Google+ Followers

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Peixes raros podem significar ocorrência do terremoto Tokai


O aparecimento inesperado de duas espécies marinhas está intrigando a população das cidades de Yaizu e Makinohara, situadas na província de Shizuoka. O fenômeno está sendo interpretado por muitos moradores como indício da proximidade do terremoto Tokai (Tokai Jishin).

Uma das espécies é o tubarão-cobra que habita águas profundas, em torno de 500 a 1.000 metros abaixo da superfície oceânica.

Ele foi capturado acidentalmente no dia 11 de abril por um pescador de camarão, na baía de Suruga, prevista como o epicentro do terremoto de Tokai. O exemplar macho foi apanhado pela rede do pescador.

O tubarão-cobra é uma espécie rara que os cientistas supunham que já estivesse extinta, daí o apelido de “fóssil vivo”.

Outra espécie capturada é o peixe-remo que vive em profundidades de 20 metros a mil metros. Foi encontrado à beira mar em Makinohara em dezembro do ano passado. É um peixe comprido que mede em média 11 metros. Por conta da barbatana dorsal e da grande cauda, o imaginário popular o tem como um monstro-marinho.

Segundo o jornal Yomiuri, os moradores das duas cidades reforçam o presságio, baseados na tese de que os animais são muito sensíveis às mudanças climáticas e geológicas.


O professor de ciência marinha, Kakuo Tezuka, da Universidade Tokai, porém, contradiz a interpretação. Explica que o fenômeno foi provocado pela monção em que os ventos arrastam as águas superficiais do oceano. Para suprir esta falta, a camada oceânica mais profunda sobe, trazendo consigo algumas criaturas. Essa ascenção das águas é conhecida como afloramento ou ressurgência.

Com o objetivo de atrair o interesse dos estudantes para o universo oceânico, o tubarão-cobra está sendo exposto no Museu Marinho de Yaizu. Um dia após a captura, ele morreu, apesar dos esforços dos funcionários em irrigá-lo com as águas profundas do mar.

A criatura rara, de aspecto grotesco, foi embalsamada. Ele tem mais guelras que os tubarões comuns e é bem parecida com os ancestrais que viveram na Era Paleolítica. A pele é bege escura e tem dentes pequenos muito afiados.

Conforme o jornal Yomiuri, até a direção do Museu vê com ceticismo a explicação de que o tubarão-cobra tenha subido para região rasa atrás de camarões.

Fonte: Alternativa Online

Seguidores, visitantes, amigos, amigas, deixe seu comentário dizendo se gostou ou não de nossa postagem. Sua opinião é muito importante para Nós.  Ajude-nos a fazer um blog melhor. Obrigado. Abraxos.

7 comentários:

  1. Nossa, é muito interessante isso!
    Obrigada por compartilhar, estou adorando seguir seu blog!
    parabéns pelas postagens.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que esteja gostando Luciana!!!
      Ah!!!
      Seus trabalhos são lindos!!!!!
      Não canso de escrever sobre isso!!!!
      Beijos

      Excluir
  2. os Mares são moradas de Deuses...
    As profundezas dos oceanos tem mistérios, igual ao universo, e o ser humano nunca conseguirá desvendar tudo, só pequenos fragmentos, como essas criaturas mágicas.
    Linda matéria.
    Beijos com respingos do mar.
    Lua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é amiga...
      Eu só espero que estejam enganados, porque esse terremoto é aqui!!!! rs
      Beijossssssssss

      Excluir
  3. Sabe que quando acontece tremores bem profundo, os habitantes automaticamente são impulsionados para cima.
    Por isso que conseguem capturar esses seres desconhecidos.
    Amigo vou orar sempre, para que você fique protegido e, nada de ruim aconteça por ai.
    Pois ficarei realmente "louca" sem notícias.
    Beijinhos de proteção.
    Lua.

    ResponderExcluir
  4. Tudo na natureza vem sendo modificado dia-a-dia, se eles representam presságios, espero que não, só fico com pena de um deles ter sido capturado. Sabe-se lá se era o ultimo da especie...

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simone minha querida,

      eu também espero que não seja um presságio... rs
      Afinal, estou bem na região de Tokai... rs
      A foto é de outro local, não foi aqui no Japão não.
      Eu coloquei esta, porque foi uma das mais nítidas que achei na net.
      Beijos

      Excluir