Google+ Followers

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Fatos históricos do dia 12 de setembro


Morre José Lins do Rego


No dia 12 de setembro de 1957, José Lins do Rego, pioneiro do romance social nordestino, morre aos 56 anos. Lins do Rego foi advogado, jornalista, romancista, cronista e memorialista. Ele nasceu no Engenho Corredor, em Pilar, na Paraíba, em 3 de julho de 1901. Entre suas obras, destacam-se Menino de engenho e Riacho Doce.

1502 - Cristóvão Colombo, em sua quarta e última viagem, chega na costa da atual Nicarágua.
1631 - A esquadra espanhola, comandada por Oquendo, derrota a holandesa, capitaneada por Hauspater, em combate naval próximo de Pernambuco (Brasil).
1764 - Morre Jean Philippe Rameau, compositor francês.
1847 - Primeira jornada da heróica defesa do castelo de Chapultepec, durante a invasão norte-americana do México.
1902 - Nasce Juscelino Kubitschek, ex-presidente brasileiro.
1911 - O governo da Espanha reconhece a República de Portugal.
1911 - O Teatro Municipal de São Paulo é inaugurado no centro da cidade.
1912 - A "Capela Sistina da Pré-História" é descoberta na França. O sítio arqueológico ficava dentro de uma caverna com 1.500 desenhos feitos mais de 17 mil anos antes.
1929 - Estado de sítio no Paraguai, devido a revolta de um movimento comunista no país.
1931 - Um ciclone causa a morte de mais de 700 pessoas e deixa centenas de feridos na Honduras britânica.
1943 - Um comando das SS, dirigido pelo capitão Skorzeny, liberta Mussolini de sua prisão em Gran Sasso.
1944 - A Comissão Consultiva Européia (Grã-Bretanha, URSS e EUA) assina o Protocolo de Londres, através do qual se estabelece a divisão da Alemanha em zonas de ocupação e no "território de Berlim".
1946 - O cadáver de Mussolini, roubado quatro meses antes, é encontrado em Pavía.
1949 - A República Federal da Alemanha é proclamada em Bonn. O doutor Theodor Heuss é eleito presidente e Konrad Adenauer, chanceler federal.
1953 - A guerrilha liberal colombiana aceita a anistia proposta pelo governo militar do general Rojas Pinilla, após quatro anos de luta.
1953 - John Fitzgerald Kennedy, futuro presidente dos Estados Unidos, casa-se com Jacqueline Lee Bouvier.
1957 - O escritor paraibano José Lins do Rego, pioneiro do romance social nordestino, morre aos 56 anos.
1967 - Três dias depois de ser lançada ao espaço, a nave tripulada norte-americana "Geminis XI" consegue acoplar-se ao foguete "Agena".
1968 - A Albânia é expulsa do Pacto de Varsóvia, acordo militar entre as potências comunistas da Europa, depois de romper com a União Soviética e aproximar-se da China.
1971 - O ministro da defesa chinês, Lin Piao, morre em um acidente de avião na Mongólia, segundo fontes oficiais.
1974 - Haile Selasie, imperador da Etiópia, é derrubado por um golpe militar e preso em Addis Abeba.
1977 - O líder sul-africano Stephen Biko, que lutou contra o apartheid, morre depois de passar 25 dias na prisão.
1980 - Golpe de Estado na Turquia, comandado pelo general Kenan Evren, que foi designado presidente do Conselho Nacional de Segurança.
1981 - Morre Eugenio Montale, escritor italiano, Prêmio Nobel em 1975.
1986 - Quatrocentas pessoas mortas e mais de 2.600 feridas no norte do Vietnã, devido ao ciclone "Wayne".
1989 - O parlamento polonês outorga sua confiança ao gabinete proposto por Tadeusz Mazowiecki, o primeiro governo não-comunista da Polônia desde a Segunda Guerra Mundial.
1992 - Abimael Guzmán, fundador e líder do Sendero Luminoso, é capturado em Lima.
1992 - O ônibus espacial Endeavour é lançado ao espaço, em missão conjunta da NASA com o Japão e Israel, para realizar experimentos com seres vivos.
1992 - Morre Anthony Perkins, ator norte-americano.
1996 - O maestro Eleazar de Carvalho, idealizador do Festival de Inverno de Campos do Jordão, morre em decorrência de câncer intestinal, aos 84 anos.
1998 - O exército britânico abandona Belfast e regressa aos seus quartéis, após 29 anos de patrulha.

Redação Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário