Google+ Followers

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Mau Humor Mata!!!


Que venha o ano novo: com muito bom humor!

Mais um ano que chega e, com ele, a lembrança de que o tempo é o talento mais precioso conferido por Deus à evolução humana.
Chico Xavier recebeu mensagens memoráveis com advertências claras dos Instrutores Espirituais a respeito do seu real aproveitamento. Humberto de Campos foi um dos mais enfáticos em acentuar tal necessidade. Em Cartas e Crônicas, ele divulga a triste estatística do amigo Belarmino Bicas, a pedido do próprio, dissecando os motivos da perda de tempo – traço comum à vida da maioria dos mortais. Belarmino desencarnou com 58 anos, tendo se tornado espírita aos 38. Durante os últimos 20 anos de existência corpórea, fez uma relação diária de suas exasperações e respectivas causas. De 1936 a 1956, já bafejado pelas bênçãos do Espiritismo, relacionou o seguinte número de cóleras e mágoas desnecessárias, com a especificação das respectivas causas:

1.811, em razão de contrariedades em família;
906, por indispor-se, dentro de casa, em questão de alimentação e higiene;
1.614, por altercações com a esposa, em divergência na conduta doméstica e social;
1.801, por motivo de desgostos com os filhos, genros e nora;
11, por descontentamento com os netos;
1.015, por entrar em choque com chefes de serviço;
1.333, por incompatibilidade no trato com os colegas;
1.012, em virtude de reclamações a fornecedores e lojistas em casos de pouca monta;
614, por mal-entendidos com vizinhos;
315, por ressentimentos com amigos íntimos;
1.089, por melindres ante o descaso de funcionários e empregados de instituições diversas;
615, por aborrecimentos com barbeiros e alfaiates;
777, por desacordos com motoristas e passageiros desconhecidos, em viagem de ônibus, automóveis particulares, bondes e lotações;
419, por desavenças com leiteiros e padeiros;
820, por malquistar-se com garçons em restaurantes e cafés;
211, por ofender-se com dificuldades em serviços de telefones;
90, por motivo de controvérsias em casas de diversões;
815, por abespinhar-se com opiniões alheias em matéria religiosa;
217, por incompreensões com irmãos de fé, no templo espírita;
901, por engano ou inquietação, diante de pessoas imaginárias ou da perspectiva de acontecimentos desagradáveis que nunca sucederam.
Total: 16.386 exasperações inúteis.


Como resultado dos constantes acessos de mau humor, Belarmino desencarnou 22 anos antes do que estava previsto. Seu compromisso era ficar na experiência terrestre até os 80 anos, mas não conseguiu, apesar de estar filiado às lições educativas da Doutrina Espírita. Foi, portanto, suicida indireto. “Quantos tesouros perdidos por bagatelas! Quanta asneira em nome do sentimento!...” desabafou Belarmino ao amigo Humberto. E insistiu: “Conte o meu caso para quem esteja ainda carregando a bobagem do azedume! Fale do perigo das zangas sistemáticas, insista na necessidade da tolerância, da paciência, da serenidade, do perdão! Rogue aos nossos companheiros para que não percam a riqueza das horas com suscetibilidades e amuos, explique ao pessoal na Terra que mau humor também mata!...”
O alerta de Belarmino Bicas vem a calhar, neste período especial em que estamos às portas de um ano novo. Que venham os novos dias, convocando-nos a executar velhas promessas, que ainda não tivemos a coragem de cumprir.
Que venha o ano novo, com muito bom humor!


(Editorial do Jornal Folha Espírita - De Janeiro de 2011)


******

"Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Não vos preocupeis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu cuidado".

JESUS

Mateus 6:33 e 34 

.......
Se é autêntica ou não esta mensagem eu sinceramente não sei, mas concordo com ela...
Perdemos muito tempo com o que não vale à pena nesta vida...
Esquecemos que existem tantas coisas melhores neste mundo...
Nesta madrugada mesmo, estava no facebook e vi que uma grande amiga, a Claudinha, estava meio "brava", "chateada" com alguém que só a procura quando precisa...
Ai, cheguei em casa e vi este e-mail que recebi da minha amiga Sandra Scarlate...
Não tive como não postar, não é mesmo?! rs
Eu não estou aqui e nem tenho moral para querer falar quem está certo ou errado...
Mas, nos últimos tempos, venho vendo muita coisa, muita gente reclamando sobre as pessoas...
Recentemente mesmo aconteceu algo com duas pessoas com quem trabalho...
Sim, eu sei, às vezes cansa sermos "sugados", às vezes a paciência acaba com certas pessoas, mas será que nesse momento não devemos parar, pensar, nos acalmar e esquecer um pouco aquilo que está acontecendo?!
Olharmos para outro lugar, outra pessoa, ter outros pensamentos....
Ai sim, quem sabe, voltarmos para aquele ponto onde paramos?!
Eu estou escrevendo isso, porque quem de nós nunca errou?!
Quem de nós sabemos o que acontece na vida de uma pessoa para julgá-la?!
Eu falo isso por eu mesmo.
Vivo para meu trabalho. Não tenho tempo livre às vezes nem para pensar!!!!
Trabalho das 20:00 às 08:00hs de segunda à sexta, em meses como esses (dezembro, janeiro), sábados e domingos também...
Tenho ainda a casa para cuidar, dos três pequenos e de mim é claro!!!
Fora as mil ligações mensais para a mama que duram horas!!! Pois a velinha está doente e carente!!! rs
Quando sobra tempo para eu "pensar", ou uso no blog, ou uso vendo um filme para me descontrair ou às vezes (na maioria delas) eu DURMO!!!! rs
Então, não sei, vamos "dar" mais atenção, compreenção, amor, amizade, carinho ao nosso próximo...
Falta tanto disso no mundo...
Sem nos esquecermos é claro, que se olharmos para trás, não somos nada perfeitos!!!

Clau, não to tentando puxar sua orelha não amiga, só me veio a cabeça isso devido a tantas coisas que venho passando nos últimos meses...
Beijos e abraxos à todos!!!!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário