Google+ Followers

domingo, 26 de agosto de 2012

Anjo Pessoal Regente do dia 26 de agosto - Mobahel


Anjo Mobahel

Anjo da justiça, da verdade e da liberdade,
livra as pessoas que se sentem prisioneiras
ou deprimidas, protege os inocentes e faz
conhecer a verdade.Quem nasce sob esta
influência será portador de boas notícias, um
magnífico defensor, de forma desinteressada,
das pessoas inocentes. Seu ego e forte presença
de espírito, marcarão seu dia-a-dia com a nobreza
e dignidade nas ações. Às vezes terá forte
impressão de que está vivendo algo que já aconteceu
em outra dimensão, ou mesmo em outra vida.
Tem grande facilidade de adaptação e sua vida é uma
transformação no sentido de uma regeneração espiritual.
Não perde tempo com futilidade e em qualquer ambiente
que estiver será o centro das atenções pela sabedoria,
bom senso, serenidade e intuição. O anjo de guarda
pede que mostre este conhecimento, um legado de outras
encarnações, para as pessoas que necessitam de ajuda.
Para isso tem o dom da oratória, forte capacidade de escolha
e discernimento.Poderá brilhar na advocacia, como autor de
textos jurídicos ou se especializando em processos nos quais
usará mitos históricos para provar suas teses. Sua luta por uma
sociedade mais justa poderá tornar-se conhecida e reconhecida
a nível internacional.

Número de sorte: 06

Mês de mudanças: junho

Horário: das 04:20 às 04:40 horas

Salmo: 09

Categoria: Querubins


Querubins

Os Querubins são os que auxiliam para que o Plano Divino seja cumprido, e os que guardam os Registros Sagrados. Segundo diversas fontes, os Querubins são os Guardiões da Luz e das Estrelas. O Anjo Raziel é o seu Príncipe, sendo conhecido também como o Anjo dos Mistérios. Dizem que habita em Chochmak, o Império das Idéias Puras. O Anjo Raziel também é considerado como sendo o Príncipe do Conhecimento e o Guardião da Originalidade. As pessoas cuja data de nascimento é regida pelos Querubins, via de regra, são extremamente emotivas (choram à toa), possuem sentimentos profundos e estáveis. Dificilmente possuem a habilidade de disfarçar quando não gostam de determinado fato, pessoa, ou local. Geralmente as pessoas regidas pelos Querubins são amigas leais, carinhosas, generosas, tímidas, além de boas confidentes, pois têm a habilidade de saber ouvir com atenção. Aqueles que são regidos pelos Querubins normalmente não são materialistas. Não possuem qualquer apego ao dinheiro e sentem-se felizes em usá-lo com o intuito de ajudar os que estão mais necessitados. São possuidores de caráter forte e marcante, além de serem dotados de um grande senso de estética. Em contrapartida (apesar do senso de estética bem apurado), na maioria das vezes, são pessoas acima do peso, ou com a tendência a tal, apesar de normalmente terem ótima saúde. Devido a uma série de acontecimentos vivenciados, na maioria dos casos, todos ocorridos no período da adolescência, como por exemplo, pressões familiares ou regras moralistas, costumam levar um tempo maior para se decidirem a casar e constituir família. Porém, contrariamente ao que se esperaria, acabam por se transformarem nos melhores cônjuges, além de tornarem-se excelentes pais. Possuem um senso de humor extremamente aguçado. As pessoas que são regidas pelos Querubins adoram olhar para as outras quando estão na rua, o que pode ocasionar um certo desconforto por parte de quem as esteja acompanhando. Seu modo de olhar a esmo é de uma curiosidade essencialmente pura. Mas, uma vez que tenham avaliado o ambiente e as pessoas que as cercam, dão total vazão ao seu senso de humor, tecendo comentários hilariantes, fazendo com que quem as esteja rodeando fique num clima de total alegria e bom humor. Normalmente, detestam horários e quase nunca conseguem chegar para qualquer compromisso na hora certa. Apesar de não terem boa memória para guardar nomes e datas, são extremamente generosos e têm verdadeiro prazer em presentear amigos, familiares, colegas e até os que nunca conheceram, como ajudar instituições de caridade, creches, instituições filantrópicas, etc


Salmo 009

1 Eu te louvarei, Senhor, de todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas.

2 Em ti me alegrarei e exultarei; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo;

3 porquanto os meus inimigos retrocedem, caem e perecem diante de ti.

4 Sustentaste o meu direito e a minha causa; tu te assentaste no tribunal, julgando justamente.

5 Repreendeste as nações, destruíste os ímpios; apagaste o seu nome para sempre e eternamente.

6 Os inimigos consumidos estão; perpétuas são as suas ruínas.

7 Mas o Senhor está entronizado para sempre; preparou o seu trono para exercer o juízo.

8 Ele mesmo julga o mundo com justiça; julga os povos com eqüidade.

9 O Senhor é também um alto refúgio para o oprimido, um alto refúgio em tempos de angústia.

10 Em ti confiam os que conhecem o teu nome; porque tu, Senhor, não abandonas aqueles que te buscam.

11 Cantai louvores ao Senhor, que habita em Sião; anunciai entre os povos os seus feitos.

12 Pois ele, o vingador do sangue, se lembra deles; não se esquece do clamor dos aflitos.

13 Tem misericórdia de mim, Senhor; olha a aflição que sofro daqueles que me odeiam, tu que me levantas das portas da morte.

14 para que eu conte todos os teus louvores nas portas da filha de Sião e me alegre na tua salvação.

15 Afundaram-se as nações na cova que abriram; na rede que ocultaram ficou preso o seu pé.

16 O Senhor deu-se a conhecer, executou o juízo; enlaçado ficou o ímpio nos seus próprios feitos.

17 Os ímpios irão para o Seol, sim, todas as nações que se esquecem de Deus.

18 Pois o necessitado não será esquecido para sempre, nem a esperança dos pobres será frustrada perpetuamente.

19 Levanta-te, Senhor! Não prevaleça o homem; sejam julgadas as nações na tua presença!

20 Senhor, incute-lhes temor! Que as nações saibam que não passam de meros homens!


Fonte: http://www.viverempaz.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário