Google+ Followers

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Algumas curiosidades sobre Cães e Gatos

Meus sobrinhos Catarina e Bianco
Por que os cães fedem tanto depois de molhados?

O mau cheiro dos peludos é fruto da reação química da água com secreções fedidas produzidas por eles, sobretudo por uma glândula perto do ânus. Outro motivo para o fedor são bactérias e fungos presentes na pele – se o bicho não for bem enxuto após banho, fica sujeito a infecções que aumentam a fedentina.

Por que os gatos ronronam?

Engana-se quem pensa que é porque eles sofrem de asma. O som é resultado das vibrações geradas altpela passagem de sangue numa veia bem larga na região do peito. Amplificadas pelo diafragma, essas vibrações passam pela traquéia até ressoarem pela cavidade sinusoidal (perto do nariz, nos seio da face). Cientistas britânicos descobriram que os gatos usam um ronronar específico – com frequência similar aos sons dos bebês – para manipular seus donos.


Por que os cachorros abanam o rabo?

A principal hipótese é que isso é feito para espalhar os feromônios (hormônios usados pelos bichos para comunicação), que são exalados pela região anal. As abanadas também refletem o seu estado de espírito. Movimentos amplos expressam alegria, enquanto manter o rabo erguido, dobrado em direção às costas e com movimentos rápidos é um aviso de dominância. Em geral os cães abanam o rabo quando estão felizes; os gatos, quando estão contrariados.

Quantos anos vive um cachorro?

Aquela história de que um ano do seu cãozinho equivale a sete da gente é verdade, mas em alttermos. A correspondência exata da idade vai depender do tamanho do bicho. Para um cão de pequeno porte até 8 kg, um ano corresponde a cinco anos do homem. De médio porte até 40 kg, a sete anos humanos. E, de grande porte, acima de 40 Kg, a 10 anos humanos.

Por que os cães variam tanto de tamanho e os gatos não?

Porque, há milhares de anos, o homem induz cruzamentos a fim de aprimorar as habilidades específicas dos cães, como faro e sociabilidade. Com isso, acabaram surgindo raças tão diferentes quanto o mirradinho chihuahua e o parrudo dogue alemão. O mesmo não rolou com os gatos.


Por que os gatos sempre caem de pé?

Por causa do seu senso apurado de equilíbrio e de alguns mecanismos que permitem fazer movimentos rápidos e girar o corpo sobre as patas.

1. Olhos e órgãos de equilíbrio nos ouvidos internos enviam ao cérebro dados sobre a posição da cabeça em relação ao solo.

2. altBigodes e pelos acima dos olhos e nas bochechas também captam a posição no espaço e a velocidade da queda.

3. O cérebro processa essas informações e manda comandos para os músculos corrigirem o alinhamento do corpo.

4. Enquanto isso, a cauda atua como contrapeso, compensando as variações no centro de gravidade.

5. O gato então se ajeita e estira as patas. As “almofadinhas” na sola e a elasticidade das articulações amortecem o baque.

Por que os cachorros dão voltas antes de se deitar?

É um habito herdado de seus ancestrais que viviam nas florestas. Antes de dormir, para se certificar de que não havia nenhum predador por perto, eles andavam em círculos olhando para todo lado. O tempo passou, mas os totós domésticos não perderam a mania de perseguição.

Cães são capazes de farejar câncer?

Através de alguns experimentos realizados na Inglaterra ficou comprovado que alguns cães possuem essa habilidade. O índice de acerto foi de 41%. Acredita-se que os resultado se deve ao apurado olfato canino, capaz de identificar o odor característico do tumor, imperceptível até para os equipamentos modernos.


Raio X da anatomia de cães e gatos.

Boca - A lambida dos totós não é nada higiênica. Há quase 400 mil bactérias vivendo nas suas bocas. Por sorte, graças ao nosso sistema de defesa, em geral elas são inofensivas à nossa saúde.

Língua Canina – Como os cães não têm glândulas sudoríparas que produzem suor, eles suam pela língua. É por isso que eles estão sempre de boca aberta, sobretudo em dias quentes ou após uma corridinha.

Coração – Parece maldade, mas, se você gosta mesmo do seu cãozinho, nunca dê chocolate a ele. É que a teobromina, substância presente no doce, pode causar arritmia cardíaca e levar o animal à morte!

Cérebro – Os cientistas já descobriram que tanto os cachorros quanto os gatos sonham, mas até hoje não se sabe com o quê. O mais provável é que seja com eventos vividos por eles.

Umbigo – Mesmo que você nunca tenha reparado, cachorros e gatos têm umbigo, sim. Acontece que, como o processo de cicatrização é diferente do nosso, a marca fica bem menos evidente.

Pele – Cães e gatos têm a mesma propensão a ter pulgas e carrapatos, mas os bichanos sofrem menos pro causa de sua língua áspera, que remove esses incômodos parasitas.

Sistema reprodutor – Gatos e cachorros podem ter gêmeos idênticos. Mas, como os filhotes são muito parecidos, só um exame de DNA pode dizer se os dois irmãos são gêmeos mesmo.

Língua felina – A aspereza da língua dos felinos tem dupla função: ajudar na limpeza do corpo e remover pelos velhos e soltos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário