Google+ Followers

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Cansaço


Você se encontra cansado. O dia nem bem despertou e você já sente o corpo todo a reclamar das canseiras que deverão chegar.

Sente que as forças físicas devem entrar em pane a qualquer momento. Que as suas energias psíquicas estão em queda.

Você se ergue da cama e anda arrastando os pés, como se o corpo pesasse uma tonelada. Vai até o espelho, olha-se e observa. As olheiras estão aí. É como se não tivesse dormido.

Incrível. As horas de sono parecem que não lhe bastam. Que você precisa sempre mais e mais.

Talvez umas férias mais prolongadas, mais lazer.

Contudo, as horas reclamam agilidade. Você se prepara e sai para o trabalho. O estresse do trânsito está terrível. Pior a cada dia. É o engarrafamento, o acidente, as buzinas, a chuva forte que dificulta a visão. Difícil estacionar. Que dia!

Finalmente você chega ao local de trabalho e começa a lamentar-se. A mesa está sempre mais atulhada de papéis. A impressão é que quanto mais você faz, mais serviço aparece.

E hoje o chefe parece estar mais irritado do que de costume. Você continua a se lamentar. Afinal, você está muito cansado. Aliás, vem dizendo isso há muito tempo.

* * *

Pare um momento. Observe como as pessoas reagem às suas queixas. Porque você está se tornando repetitivo, alguns, para não o magoar, concordam com você. Outros silenciam, pensando no tempo que você está jogando fora, reclamando, sem tomar nenhuma providência.

Alguns se mostram indiferentes. Pensam que o problema é seu e quem deve resolvê-lo é você mesmo. Talvez alguém até chegue a se irritar com as suas lamentações.

Pode ser que alguns se afastem para não mais ouvir você, porque toda vez que você reclama se torna excessivo, aborrecido, cansativo.

Pense um pouco. Se o cansaço é físico, tome uma providência. As leis Divinas recomendam o repouso. Se for demasiado o cansaço, talvez você esteja doente e precise de atendimento profissional. Procure um médico, realize exames, trate-se.

Se o seu cansaço o preocupa, tome o caminho mais conveniente. Mas, se por qualquer motivo não puder fazer isso, então silencie. Trabalhe e ore, buscando apoio e refazimento nas fontes espirituais.

Procure Jesus na intimidade de seu coração e entregue a Ele o seu cansaço e o seu descanso.

Ilumine os campos da alma com atividades que o enriqueçam espiritualmente, que o alegrem verdadeiramente.

Evite reclamações constantes, porque elas não melhorarão o seu cansaço, nem seu esgotamento.

Procure atividades que o refaçam. Escolha um local onde necessitem de braços amigos e se ofereça como voluntário. Mudança de atividade é também repouso.

Para o seu lazer escolha o que o possa refazer. Um passeio tranquilo, a observação atenta de um quadro da natureza. Delicie-se com uma música. Desfrute o aconchego familiar. Ore e seja feliz.

* * *

O sono foi dado ao homem para a reparação das forças físicas e das forças morais.

Enquanto o corpo se recupera dos efeitos da atividade do dia, o espírito também se reabastece no mundo espiritual.

Por isso mesmo a prece, antes do sono físico, se faz tão importante. Com ela, sintonizamos com as mentes superiores com as quais, logo mais, quando dormirmos, poderemos nos encontrar para os diálogos que alimentam a alma e fortificam a disposição para as lutas.



Redação do Momento Espírita, com base no item 38, do cap. XXVIII, de
O evangelho segundo o Espiritismo, de Allan Kardec, ed. Feb e no
cap. XXIV, do livro Para uso diário, pelo Espírito Joannes
psicografia de Raul Teixeira, ed. Fráter.
Em 9.4.2013.

4 comentários:

  1. Tão bom esse texto...eu preciso descansar mais....tô trabalhando direto, uma hora pifo de vez...

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Sabe aquele abraço bem gostoso??
    Pois é esse que vim te deixar.
    Aqui deixo meu imenso carinho
    por você.
    Que seja nossa amizade
    a mais infinito que houver.
    Um Dia lindo e abençoado.
    Beijos no coração.
    Carinhos na Alma.
    Evanir..

    ResponderExcluir