Google+ Followers

sábado, 12 de março de 2011

Mais detalhes sobre o terremoto e tsunami no Japão do dia 11 de fevereiro

Este é o mapa de províncias (capitais) do Japão.
As províncias atingidas ficam ao norte do país.
Sendai (capital da província de Miyagi) está no canto superior direito.
Um terremoto massivo atingiu a costa nordeste do Japão, desencadeando tsunamis em amplas áreas da costa do Pacífico. Centenas de pessoas podem ter morrido.

A Agência de Meteorologia do Japão informou que o abalo ocorreu às 14h46 de hoje, sexta-feira, ao largo da costa da província de Miyagi. A magnitude estimada foi revisada para cima, chegando a 8,8 graus - a maior já registrada no Japão.

Alertas de tsunami de alta intensidade com ondas de até 10 metros de altura foram emitidos desde Hokkaido, no extremo norte, até Tokushima, no oeste do país.

Na cidade de Sendai, em Miyagi, até 300 corpos foram encontrados em uma praia do bairro de Wakabayashi. A área foi fortemente atingida pelo terremoto massivo e por ondas de tsunami nesta sexta-feira. A polícia da província afirmou que a causa provável das mortes foi por afogamento.

Em Miyagi, os tremores atingiram uma intensidade de 7 graus - o nível máximo na escala japonesa de 0 a 7.

Fortes abalos também foram sentidos em muitas partes do país, incluindo Tóquio. Os prédios da capital japonesa chegaram a tremer por vários minutos.

Três outros terremotos - de 7 graus de magnitude ou mais - ocorreram sucessivamente durante 40 minutos após o tremor inicial. O foco de todos eles se situavam em alto-mar no Pacífico, próximo às regiões nordeste e central do Japão.

Às 15h50, um tsunami com ondas superiores a 7,3 metros atingiu o porto de Soma, na província de Fukushima, varrendo casas pelo caminho. A polícia local ordenou a retirada em massa da população.

Às 16h52, ondas gigantes de 4,2 metros de altura atingiram a cidade de Oarai, na província de Ibaraki. Às 15h21, outros tsunamis com altura superior a 4 metros ocorreram em Kamaishi e Miyako, na província de Iwate.

É difícil avaliar a extensão dos danos causados pelos terremotos e tsunamis. No entanto, há relatos de mortos e feridos em diversas províncias.

As autoridades da província de Miyagi afirmaram que cerca de 20 pessoas encontram-se presas em um quebra-mar, enquanto várias outras foram varridas pelo tsunami.

Imagens captadas pelas câmeras da NHK nas províncias atingidas mostram tsunamis cobrindo estradas e varrendo veículos e casas.

Pelo menos 44 casos de incêndio foram registrados em 6 províncias. Em Chiba, uma refinaria da empresa petrolífera Cosmo Oil foi incendiada, após um vazamento de gás causado pelo terremoto.

Os trens-bala permanecem fora de serviço em maior parte do país. Embora não haja relatos de acidentes ferroviários, os trens estão parados na maioria das áreas costeiras, incluindo Tóquio.

O aeroporto de Narita, em Chiba, foi fechado e os funcionários foram retirados da torre de controle. Todas as vias expressas estão fechadas ao tráfego em Miyagi.

O terremoto causou ainda apagões em amplas áreas, afetando milhões de lares japoneses.

Fonte: http://www3.nhk.or.jp/

2 comentários:

  1. Amigo querido, como voce está, ficamos todos preocupados aqui, fiquei mais aliviada quando lí esse relato abaixo, mas mesmo assim me mande um e-mail me dizendo como voces estão, vou orar muit a Deus para dar conforto as pessoas atingidas e conforto aos familiares. Bejo fica com Deus

    Ass Manona

    ResponderExcluir
  2. Manona, estamos bem...
    Obrigado.
    Desculpe a demora em responder...
    Mais detalhes no link:

    http://nososcachorros.blogspot.com/2011/03/dia-12-de-fevereiro-e-terra-continua.html

    bjs

    ResponderExcluir