Google+ Followers

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Funcionária de pet shop corta orelha de gato durante tosa, em Florianópolis


Janara Nicoletti

Uma cliente de uma clínica veterinária e pet shop de Florianópolis ficou decepcionada ao encontrar seu gatinho, que havia sido levado para ganhar banho e tosa. O animal teve parte da orelha decepada durante o tratamento. A dentista Andressa Dallarin entrou em contato pelo VC no G1, para comentar o caso e pedir maior cuidado no trato com os animais que são levados para este tipo de estabelecimento.

Gato Bono teve parte da orelha decepada em pet shop (Foto: Andressa Ballarin/VC no G1)

O gato que se chama Bono foi levado para a veterinária na manhã de terça-feira (26), para banho e tosa. Por volta das 12h, o marido de Andressa foi buscar o animal. “Meu marido pagou e só depois ficou sabendo o que aconteceu. A funcionária disse que o gato se mexeu na hora da tosa e que acabou acontecendo um acidente. Meu marido ficou muito ofendido na hora, por só saber depois de pagar”, explica Andressa, que reclama do descaso da clínica com o ocorrido.

Segundo a dentista, os funcionários da clínica disseram que a orelha do bichano foi cauterizada, mas só foi passada uma medicação para aliviar a dor do animal depois que o cliente pediu para a veterinária. “Eles reclamaram que o gato se mexeu, mas todas as pessoas que lavaram ele elogiaram por ser muito calmo. Eu acho que isto foi causado pela total inabilidade da funcionária”, analisa a dentista que é cliente há quatro anos do estabelecimento que fica na Beira-Mar Norte, em Florianópolis.

Em entrevista ao G1, a supervisora da pet shop Lovely Dog, Gisele Silva, afirmou que a veterinária, logo que soube do dano, foi reparar e cuidar do gato. “Ela inclusive receitou dois medicamentos sem custo algum. Depois conversou um tempo com o cliente, que saiu aparentemente tranquilo”, explica. Segundo Gisele, a funcionária que cortou o pedaço da orelha do animal vai ser advertida. “Mas isso acontece em pet shop, tem gatos e cachorros que se mexem muito na hora da tosa”, afirma.
Fonte: G1

*****************************

Cada vez mais tenho certeza que o melhor é tirar um "tempinho" e cuidar do nosso ou nossos pequenos, nós mesmos.
Eu faço isso aqui em casa e não me arrependo...

4 comentários:

  1. Vilson, eu já trabalhei em petshop alguns anos atrás e dava banho e fazia escovação. A dona da pet, que dava aulas sobre isso, era quem mais fazia as tosas. Realmente nesses lugares a gente vê animais de diversas raças e comportamentos, uns são calmos e dóceis, outros mordem, outros que não param, se mexem e ficam como loucos. Na hora da tosa as vêzes era preciso 3 pessoas para segurar o cachorro pois ele não
    parava quieto. Isto tudo é normal nas pets e sempre se corre o risco de cortar. Acredito que este funcionário não deve ter feito por querer, os gatos são piores tanto para banhos como para tosas e manusear essas lâminas tem que que se ter um grande cuidado pois por mais que cuidemos qualquer mexida que o animal der já é o suficiente para cortar. Beijos meu amigo e até!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Suzana, você tem razão.
      Existem alguns pequeninos que são terríveis...
      Meu Pingo por exemplo é um...
      Ele não é arteiro na hora do banho, mas na hora de secar...
      Aff... rs
      Ele deita, rola... rs
      Kakakakakaka
      Mas, infelizmente o caso dito neste post, é o descaso do Pet...
      Outro dia fiquei sabendo do caso de uma amiga, um absurdo...
      Beijos

      Excluir
  2. Tadinho do gatinho. Acho que eu ficaria arrasada se acontecesse com os meus.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coitado mesmo...
      Se fosse um dos meus...
      Nem sei o que faria...
      Beijos

      Excluir