Google+ Followers

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Gata é intimada a fazer parte de um júri


Imagine o susto que a americana Anna Esposito levou ao receber uma carta intimando sua gata, Tabby Sal, para ser jurada de um processo judicial. Parece até brincadeira, mas o fato aconteceu de verdade. De acordo com o jornal Telegraph Anna precisou escrever uma carta à Corte Superior de Boston explicando o engano, embora não tenha obtido sucesso.

A comissão do júri não aceitou as explicações dadas por Anna e exigiu a presença da bichana no próximo dia 23 de março. Nem mesmo uma avalição feita pelo veterinário da gatinha, atestando que trata-se de um gato doméstico castrado de pelo curto fez com que o animal fosse liberado de seus “deveres” civis.

Segundo Anna, uma provável explicação para o caso é o nome de Tabby Sal ter sido incluso como membro da família no último censo, em vez de apenas animal de estimação. “Quando perguntarem a ela ‘culpado ou inocente’, o que ela dirá dizer? Miau?”, desabafou a americana.

Fonte: http://petmag.uol.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário