para se locomover", disse Edano.

Fonte: Alternativa Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário