Google+ Followers

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Plantas alteradas geneticamente para detectar bombas


Parece que o futuro detector de bombas nos aeroportos poderá ser muito mais agradável que o atual escâner, já que agora temos plantas que podem fazer este trabalho.

Isso é o que fez a professora de biologia da Universidade de Colorado, June Medford, quem alterou plantas para que mudem de cor e fiquem brancas quando alguns explosivos estão no ar perto delas. Segundo Medford o objetivo é fazer que as plantas sejam tão sensíveis como o nariz de um cachorro.

O projeto foi financiado pela agência de defesa DARPA, que acredita que estas plantas podem ser uma boa alternativa em lugares públicos como aeroportos, estádios, edifícios do governo e outros lugares sensíveis.

A investigação começou em 2003 e Medford indicou que ainda faltam 4 anos para puder instalar as primeiras, mas garantiu um resultado positivo.

Fonte: FayerWayer Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário