Google+ Followers

sábado, 23 de abril de 2011

O próximo iPhone poderá ser mais parecido com um iPod touch do que com um iPhone 4 Leia mais: O próximo iPhone poderá ser mais parecido com um iPod touch do que com um iPhone 4 | MacMagazine

Joshua Topolsky, do This is my next…, conseguiu informações sobre um dos protótipos de iPhone em fase de testes, e podemos dizer que é algo um tanto surpreendente. Se você achava que o smartphone da Apple não tinha como ficar mais fino do que já é, imagine que ele vai ficar semelhante a este mockup:


O que dizem por aí é que o próximo iPhone (ou pelo menos um dos designs futuros) será mais parecido com um iPod touch do que com a versão atual do telefone da Maçã. Pegando um pouco do DNA do MacBook Air, ele deverá ter forma de cunha (com uma extremidade mais fina que a outra — talvez não tanto quanto na imagem acima, claro) e uma tela maior, ocupando quase toda a parte frontal do aparelho.

Aliás, o display merece uma atenção especial. Sua diagonal seria levemente aumentada para 3,7 polegadas, mas com a mesma resolução de hoje, resultando numa densidade de 312 pixels por polegada — ainda o bastante para fazer jus ao nome “Retina” sem medo. Fala-se até de novas tecnologias de vidro que permitirão a inserção de sensores e até do alto-falante atrás da tela.

O botão Home não deverá sumir; muito pelo contrário: ele pode aumentar de tamanho. É possível que ele seja ou fique numa superfície para a realização de gestos, algo que dizem ser um dos recursos futuros do iOS. Ratificando o que fora dito pelo CFO da Verizon recentemente, esse aparelho deverá de fato ser um híbrido GSM/CDMA, podendo ser usado em praticamente qualquer operadora ao redor do mundo. Como se não bastasse tanta novidade, o novo gadget ainda poderá usar um sistema de recarga por indução — ou seja, sem fios, à la Palm Pre.

Vale apenas destacar que a imagem no início do post é apenas um mockup dando uma ideia geral das informações obtidas pelo This is my next… — ou seja, provavelmente o gadget real não seria tão fino nem teria uma traseira de metal. Ou não: sabe lá que tipo de mágica a Apple anda cozendo em seus laboratórios.

Num ano em que todo mundo espera a chegada de um “iPhone 4S” às lojas (e depois de todo o fiasco envolvendo o Gizmodo), é até legal imaginar que poderemos ser surpreendidos com um gadget extemporâneo e completamente diferente do que existe hoje.

Fonte: http://macmagazine.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário