Google+ Followers

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Dormir com cães e gatos pode causar problemas de saúde

Eu, Belinha e Frederico tirando uma soneca... rs

Os animais de estimação vêm sendo tratados cada vez mais como membros da família, o que inclui, inclusive, o acesso ilimitado às dependências da casa. Prova disso foi um estudo recente que aponta que 56% dos donos de animais permitem que seus pets durmam com eles na cama. Apesar de parecer inofensiva a atitude pode ser mais perigosa do que se imaginava.

Segundo um novo estudo realizado pela Universidade da Califórnia, deitar na companhia dos pets pode levar a problemas graves nos rins e fígado, além de infecções intestinais, verminoses e até mesmo peste bubônica, em casos extremos.

De acordo com o site do jornal Daily Mail das 250 doenças transmitidas de animais para seres humanos, mais de 100 delas surgem do contato com bichos domésticos. O estudo revelou ainda que doenças graves, como o mal de chagas, por exemplo, têm mais chances de surgir em famílias que permitem a presença de cães e gatos em cima da cama.

Infecções bacterianas severas causadas por arranhões e lambidas de felinos e cães infectados com a bactéria Bartonella henselae também apresentam maior risco de aparecer. Outro problema encontrado pelos estudiosos foram as verminoses causadas em donos que beijam seus pets.

A pesquisa foi realizada com famílias nos Estados Unidos, França, Reino Unido e Holanda e foi publicada pelo jornal do Centro de Controle e Prevenção de Doenças norte-americano. Segundo o professor de medicina veterinária, Bruno Chomel, que chefiou o estudo, entre as mulheres, 25% delas admitiram que dormem com seus pets, enquanto 16% dos homens admitiram o mesmo. Os cães de pequeno e médio porte também levam vantagem em 41% dos casos, enquanto um em cada três cães de grande porte dorme na cama com seus donos.

Larry Kornegay, presidente da Associação Veterinária Americana explica que o estudo serve para alertar os donos quanto aos riscos e também incentivar a prevenção. Uma das dicas dadas pelo especialista é lavar as mãos logo após brincar com os animais. Visitar o veterinário para check-ups semestrais também é importante, finalizou.

Fonte: PetMag

Nenhum comentário:

Postar um comentário