Google+ Followers

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Companhia anuncia paralisação de usina nuclear em Shizuoka


A Chubu Electric Power decidiu paralisar temporariamente a usina nuclear de Hamaoka, em Omaezaki (Shizuoka), a pedido do primeiro-ministro Naoto Kan. A medida foi anunciada nesta segunda-feira, em Nagoya (Aichi), após uma reunião extraordinária com os diretores da companhia elétrica.

O premiê fez o pedido na última sexta-feira. Segundo ele, as autoridades competentes, incluindo o Ministério da Ciência, consideraram que existe 87 por cento de chance de acontecer um terremoto de magnitude 8 com epicentro em Shizuoka nos próximos 30 anos, o chamado Tokai Jishin (Terremoto de Tokai).

Em termos práticos, esta decisão se refere ao encerramento dos reatores quatro e cinco e ao não relançamento do reator três, atualmente parado para verificações. As unidades um e dois desta central com cinco reatores já tinham sido desativadas.

Segundo a Chubu Electric Power, a paralisação durará de dois a três anos, tempo suficiente para que a companhia providencie um muro de proteção que impeça a danificação das instalações por um provável tsunami causado pelo Terremoto de Tokai.

“Esta decisão foi tomada pela segurança dos habitantes”, justificou Kan em entrevista na sexta-feira. “Também tivemos em conta o enorme impacto que um acidente grave na central de Hamaoka poderá ter no conjunto da sociedade japonesa.”

A empresa pretende reativar uma usina de energia térmica para compensar a eletricidade que deixará de ser produzida na central de Hamaoka, considerando que o consumo aumenta no verão por causa do uso de ar condicionados.


Fonte: Alternativa Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário