Google+ Followers

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Plantas que curam: AÇOITA CAVALO - Luehea speciosa


Descrição : Planta da família das Tiliaceae, também conhecida como envireira-do-campo, caa-abeti, ivantiji, ivitinga, mutamba-preta, ubatinga, uvatinga, ivatinga, cacauei, vacona-do-campo, papeá-guaçu. Arvore muito alta. Folhas grandes, obovais, claras. Flores grandes, brancas ou rajadas, dispostas em panículas terminais. Fruto redondo, oblongo, capsular, pentalccular. Sementes aladas. Os camponeses usam os galhos, que são muito flexíveis, para fazer chicotes e armações de cangalha. A madeira, de cor branco-amarelada, é usada na fabricação de coronhas de espingardas. Usa-se também para fabricar tamancos. As vergonetas são flexíveis e usadas para fazer vassouras. A casca é utilizada nos curtumes. Há uma variedade de açoita-cavalos, servindo todas para os mesmos fins industriais e medicinais.

Parte Usada : Casca

Indicações : Emprega-se em casos de disenteria e hemorragia (banhos ou clisteres); também em casos de artrite, diarreia, leucorréia, reumatismo, tumores (chás).

Principios Ativo : depurativo.

Contra-indicações/cuidados: Não encontrados na literatura consultada. Porém nenhuma planta deve ser consumida em excesso e nenhum tratamento deve ser feito sem orientação médica.

Efeitos colaterais: Não encontrados na literatura consultada. Porém nenhuma planta deve ser consumida em excesso e nenhum tratamento deve ser feito sem orientação médica.

Fonte: http://www.plantasquecuram.com.br/ervas/indice.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário