Google+ Followers

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Crenças de ontem, crianças de hoje


Novas pesquisas revolucionaram antigos conceitos sobre nossos filhotes

O que se dizia - Tábula rasa / "As crianças nascem sem nenhum conhecimento. Tudo o que aprendem vem do ambiente. Sem a cultura de seus pares, o ser humano seria irracional."
O que se sabe - Sistema operacional / Existem fortes indícios de que nosso cérebro já vem com instruções básicas sobre o mundo e as pessoas, que servem para o resto da vida.

O que se dizia - Chupeta banida / O uso de chupeta interfere na amamentação, deixa a criança mais exposta a infecções de ouvido, atrasa o desenvolvimento da fala e causa dependência psicológica."
O que se sabe - Chupeta tolerada / Se não for usada depois dos 3 anos, ela não tem influência significativa na saúde ou no desenvolvimento. E, está comprovado, acalma o bebê.

O que se dizia - Assexuados / "As identidades masculina e feminina são construções culturais. No que tange a gênero, viemos ao mundo como um papel em branco, preenchido pela sociedade."
O que se sabe - Macho e fêmea / Desde a gestação o cérebro dos meninos é inundado de hormônios masculinos. Isso influi em comportamentos diversos mais adiante, como a preferência do homem por desafios e conflitos.

O que se dizia - Não sai daqui / "Só quando a criança fica maior é que a gente pode dar liberdade para ela brincar pela casa. Antes ela não tem coordenação motora para isso."
O que se sabe - Deixa Correr / Pode parecer contraintuitivo mas, quanto mais você deixar a criança solta, menos ela se machucará. Prendê-la é atrasar o desenvolvimento dos músculos e da sua coordenação motora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário