Google+ Followers

domingo, 5 de agosto de 2012

Fatos históricos do dia 5 de agosto


Atentado da Toneleros


Em 5 de agosto de 1954, quando o jornalista Carlos Lacerda se aproximava do seu apartamento, na Rua Toneleros, ele foi vítima de um atentado. As balas feriram seu pé e mataram o major Rubens Vaz da FAB, que lhe fazia a segurança. O mandante do crime foi o chefe da guarda de Getúlio Vargas, Gregório Fortunato.

1498 - Na sua terceira viagem à América, Colombo pisa pela primeira vez em terra continental na enseada de Yacua, situada na costa sul da península de Paria, na atual Venezuela.
1772 - Tratado de São Petersburgo, através do qual se confirma a primeira divisão da Polônia entre seus países vizinhos.
1775 - Pela primeira vez entra um barco na baia de San Francisco da Califórnia, o "San Carlos", capitaneado por Juan Manuel de Ayala.
1827 - Nascimento do Marechal Deodoro da Fonseca, primeiro presidente da República brasileira.
1829 - Estréia de "Guilherme Tell", de Rossini, na Ópera de Paris.
1850 - Manuel Isidoro Belzú é proclamado presidente constitucional da Bolívia.
1850 - Nasce o escritor francês Guy de Maupassant.
1872 - Nascimento do médico Oswaldo Cruz, Diretor Geral de Saúde Pública no Brasil, a partir de 1903. Ele foi o grande sanitarista brasileiro, combatendo epidemias de febre amarela, varíola e peste bubônica.
1886 - A Colômbia se organiza politicamente como República Central Unitária.
1895 - Morre Friedrich Engels criador, junto com Karl Marx, do socialismo científico. Em 1847, os dois escreveram o Manifesto Comunista, cujas teses constituem a base do materialismo histórico.
1905 - Através da mediação do presidente norte-americano Theodore Roosevelt, o Tratado de Portsmouth é assinado, dando fim à guerra entre Rússia e Japão.
1906 - Nascem os norte-americanos John Huston, cineasta, e Wassily Leontief, prêmio Nobel de Economia 1973.
1914 - Espanha e EUA se declaram neutras na Primeira Guerra Mundial.
1915 - Primeira Guerra: tropas alemãs tomam Varsóvia.
1918 - A Áustria capitula ante as tropas aliadas.
1919 - O general turco Mustafá Kemal Bajá se revolta, junto com seus partidários do congresso nacionalista de Erzurum, contra o governo de Damad Ferid.
1920 - Em Moscou, a "Carta do Construtivismo" se torna pública. O documento revelava um movimento artístico de Pevsner e Gabo.
1929 - Inauguração do serviço radiotelegráfico entre Berlim e México.
1930 - Nasce Neil Armstrong, cosmonauta norte-americano.
1936 - Na Colômbia, a Constituição de 1886 é reformada, com a introdução da separação Igreja-Estado.
1936 - O atleta negro norte-americano Jesse Owens ganha a terceira medalha de ouro na Olimpíada de Berlim, na Alemanha. Na época, o país estava sob o domínio do nazismo.
1941 - Segunda Guerra Mundial: os alemães esmagam as tropas soviéticas em Smolensko.
1942 - O médico polonês Janusz Korczack é executado no campo de extermínio de Treblinka. Korczack era diretor do orfanato judeu de Varsóvia e não aceitou separar-se de suas crianças, quando estas foram levadas a Treblinka.
1947 - O presidente Truman determina que o governador de Porto Rico seja eleito pelo povo porto-riquenho, e não pelo presidente dos EUA.
1949 - Mais de três mil mortos em um violento terremoto registrado no Equador.
1950 - Luís Carlos Prestes, secretário-geral do PC, conclama a criação de um exército popular no Manifesto de Agosto, publicado no jornal Voz Operária.
1954 - Atentado a tiros na rua Toneleros fere Carlos Lacerda e mata o major-aviador Rubens Vaz.
1955 - O Volkswagen de número 1 milhão é produzido na fábrica em Wolfsburg. O Käfer, besouro em alemão, trata-se do Fusca, como é conhecido no Brasil.
1955 - A cantora Carmen Miranda morre aos 46 anos, vítima de um ataque cardíaco.
1962 - Começa a "crise dos mísseis" de Cuba, com o bloqueio norte-americano da ilha.
1962 - Morre a atriz norte-americana Marilyn Monroe (Norma Jean Baker), sob suspeita de suicídio com barbitúricos, aos 36 anos.
1974 - Morrem aproximadamente duas mil pessoas, quando um terço da cidade de Bangladesh fica coberto por água.
1984 - Morre Richard Burton, ator britânico estabelecido em Hollywood.
1985 - Paul Bregman, tripulante do bombardeiro que lançou uma bomba atômica sobre Nagasaki em agosto de 1945, se suicida em sua casa de Los Angeles (EUA).
1988 - As tropas soviéticas abandonam Kandahar, antiga capital do Afeganistão.
1992 - Guerra dos Balcãs: o embaixador da Bósnia-Herzegovina denuncia ante a ONU que os servio-bosnios assassinaram 17 mil civis.
1994 - Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai decidem em Buenos Aires criar uma zona de livre comércio entre MERCOSUL e Bolívia.
1995 - O secretário de Estado norte-americano, Warren Christopher, e o secretário vietnamita, Nguyen Manh Cam, firmam em Hanói a normalização das relações entre ambos países, após 20 anos.
2000 - O ex-chefe da polícia da Cidade do México, Arturo Durazo, morre aos 82 anos em Acapulco. Conhecido por "El Negro", Durazo marcou um longo período de corrupção policial.

Redação Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário