Google+ Followers

sábado, 14 de janeiro de 2012

Mensagem que salva

Em setembro de 1995, um jornal publicou uma interessante história.

Tratava-se de uma jovem que, sem objetivos na vida, começou a achar que tudo estava contra ela. Ficou deprimida e pensou em se suicidar.

Tentou uma vez, em um hotel, mas a camareira entrou e chamou socorro a tempo. Ela foi salva.

Quando saiu do hospital, continuou com o firme propósito de acabar com a vida. Começou a estocar remédios. Às vezes, começava a olhar para o teto, procurando um lugar para colocar uma corda e terminar com tudo.

Era um tormento constante. A ideia não saía de sua cabeça. Dois meses depois, ela foi até um hotel levando trezentos comprimidos em sua bolsa.

Felizmente, três amigas atentas, dessas criaturas atenciosas que Deus coloca na trajetória dos seres, para servirem de anjos de guarda, descobriram o seu plano. Com muito esforço, a levaram até o hospital, antes que ela fizesse uso dos comprimidos.

Enquanto aguardava para ser atendida, na sala de espera do hospital, ela apalpava os comprimidos que trazia consigo, pensando em como faria para enganar as amigas e tomar a medicação.

Enfim, como o atendimento demorou um pouco, ela pôs os olhos sobre uma mesinha e viu uma revista. Pegou-a e abriu. Seus olhos ficaram arregalados de espanto, quando leu: Antes de você se matar.

O artigo oferecia diversas razões fortíssimas para se optar pela vida em vez do suicídio.

De uma forma misteriosa, aquelas observações foram calando em sua alma e ela desistiu de se matar.

Chamou uma enfermeira e lhe entregou todos os comprimidos. Nunca mais tentou se matar. Decidiu viver.

Ao publicar a sua história, afirmava que tudo acontecera há dez anos.

* * *

Uma mensagem salva uma vida. Isto nos mostra como é importante que as coisas boas, as coisas positivas sejam passadas adiante, sejam divulgadas.

Cada um de nós, onde esteja, pode ser um propagandista das coisas positivas, elevadas, nobres.

Podemos procurar um folheto que fale do otimismo, da fé em Deus, da beleza da vida e passá-lo adiante. Aquilo que nos faz bem, nos sustenta a esperança, deve ir além para favorecer igualmente outras vidas.

Se lemos um livro que traz lições excelentes, por que não emprestá-lo a alguém que sabemos estar enfrentando muitas dificuldades?

Se conhecemos a mensagem do Cristo, que é um poema de vida abundante, por que não repassá-la a outros?

Lembremos: às vezes, tudo o que é preciso para resgatar uma vida, fortalecer um coração é uma palavra generosa, uma mensagem de esperança e consolação.

* * *

O bem é tudo quanto estimula a vida, produz para a vida, respeita e dignifica a vida.

O bem é simples. A sua linguagem singela dispensa aparências.

Um sorriso a quem, em uma sala de espera, aguarda ansioso pela notícia de um parente hospitalizado.

Um aperto de mão, uma flor a quem está triste. Um gesto de carinho inesperado.

Habituemo-nos a espalhar o bem, oferecendo ao mundo os nossos esforços a benefício de outras vidas.



Redação do Momento Espírita, com base em crônica, do livro Pequenos milagres, de Yitta Halberstam e Judith Leventhal, ed. Sextante e no verbete Bem, do livro Repositório de sabedoria, v. 1, pelo Espírito Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal.

Em 04.01.2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário