Google+ Followers

terça-feira, 5 de junho de 2012

Fatos históricos do dia 5 de junho


Guerra dos Seis Dias


Em 5 de junho de 1967, tem início a Guerra dos Seis Dias. Os israelenses, com o auxílio logístico dos EUA, atacaram de surpresa o Egito, a Síria e a Jordânia, que preparavam uma ofensiva conjunta contra Israel. Após a vitória, os israelenses anexaram a península do Sinai, a Faixa de Gaza, a Cisjordânia e as Colinas do Golã.

1826 - Morre Carl María von Weber, compositor e pianista alemão.
1862 - É assinado o Tratado de Saigon, que pôs fim à ação militar franco-espanhola na Indochina.
1863 - França, Inglaterra e Rússia firmam em Londres o protocolo que os coloca como potências protetoras da Grécia.
1870 - Um incêndio deixa 1,2 mil mortos e 60 mil desabrigados em Istambul.
1878 - Nasce Francisco "Pancho" Villa, militar e político mexicano.
1883 - Inauguração da Orient-Express, primeira companhia de trens que utilizou vagões leitos.
1895 - Estoura no Equador uma revolta liberal que coloca na presidência o general Eloy Alfaro.
1898 - Nasce Federico García Lorca, poeta espanhol.
1916 - A Câmara francesa aprova o adiantamento dos relógios em uma hora, como medida de economia de energia.
1925 - O protocolo sobre a proibição de uso em guerra de gases venenosos e armas bacteriológicas é aprovado em Genebra.
1937 - É realizado o primeiro teste de comunicação regular aérea da América e Europa, pelo Atlântico Norte, entre Foynes (Irlanda) e Terranova (Canadá), por meio de hidroaviões.
1945 - Após a rendição incondicional da Alemanha (II Guerra Mundial), o poder é transferido aos governos das quatro grandes potências (EUA, França, Grã-Bretanha e URSS).
1947 - O general Marshall expõe na Universidade de Harvard o plano para a recuperação econômica da Europa, que mais tarde levaria seu nome.
1948 - Um governo presidido por Nguyen Xuan é constituído no Vietnã, com o respaldo das tropas francesas. Este foi o primeiro passo para a independência do país.
1954 - Um grande escândalo literário na França ocorre na publicação de Bonjour, tristesse, de Francoise Sagan.
1963 - O aiatolá Komeini é preso pelas autoridades iranianas. Ocorrem manifestações e tumultos em Teerã. O xá e sua família abandonam a capital.
1964 - O Papa Paulo VI exonera do castigo eclesiástico os cristãos que fossem cremados.
1967 - Começa a Guerra dos Seis Dias entre Israel e uma coalizão integrada pelo Egito, Síria e Jordânia. A guerra é vencida pelos israelenses.
1974 - Fracassa na Bolívia um levante militar contra o general Hugo Bánzer.
1975 - O Canal de Suez é novamente aberto ao tráfego marítimo internacional, após permanecer fechado desde a Guerra dos Seis Dias.
1981 - Ronald Reagan aprova a fabricação nos Estados Unidos da bomba de nêutrons, a "bomba limpa".
1991 - Aproximadamente 5 mil pessoas morrem nas inundações da província afegã de Jowzjan, na fronteira com a ex-URSS.
1996 - Morre Jan Kerouac, escritor norte-americano.
1998 - O então presidente da Comissão Européia, Jacques Santer, e o ex-primeiro ministro de Luxemburgo, Pierre Werner, considerados "pais do euro", são agraciados com o Prêmio Príncipe de Austúrias de Ciências Sociais.
2000 - O general Augusto Pinochet perde sua imunidade como senador vitalício e fica sujeito a julgamento no Chile por violação dos direitos humanos quando era chRedação Terra de Estado.

Redação Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário