Google+ Followers

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Pensamento e saúde


Mente sã, corpo são.

Possivelmente, nunca antes fez tanto sentido o provérbio popular, derivado de antigo poema romano.

Estudos e mais estudos têm sido produzidos, ligando a qualidade de nossos pensamentos à saúde do corpo físico.

Nunca se falou tanto em somatização.

As ciências tradicionais ocidentais finalmente encontraram na alma humana a fonte da saúde e da doença.

Pensamento e saúde são termos da mesma equação da vida.

Não existem doenças, mas sim doentes. O pensamento em desequilíbrio, a alma enferma e desestabilizada, produz no organismo o desajuste das células.

Em contrapartida, a mente sã, povoada de pensamentos de alegria, cooperação e amor, gera naturalmente, no corpo físico, a harmonia celular, produzindo saúde em abundância.

Vejamos alguns exemplos: a ansiedade estimula a secreção de adrenalina, que sobrecarrega o sistema nervoso e o descontrola;

o pessimismo perturba o aparelho digestivo e produz distúrbios gerais;

o medo e a revolta são agentes de úlceras gástricas e duodenais de curso largo;

da mesma forma, a tranquilidade, o otimismo, a coragem são estimulantes que trabalham pela harmonia emocional e orgânica, produzindo salutares efeitos na vida.

O homem se torna o que pensa, portanto, o que quer.

Os pensamentos emitidos atraem ou sintonizam outros semelhantes, nas mesmas faixas de ondas mentais por onde transitam as aspirações e os estados psíquicos de toda a Humanidade.

Adicionados a esses, temos as mentes dos desencarnados que se intercomunicam com os homens, vibrando nos climas que lhes são afins.

Assim, levando tudo isso em conta, é importante que nos acostumemos a pensar de forma edificante.

Assumamos uma postura vitoriosa. Atraiamos pensamentos salutares.

O cérebro é antena que emite vibrações e as capta incessantemente.

Irradiemos a ideia do bem, do progresso, da paz, e captaremos, por sintonia, equivalentes estímulos para o nosso bem.

Quem pensa em derrota, já perdeu uma parte da luta por empreender. Quem cultiva o insucesso, dificilmente enfrentará os desafios para a vitória.

A cada momento, adicionemos experiências novas às nossas conquistas. A todo instante, pensemos corretamente e somaremos força psíquica para o êxito de nossa encarnação.

* * *

Bem pensar é a elevada forma de viver.

Alegria é saúde.

Podemos diariamente exercitar a substituição de maus por bons pensamentos, mudando os hábitos mentais, modificando as preferências e escolhas de leituras, notícias, artes e informações com as quais temos contato constante.

Só se pode atirar fora o lixo mental que acumulamos desequilibradamente nesses tempos, através de novos hábitos, da busca de novas fontes de sabedoria.

Orai e vigiai. - A nobre expressão cristã aplica-se com perfeição neste caso.

A oração eleva os pensamentos, fazendo-os entrar em contato com questões mais nobres e profundas da vida.

A vigilância faz-nos cuidar daquilo que anda em nossa mente, das cores impressas em nossos muitos pensares diários.

A qualidade de nossos pensamentos determina a saúde de nosso corpo físico.


Redação do Momento Espírita.
Em 27.10.2011.

Um comentário:

  1. Nunca foi tão importante mantermos nossos bons pensamentos.
    Todos os dias somos bombardeados com tantas informações inúteis, perigosas, tristes, sujas, isso sem mencionar as pessoas que passam pelo nosso caminho, que no final do dia me sinto doente mentalmente.
    Todo dia a noite faço uma meditação para zerar tudo e limpar minhas energias, as vezes é difícil, como hoje, me sinto meia doente com as coisas que ultimamente tem acontecido em minha volta. Vou te dizer que mesmo sem querer as vezes absorvermos parte do "negrume" da alma de outros, e o que me deixa perturbada que nem sempre consigo ajudar, nem mesmo apagar o incêndio. Sei que temos limitações mais ver a falta de amor e fé de algumas pessoas me deixa muito triste.
    Parando por aqui, para beber dessas mensagens que você posta, acabei compartilhando esses dias não tão bons, agradecida por me "ouvir".
    Beijos de cristal.
    Lua.

    ResponderExcluir