Google+ Followers

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Plantas que curam: Abiú


Descrição : Planta da família das Sapotaceae. Também conhecida como abieiro, abi (agulha), abiiba, abio, abiu-grande, abiurana, caimito, caimito abiurana, guta, cauje, temare, caimo, madura verde. Os frutos, ao natural, agem contra afecções pulmonares. A casca da planta é antidisentérica e baixa a febre. O azeite extraído das sementes abranda inflamações na pele. Árvore de até 10 metros de altura. Tronco irregular, ramos novos com pilosidade ferrugínea. Folhas simples, obovadas ou elípticas, base aguda, glabras ou raramente com pêlos esparsos, nervuras proeminentes, de 5 à 20 centímetros de comprimento. Flores solitárias nas axilas das folhas ou em 2 ã 5 fascículos, sésseis ou curtissimamente pediceladas, brancas ou branco-esverdeadas. Fruto baga, globosa ou oblonga, obtusa ou acumiada, amarela quando madura, com 1 a 4 sementes escuras com uma faixa mais clara num dos lados. É encontrado em estado silvestre por toda a Amazônia e cultivado em quase todo o Brasil.

Plantio : Multiplicação: reproduz-se por sementes;
Cultivo: Plantio em solos permeáveis e férteis, espaçamento de 6m X 6m, desenvolve-se em todo o Brasil, mas prefere as regiões litorâneas;
Colheita: Colheita dos frutos no outono, quando se retira as sementes para extração do óleo usado em otites e otalgias.

Propriedades : Adstrigente, amarga, desinfetante, emoliente, nutriente, tônico.

Indicações : Afecção pulmonar, anemia, diarréia, disenteria, dor de ouvido, febre, inflamação, malária, malária, otite, sapinho da boca de criança, terçol.


Modo de Usar : decocção e infusão.
- para terçol usar 1 a 2 gotas do chá em cada olho.
- para otites e otalgia usar compressas mornas do chá.
- os frutos são usados "in natura", quando bem maduros e na fabricação de sorvetes, doces, refrescos e geléias. Queda de cabelos e na alimentação de pessoas desnutridas, anêmicas, aliviar tosses, bronquites e afecções pulmonares;
- decocção da casca: disenteria e febre.
- látex do fruto: combater vermes, prisão de ventre, abscessos uso externo), herpes, verrugas.
- óleo das sementes: inflamações em geral, principalmente da pele e otites (inflamação no ouvido).

Contra-indicações/cuidados: Não encontrados na literatura consultada. Porém nenhuma planta deve ser consumida em excesso e nenhum tratamento deve ser feito sem orientação médica.

Efeitos colaterais: Não encontrados na literatura consultada. Porém nenhuma planta deve ser consumida em excesso e nenhum tratamento deve ser feito sem orientação médica.

Fonte: http://www.plantasquecuram.com.br/ervas/indice.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário