Google+ Followers

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Operação resgata cães abandonados na Califórnia



Piloto acomoda alguns dos 58 Chihuahuas de rua e pequenos cães de
Los Angeles que estão sendo levados para o Canadá
Foto: AFP

O fato de celebridades como Paris Hilton popularizarem o uso de cachorros de porte pequeno como mero acessório fashion levou a Califórnia a sofrer nos últimos anos com uma superpopulação de cãezinhos abandonados, mas uma operação de resgate internacional, batizada de operação Air Chihuahua, é esperança de um lar decentes para esses bichinhos.

Candy, Kobe, Sadie, Winnie, Taylor e Troudy são alguns dos 60 passageiros que na sexta-feira subiram a bordo do jato privado de Jan Folk, empresária e filantropa canadense, que emprestou seu avião para que estes chihuahuas e outras raças de cães pequenos fossem levados para Edmonton, na província canadense de Alberta.

"É o primeiro Voo da Liberdade que vai levar esses cães de raças pequenas para uma família em outro país", explica Folk. A operação Air Chihuahua teve um custo calculado em US$ 40 mil e foi financiada pela sociedade The Orange Dog de Folk para resolver o problema da superpopulação de cãezinhos em Los Angeles.

"Existem mais de 60 mil chihuahuas abandonados em Los Angeles e o número continua crescendo", afirmou Madeline Bernstein, presidente da Sociedade para a Prevenção da Crueldade contra os Animais (SPCALA). Segundo Bernstein, este fenômeno aumentou na Califórnia depois de filmes como Legalmente loura e Beverly Hills Chihuahua, que popularizaram a ideia de ter um cachorro como um mero acessório da moda.

"A aparição de celebridades como Paris Hilton e Britney Spears, que começaram a ser fotografadas com cachorrinhos, também ajudou no problema", acrescentou. "O problema é que eles não são acessórios, são cachorros, que fazem cocô, xixi, e precisam de cuidados... As jovens os compram como se fossem uma linda carteira, e por isso se cansam muito rápido deles", afirmou.

Para Folk, a operação Air Chihuhua garante para esses bichinhos o direito a uma nova vida, em uma família com condições de cuidar de suas necessidades. Promovida pela SPCALA, a operação começou primeiramente apenas Estados Unidos, onde até agora dezenas de cachorrinhos foram embarcados rumo ao Colorado, Houston e Flórida. Esta é a primeira vez que promovem uma adoção internacional coletiva.

Fonte: http://noticias.terra.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário