Google+ Followers

domingo, 1 de março de 2015

Minha angústia no momento...



Tudo ainda é muito recente...
Algumas pessoas continuam a me perguntar como estou...
Como eu sempre digo, confio em Deus e em sua infinita Sabedoria...
Mas, como um ser humano simples e ainda muito egoísta e ignorante, sofro por muitos motivos.
Eu e minha mãe sempre fomos mais que mãe e filho, nossa relação sempre foi de amizade também.
Acho que não existe melhor amigo ou amiga no mundo que seu pai e sua mãe.
Minha mãe sempre temeu sentir dor quando fosse fazer "a viagem"...
Ela passou por tantas coisas nos seus últimos anos aqui na Terra em relação a doenças, que eu realmente sentia a sua dor, pois ela sempre foi uma mulher batalhadora.
Tanto eu, como ela, sabíamos que nada acontece por acaso e a doença dela tinha seu motivo e com certeza ela tinha que aprender algo com isso e os que estavam ao seu redor...
Mas, como escrevi acima, sou humano....
Ela já quase não andava, não conseguia tomar banho sozinha, não enxergava...
E quando ela teve o AVC, quando começou a enrolar a língua, ela só falava: "Vou ficar sem falar também?! Vou ficar sem falar também?!...".
Essas foram as últimas palavras dela em vida.
Logo perdeu os sentidos e teve morte cerebral.
Mas, isso só foi diagnosticado depois...
Eu estou tentando ao máximo mudar meu pensamento, pois temos que pensar coisas boas, transmitir pensamentos bons, mas esse último momento dela de agonia está realmente me fazendo sofrer...
Eu não vou mentir, tive vários atritos com minha mãe.
Ela é pedra e eu sou pedregulho!!!
Imaginem só!!!
Mas, toda relação que duas pessoas se amam e se importam uma com a outra, existe conflitos.
Pelo menos penso eu assim...
Alguém que só fala amém para tudo que você faz ou fala... Aff... Sem comentários...
Enfim, eu e ela sempre fomos assim.
Um ajudando o outro e claro que nos últimos anos, morando tão longe um do outro, conversávamos sobre tudo e dávamos palpites um na vida do outro rs
De tão longe, eu só sentia muito de não poder ajudá-la fisicamente falando.
E torcia para que tivesse uma passagem tranquila...
Confio no Senhor Deus e seu Filho, nosso irmão Jesus, mas fiquei muito triste com o último pensamento dela...
Isso me angustia muito...
Mas, creio que vai passar.
É como foi com a passagem de meu pai, que apesar de nós sempre termos muitos atritos, nos amávamos é claro.
E ele me contava que o horror que tinha era de morrer sem ar e sozinho...
E não é que o coitado morreu sozinho a centímetros do tanque de oxigênio?!
E esse pensamento me torturou por meses...
Eu entendo que tudo que acontece é porque tem que acontecer, mas não é por isso que não vou sentir tristeza ou angústia...
Pelo menos eu penso assim...

Abraxos.

3 comentários:

  1. É assim mesmo, pelo que ouço e pelo que passei,
    sinto que o nosso aprendizado é em torno de nossos medos.
    Achava que morreria cedo, como morreu minha mãe,
    talvez por isso, me fortaleci, para enfrentar esse medo.
    Fui criada sozinha, com muito sofrimento,
    por essa razão criei meus filhos,
    para serem independentes e
    não sofrerem quando eu partisse.
    Ainda estou aqui. Eles vivem bem sem mim,
    mas eu sinto a dor de não ter meus filhos,
    esse é o meu castigo, ainda não aprendi a
    viver sem eles.
    Talvez seja essa a lição de minha vida.
    Estou trabalhando e tratando a minha tristeza.
    Agradeço, abraços carinhosos
    Maria Teresa


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Teresa,

      lhe entendo, porque minha mãe criou os filhos "para a vida" e falava a mesma coisa...
      Fazemos sempre o que achamos melhor, mas sempre pagamos um preço por isso...
      Beijos

      Excluir
  2. Sabe querido Wilson,temos todo direito de se sentir aborrecido, triste, até com raiva, sim porque somos humanos...
    E como é difícil dizer "até breve"...aff por mais que saibamos que vai haver um reencontro, nada é muito simples...
    Que Deus te conforte, que todos os seres de luz te acalente nesse momento de adaptação.
    Nunca esqueço de você e em minhas orações você sempre esta nela, pois mesmo não nos conhecendo pessoalmente, você sabe do meu carinho e amor por você.
    Beijos doces em seu coração.

    ResponderExcluir