Google+ Followers

terça-feira, 12 de julho de 2011

Carne bovina com radiação foi distribuída em dez províncias




Pelo menos dez províncias receberam carne bovina contaminada com césio radioativo, segundo informou o Nihon Keizai Shimbun nesta terça-feira. O produto saiu de uma fazenda em Minamisoma (Fukushima) entre maio e junho.


Das seis cabeças de gado que foram abatidas nesse período, duas continham um nível de radioatividade acima do permitido pela legislação, que é de 500 becqueréis por quilo de carne. Os animais teriam sido alimentados com palhas de arroz contaminadas com césio.

Uma parte da carne que estava no mercado central de Tóquio e foi distribuída na cidade de Fuchu continha 3,4 mil becqueréis por quilo. Em Shinjuku, exames em um lote constataram 2,2 mil becqueréis de césio. O governo informou que são quantidades que não prejudicam o organismo.

Além de Tóquio, as carnes contaminadas podem ter chegado a Kanagawa, Shizuoka, Osaka, Ehime, Chiba, Aichi, Tokushima, Kochi e Hokkaido, com possibilidade de já terem sido consumidas. O governo está investigando o paradeiro dos produtos distribuídos nesses locais.

Na segunda-feira 11, o governo de Fukushima decidiu investigar todas as fazendas de gado da província depois que foi descoberto, na semana passada, um lote de carne bovina com nível de césio radioativo superior ao estabelecido pelas normas de segurança e higiene do Japão.

A carne contaminada saiu de uma fazenda de Minamisoma, que fica ao norte da usina nuclear de Fukushima, danificada pelo terremoto e tsunami de março. O governo descobriu que os donos da fazenda alimentaram o gado com palhas de arroz que estavam expostas em local aberto, contendo nível de radiação 60 vezes superior ao permitido.

Fonte: Alternativa Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário