Google+ Followers

domingo, 28 de agosto de 2011

Delegacias especializadas em Proteção Animal, o futuro!

Resgate do Pastor Alemão Brad, vítima de espancamento - Ilustração/Divulgação

Há alguns meses, chegou a ser noticiado o flagrante feito pela Delegacia de Proteção Animal de Campinas em uma empresa que “em tese” oferecia serviços de adestramento e locação de animais na cidade. Após ouvirem o que pareciam gritos, policiais investigadores encontraram vários animais no local e um deles sendo espancado pelo adestrador responsável. Milagrosamente foram resgatados mais de 20 animais em condições que podemos classificar como de “maus tratos” no mínimo. Além de covarde, é simplesmente inaceitável que um profissional que cobra para ter um animal de outra pessoa a sua disposição para “ensinar”, use de violência para chegar a tal objetivo.

Não quero aqui ficar analisando e comentando os atos de estupidez promovidos contra esses animais. Sabemos que a realidade nas ruas e pasmem, em muitos lares, também é parecida.

Quero chamar a atenção para uma outra realidade que sinceramente espero estar crescendo e aparecendo em mais cidades no Brasil.

Me refiro as Delegacias especializadas em Proteção Animal. Um passo muito importante para que em um futuro próximo os incidentes envolvendo animais sejam tratados em caráter judicial.

Pois foi exatamente essa Delegacia que não só flagrou esses animais sendo espancados, como também recolheu e iniciou o processo de adoção desses animais. Os que necessitavam atendimento veterinário foram prontamente encaminhados para Clínicas parceiras (que em outra oportunidade comentarei aqui) e hoje estão todos recuperados.

O Instituto “Cãochorro & outros bichos” orgulhosamente participou de mais uma etapa importante para a “nova” vida que esses animais estão começando a merecidamente desfrutar. Oficialmente começamos a identificar esses animais com microchips que foram doados pela empresa Show Art de Campinas, e a cadastrá-los no banco de dados Abrachip. Queremos agradecer publicamente a Show Art pela doação dos microchips que serão usados pela Delegacia.

Em um evento bastante descontraído, fomos até a Delegacia no Taquaral em Campinas para encontrar o Brad, um pastor alemão que foi o primeiro a ser microchipado. Muitos reconhecerão pela foto que esse pastor foi exatamente aquele que estava sendo atacado pelo adestrador na ocasião do flagrante. Brad na verdade é o nome que recebeu após ser adotado por sua nova proprietária.

Meu encontro com Brad, recuperado e feliz - Ilustração/Divulgação

Encontramos também os doutores Roberto e Renata, que já são velhos parceiros nas ocorrências envolvendo animais mau tratados. Eles foram apresentados e prontamente cadastrados no Abrachip para que possam utilizar o banco de dados no gerenciamento e consulta aos animais e seus proprietários.

A intenção é microchipar os mais de 20 animais recolhidos a medida que forem adotados. O Brad representou brilhantemente seus companheiros e como vemos pelas fotos, mostrou-se simplesmente “outro” quando comparado ao animal assustado e compreensivelmente arredio que foi resgatado. Não só comportou-se de forma educada como também mostrou o que todos nós sabemos, que tem muito amor para oferecer a quem mereça sua amizade.

Estaremos de olho e noticiando as ações e conquistas da Delegacia e seus colaboradores!

Parabéns aos envolvidos:
Show Art, Drs. Roberto e Renata, Instituto “Cãochorro & outros bichos” e Delegacia de Proteção Animal de Campinas e todos seus funcionários.

Fonte: http://blogs.jovempan.uol.com.br/petrede/?p=15769

Um comentário:

  1. imundos que só fazem mautratar eles,depois dizem que os cachorros que sao agresivos.
    :( :( :( :( tantos mautratando e eu com saudade do meu pastor alemao que ja moreu,eu que queria poder tar o dando carinho,amor,cuidados como antes...aff

    ResponderExcluir