Google+ Followers

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Fatos históricos do dia 6 de fevereiro


Nasce Bob Marley


No dia 6 de fevereiro de 1945, na Jamaica, nasceu Robert Nesta Marley, Bob Marley. Ex-integrante da banda The Wailers, Bob continuou a carreira solo. Suas músicas ainda hoje são ouvidas. A morte prematura, aos 36 anos, devido a um melanoma, calou cedo uma das mais importantes vozes.

1778 - Assinado em Paris o tratado de aliança entre a França e os patriotas dos futuros Estados Unidos, que favoreceu a independência americana.
1852 - O ditador Juan José Rosas abandona Buenos Aires em um navio inglês e foge para a Europa.
1900 - O Senado dos Estados Unidos ratifica a decisão da Conferência de Paz de Haya sobre a criação de um Tribunal Penal Internacional.
1904 - Inesperadamente, o Japão rompe suas relações diplomáticas com a Rússia.
1911 - Nascimento de Ronald Reagan, ator, ex-presidente dos EUA.
1919 - Nascimento de Zsa Zsa Gabor, atriz americana.
1922 - Estabelecido em Washington o Tratado das Nove Potências, destinado a que se respeite a independência e a integridade territorial e administrativa da China.
1923 - Morre Augusto Bernardino Leguía, ex-presidente do Peru.
1940 - II Guerra Mundial: o conselho de guerra franco-britânico acerta o fim do embargo à Narvik, o apoio à Finlândia e a ocupação da mina de ferro de Gallivare (Suécia).
1941 - O general Erwin Rommel é nomeado chefe das Afrika Korps, tropas especiais alemãs destinadas a operar no norte da África.
1945 - Começa em Londres a Conferência Sindical Mundial.
1952 - Morre o Rei Jorge VI da Inglaterra, aos 57 anos. Sua sucessora no trono é a filha mais velha, Isabel.
1956 - Protestos nos Estados Unidos pelo ingresso da primeira estudante negra na Universidade do Alabama.
1960 - O Governo da Espanha garante direitos de concessão a seis companhias norte-americanas para explorar eventuais descobrimentos petrolíferos no Saara espanhol.
1965 - O primeiro ministro soviético, Alexei Kosygin, é recebido no Vietnã do Norte pelo presidente Ho Chi-Minh.
1966 - José Joaquín Trejos é eleito presidente da Costa Rica.
1972 - Anastasio Somoza é reeleito presidente da Nicarágua depois de eleições fraudulentas.
1973 - O Governo argentino proíbe ao ex-presidente Perón retornar ao país.
1977 - Referéndum no Paraguai, que ratifica como presidente vitalício o general Stroessner.
1979 - Condenado à forca o ex-primeiro ministro paquistanês Ali Bhutto.
1981 - Forças governamentais de El Salvador desencadeiam uma ofensiva contra a guerrilha.
1984 - Beirute é ocupada pelas milícias cristãs.
1985 - É inaugurada em Santo Domingo, na República Dominicana, uma Conferência de Ministros de Finanças e Relações Exteriores dos países endividados da América Latina.
1988 - Os presidentes argentino e brasileiro, Raúl Alfonsín e José Sarney, respectivamente, se reúnem em Colônia no Uruguai, com o presidente Sanguinetti, para convidar o país a integrar o projeto de mercado comum entre Brasil e Argentina.
1989 - 30 mil soldados soviéticos abandonam o Afeganistão, enquanto a capital, Cabul, mergulha no caos.
1991 - Morre Salvador D. Luria, cientista americano de origem italiana, vencedor do prêmio Nobel de Medicina de 1969.
1993 - Bélgica se converte em Estado Federal.
1994 - O social-democrata Martti Ahtisaari ganha as eleições presidenciais na Finlândia.
1997 - Queda do presidente equatoriano Abdalá Bucaram, declarado "incapaz mental" para governar pelo Congresso, o que causou um tremendo protesto popular no dia seguinte.
1999 - Inaugurada em Rambouillet, na França, a conferência de paz sobre Kosovo.
2000 - A social-democrata Tarja Halonen vence as eleições presidenciais finlandesas e se torna a primeira mulher que ocupa o cargo em 82 anos de independência da República da Finlândia.
2001 - O líder ultranacionalista do partido Likud, Ariel Sharon, vence as eleições em Israel.

Redação Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário