Google+ Followers

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Cão imitador de Hitler foi perseguido por nazistas


Uma pesquisa recente realizada por um historiador alemão revelou um fato um tanto quanto curioso sobre Hitler. O ditador foi capaz de perseguir até mesmo o dono de um cachorro durante a Segunda Guerra Mundial. O motivo? O animal havia sido treinado para erguer a patinha, como se fizesse a saudação do ditador. Para piorar o caso, a mulher de seu dono, Josefine, tinha o costume de chamá-lo de Hitler por brincadeira.

Os nazistas, ao descobrirem a história, não gostaram nada da gozação e imediatamente partiram para a Finlândia em busca de prender Tor Borg, dono de Jackie. Na época, o finlandês mantinha uma companhia farmacêutica, que também foi ameaçada de ser fechada pelos diplomatas alemães.

O curioso caso não era conhecido pelos historiadores até os dias de hoje, foi apenas recentemente, que o historiador Klaus Hillenbrand fez a descoberta, um episódio que ele mesmo chamou de “completamente bizarro”.

Em entrevista ao jornal Daily Mail Klaus contou que após o ataque à União Soviética os nazistas não tinham nada melhor para fazer então tornaram-se obcecados pelo cachorro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário