Google+ Followers

domingo, 2 de setembro de 2012

Fatos históricos do dia 2 de setembro


Fim da Segunda Guerra


Em 2 de setembro de 1945, é assinada a ata de rendição incondicional do Japão, que decretou o fim da Segunda Guerra. A luta, sem paralelos em extensão e intensidade, tinha envolvido dezenas de países. Desde o dia 15 de agosto, os japoneses haviam se rendido e a luta em todas as frentes cessado.

1666 - O Grande Incêndio de Londres destrói 13 mil casas e oito igrejas, inclusive a Catedral de Saint Paul.
1837 - Primeiras experiências oficiais do telégrafo com o Código de Morse.
1900 - Entra em funcionamento um cabo telegráfico entre Borkun e Nova York, que passa pelas ilhas dos Açores.
1906 - O explorador Roald Amundsen alcança o porto de Nome (Alasca), após conseguir realizar a travessia noroeste do oceano Ártico.
1918 - Primeira Guerra Mundial: os exércitos alemães retrocedem na chegada das tropas ocidentais.
1923 - Adolf Hitler ataca violentamente a República de Weimar.
1930 - O general José Félix Uriburu toma o poder na Argentina, após derrubar o presidente Hipólito Irigoyen.
1933 - Itália e URSS firmam um acordo de não agressão.
1937 - Morre Pierre de Coubertin, fundador dos Jogos Olímpicos modernos.
1938 - O governo italiano estabelece que os judeus devem abandonar o país em um prazo máximo de seis meses.
1939 - O presidente Getúlio Vargas anuncia que o Brasil permaneceria neutro diante da Segunda Guerra Mundial.
1940 - Nasce Regis Debray, escritor político francês.
1941 - Segunda Guerra Mundial: a aviação inglesa bombardeia Berlim.
1945 - Fim da Segunda Guerra Mundial, com a assinatura da ata de rendição incondicional do Japão.
1954 - A artilharia da República Popular Chinesa bombardeia a ilha de Quemoy, pertencente à China nacionalista.
1961 - O Congresso aprova a emenda constitucional que institui o regime parlamentarista no Brasil. Assim, João Goulart pôde assumir a presidência depois da renúncia de Jânio Quadros.
1964 - Nasce Keanu Reeves, ator norte-americano.
1965 - Unidades paquistaneses invadem a zona indiana da Caxemira.
1966 - Nasce Salma Hayek, atriz mexicana.
1970 - O parlamento indiano anula os privilégios dos 279 marajás do país, igualando-os aos cidadãos normais.
1979 - O coronel Gaddafi impõe a "revolução cultural" na Líbia.
1980 - Ouro Preto, em Minas Gerais, é considerada pela UNESCO como Patrimônio Histórico da Humanidade.
1984 - Uma tempestade deixa 81 mortos, 37 desaparecidos e 28 mil desabrigados na Coréia do Sul.
1985 - O Brasil ganha o Campeonato Pan-americano de judô, na cidade do México. No total, foram cinco medalhas de ouro, duas de prata e três de bronze.
1988 - A Assembléia Nacional Constituinte termina a elaboração da Constituição Brasileira, a mesma que está em vigor hoje.
1989 - O governo da Hungria autoriza a saída massiva para a Alemanha, via Áustria, de milhares de alemães do Leste, que permanecem no país, aguardando passar para a Alemanha Ocidental.
1990 - O exército soviético começa sua retirada da Alemanha Oriental.
1991 - Morre Alfonso García Robles, pacifista mexicano e prêmio Nobel da Paz em 1982.
1995 - Morre Vaclav Neumann, diretor de orquestra tcheco.
1996 - Um pacto de paz entre o governo e o principal grupo rebelde musulmano é assinado nas Filipinas, dando fim a 24 anos de uma guerra que causou a morte de 120 mil pessoas.

Redação Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário