Google+ Followers

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Hérnia de Disco em Cachorros, Paralisia das patas: Não desistam de tratar!!!!


 Amigos, Amigas,

infelizmente a postagem que mais é lida neste blog e comentada é sobre a hérnia de disco que o Cão teve.
Este é o link da postagem:


Existem muitos comentários, relatos de outras pessoas e os meus...
Eu só venho aqui para dizer o seguinte, foi uma luta!!!
A primeira paralisia dele me pegou de surpresa...
Eu não sabia, como muitos, que isso podia acontecer...
Me lembro até hoje quando cheguei em casa do serviço de deparei com a sala do apartamento onde moro cheia de coco e xixi espalhados para todos os lados...
Minha reação, é claro, foi de ficar bravo e só percebi que algo estava errado com ele, quando chamei-os para passear e o Cão veio se arrastando...
Jamais poderei esquecer esse momento...
Fiquei paralisado por alguns segundos, sem saber o que estava acontecendo...
Fui até ele, chamava-o para vir ao meu encontro e ele só se arrastava...
Foi um desespero...
Quando cheguei a Clínica Veterinária e o Veterinário deu o diagnóstico, eu não sabia o que pensar...
Quando ele me disse que ele poderia não voltar a andar, eu simplesmente entrei em choque...
Nunca imaginei que um cachorro poderia ter hérnia de disco e ficar paralisado...
Nunca tinha visto isso na minha vida...
Foi uma luta sua recuperação...
Eu estava passando por problemas financeiros sérios naquela época, não tinha dinheiro algum...
Duas amigas, a Monica e a Suemi que acabaram me ajudando...
Jamais vou me esquecer...
Outros amigos e amigas também foram solidários financeiramente....
Jamais irei esquecer...
O grosso do tratamento fui pagando no cartão de crédito, financiando, dividindo...
O dinheiro pouco me importava naquela época...
Paguei e pagaria o que fosse necessário para sua recuperação!!!
Mesmo que ele não voltasse a andar novamente, compraria uma cadeira de rodas como vi depois na Internet tantos outros cachorros usando!!!
Bom, eu trabalhava na época meio longe de casa...
Falei com meu chefe que precisava sair todos os dias as 17:00 horas e expliquei o motivo.
Eu saia do trabalho, corria para o ponto de ônibus. Tomava o ônibus, descia depois de uns 30 ou 40 minutos, corria para casa.
Colocava o Cão e a Belinha (que ia só de compania) no carrinho de cachorro e saia correndo pra Clínica Veterinária...
Era dezembro, inverno rigoroso aqui, mas não me importava.
Depois de 30 minutos correndo com o carrinho, chegava na Clínica e lá esperava.
Lá eu acompanhava as injeções, as aplicações de laser frio e quente e a fisioterapia.
Geralmente saíamos de lá por volta das 20:30 horas, 21:00 horas.
Vinha correndo pra casa novamente com eles no carrinho.
Chegava em casa, tomava banho e ia dar jantar para eles.
Ai eu ia jantar e logo depois ia fazer fisioterapia no Cão.
Tentava dar o máximo de atenção para os dois e dormia.
Acordava no dia seguinte às 5:00 horas da manhã e ia fazer mais fisioterapia no Cão.
Dava o café da manhã para eles, tomava meu banho e ia trabalhar...
Foi minha rotina durante meses.
Sim, eu estava cansado.
Sim eu poderia perder meu emprego, pois tinha que fazer horas extras e não fazia...
Sim, estava me endividando cada vez mais...
Sim, existia horas que eu pensava que nada ia dar certo...
Mas.....
Eu continuei, continuei com fé em Deus, com esperança...
Sim, muitas pessoas que estavam ao meu redor estavam achando aquilo tudo uma loucura, um desperdício, mas me apoiaram assim mesmo!!!
Sabem o quanto eu amo meus pequeninos e sabiam que eu não ia desistir!!!
Depois de dois meses o Cão começava a mostrar sinais de que poderia voltar a andar!!!
Foram momentos mágicos, momentos que eu nunca vou esquecer, momentos em que agradeci à Deus aquela imensa benção que eu estava recebendo!!!
Depois de três meses de tratamento ele tinha voltado finalmente a andar!!!!
Com dificuldade, mas tinha voltado!!!!

Por isso, peço à vocês, amigos e amigas que estejam passando por momentos como esse que passei, não percam a fé!!!
Não percam a esperança!!!!
Não deixem de acreditar que seu amiguinho ou amiguinha possa se recuperar!!!
Lutem!!!!

Não abandonem seu amiguinho ou amiguinha neste momento!!!

Lutem ok?!

Abraxos!!!!

Vejam abaixo um vídeo curto de como bem ficou o Cão:

34 comentários:

  1. Como você passei pela mesma história com minha cadelinha Cindy.
    Ela ficou paralisada quase dois meses, mas entre desespero e lagrimas, ela voltou a andar.
    Como você escreveu acima: tenham fé! Não desistam!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Bom dia!!! me chamo cida tem uma cachorrinha de cinco anos, da raça daschund que amo como se fosse minha filha,mais Deus me deu uma surpresa incrível de ter uma bebe...e como tive muitas complicação na minha gravideis tive que deixa minha linda mel de lado ñ por que eu queria...ela é minha vida...mais agoro descobri que ela esta com o mesmo problema que o seu cachorrinho estou desesperada por que ñ tenho com tratala...mais vou fazer de tudo para minha mel volta te uma vida normal...breve voltarei para te dizer mais sobre ela...abraços e fique com DEUS. Fique muito emocionada em ver o seu blogger.

    ResponderExcluir
  3. Marcia,

    tanto tempo se passou que você veio aqui e deixou esse recado para nós.
    Desculpe, mas por algum motivo não pude responder...
    Obrigado e perdão...

    ResponderExcluir
  4. Cida,

    um bebê!!!
    Que felicidade!!!
    Parabéns antes de mais nada.
    Eu realmente imagino como deve ter sido e infelizmente agente acaba se descuidando um pouco, afinal, não da para controlar ou fazer tudo ao mesmo tempo...
    Bebê, casa, cachorro, marido, família...
    Haja tempo!!! rs
    Bom, estamos aqui para o que der e vier!!!
    Quando precisar de algo nos procure, que iremos ajudar no que for possível!!!
    Torcendo por você e pela Mel.
    Volte e nos diga como estão vocês, ok?!
    Muita luz, fé e saúde!!!

    Abraxos

    ResponderExcluir
  5. oi meu nome e mirian
    tenho um poodlo de 4anos que esta com esse problema
    mais ou nenos 2 meses estou fazendo fisioterapia nele todos os dias
    mais nao perdi a fe
    estou sonhando que ele vai andar
    abraco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mirian,

      não é facil mesmo, eu sei.
      Mas, não devemos desistir mesmo.
      Às vezes demora, mas quando nosso amiguinho(a) volta a andar, a alegria é algo inexplicável.
      Força, Fé, Luz, Alegria e Vitória para ti!!!
      Beijos

      Excluir
  6. Oi isso aconteceu com meu cachorro ele e porte medio ,isso foi hoje estou desesperada ,pois ele tava normal ta com as patas traseiras paralisadas e so se arrastando ,e da uma dó o pior e que to sem condiçoes de leva no medico ta comendo e urinando normal ,como posso saber se as patas nao quebraram pois ele se arrasta e as patas ficam todas para traz contorcidas ele nao uiva nem chora de dor simplesmente se arrasta oque devo fazer moço aguardo resposta.....grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniela, infelizmente a única maneira de saber o que está acontecendo com seu cão é levando-o ao veterinário.
      Eu sei que dinheiro às vezes não sobra, mas tente.
      Converse com algum veterinário. Peça que só examine.
      Desculpe não poder ajudar mais que isso.

      Excluir
  7. Acho que estou com o mesmo problema, mas um pouco diferente, minha cachorra parou do nada... e a veterinaria inicou um ortopedista especilista em casos de paralisia na UNESP. Enfim... é muito triste, pois nos exames parece ser coluna... Mas como todos vcs tenho fé em Deus, sei que ele vai nos ajudr...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que tudo vai dar certo!
      Se puder volte e nos conte o que aconteceu.
      Abraxos

      Excluir
  8. O cachorro do meu namorado eu acho que está com este problema, ele tem 9 anos e se chama Thor. Ontem assim que meu namorado chegou do trabalho o cachorro estava caído no meio do quintal sem forças, ele o pegou e percebeu que estava paralisado. Achamos que por ele está velhinho, já estaria morrendo. A barriga dele está inchada e as juntas das patas tbm. Ele só consegue mexer a cabeça, mas sem a levantar e consegue comer as coisas que colocamos na boca dele.
    Estamos muito triste com isso, pq nunca imaginei que isso aconteceria com um cão.

    ResponderExcluir
  9. O cachorro do meu namorado eu acho que está com este problema, ele tem 9 anos e se chama Thor. Ontem assim que meu namorado chegou do trabalho o cachorro estava caído no meio do quintal sem forças, ele o pegou e percebeu que estava paralisado. Achamos que por ele está velhinho, já estaria morrendo. A barriga dele está inchada e as juntas das patas tbm. Ele só consegue mexer a cabeça, mas sem a levantar e consegue comer as coisas que colocamos na boca dele.
    Estamos muito triste com isso, pq nunca imaginei que isso aconteceria com um cão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pamella, vocês foram no veterinário?
      É realmente muito triste ver isso.
      Até acontecer com o Cão, eu nunca soube de algo assim...
      Força para vocês!!!

      Excluir
  10. Olá pessoal!
    Vou contar a história da Tina, uma dachshund muito fofa de 1 ano e 10 meses.
    Na noite de ontem (14-05-2013), começou a sentir muita dor, gemia de dor, queria só ficar no meu colo. Caminhava normal, porem sentia muita fraquesa nas perninhas traseiras. A pior parte foi quando ela tentou subir na cama e não teve forças. Fiquei muito triste, pq sabia que ela estava sofrendo e já inha lido muito sobre os graves problemas de coluna que essa raça costuma ter. Enquanto ela dormia no meu colo, fui pesquisar sintomas e tratamento para essas dores, pq na manha seguinte iria levar ela no veterinário, dai nessa pesquisa que achei o Bloq, e achei lindas as historias que li. Hoje (15-05-2013)a Tina na veterinaria, a mesma disse que foi uma crise de coluna, ela não perdeu os movimentos e nada, so sentiu mt dor, agora ta medicada e de repouso. O pior vai ser o repouso né, ehehe toda fofinha ela adora correr, brincar, subir no colo. Mas vou cuidarrrrr muitoo mais agora! Força minha bonequinha e sucesso pra todos que estão em tratamento!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina,

      estes pequenos seres de luz são assim mesmo, quando se trata de ficarem quietinhos... dá um trabalho... rs

      que maravilha saber que não foi nada de grave!!! digo, ela não ficou travada nem nada, foram apenas dores...

      tenho certeza que tomando os medicamentos corretamente e fazendo o repouso necessário (sem subir escadas ou descer, pulos e etc), ela logo logo estará ótima!!!

      obrigado pela visita e sempre que puder, retorne e nos diga como ela está!!!

      beijos e lambeijocas!!!

      obs: desculpe a demora em responder, mas realmente meu tempo livre muitas vezes é curto!!!

      Excluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Percebo que as postagens são antigas, mas a minha dor é recente. Aconteceu a mesma coisa com a minha Lolli. Ela começou a sentir dor, tremer muito, e antes que pudéssemos fazer algo ela paralisou as patas traseiras. Ela foi submetida a uma cirurgia de emergência e eles alegam que ela perdeu a tal da dor profunda, porém, ressaltaram que estão otimistas com o quadro dela. Não entendo bem disso, só sei que minha luta começou. A cada arrastada dela pelo chão lembro dela correndo, brincando, pulando, o que mais adorava fazer. Me parte o coração ver uma cadelinha tão limpa e "enjoada", sair se arrastando pela casa cheia de xixi. Mas é isso, não medirei esforços, com fé em Deus tudo vai dar certo. Amanhã ela será submetida a uma avaliação com a fisioterapeuta. Espero que o nosso final seja tão lindo e feliz como o seu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nossa Amanda!!!

      que triste!!!

      cirurgia?!

      bom, não sei o nome de sua filhota, mas desde já estamos orando para sua melhora!!!

      se puder, mande um fotinha com o nome dela que iremos orar muito, de verdade!!!

      olha só, estava hoje mesmo escrevendo para uma pessoa no facebook.

      o Cão teve 7 hérnias e quase não sentia suas patas.

      foram feitos exames e ele não sentia quase nada.

      demorou um mês para que ficasse apenas 10 segundo em pé e três para que desse os primeiros passos!!!

      mas, eu nunca desisti e tudo deu certo!!!

      tenha Fé e sempre entre em contato conosco se precisar!!!

      beijos e lambeijocas!!!

      Excluir
  13. Nossa!! Fiquei até emotiva agora.Só Deus mesmo para dar força pra gente superar esses problemas. Parabéns....Adorei a historia e o filme. Eu amo bichos, principalmente cães. Bjs...

    ResponderExcluir
  14. Tenho uma pinscher ontem a noite ela apresentou paralisia somente na pata direita, hiperativa como todo o pinscher ela não fica parada, tenta subir no sofa, cama então tenho sempre que ficar com ela no colo para evitar que aconteçam lesões em sua pata paralisada, alguém já ouviu relatos disso? da paralisação em somente uma das patas? o que poderia ser? Meu pai irá levar ela hoje pela manhã no veterinário.

    ResponderExcluir
  15. olá,infelismente aconteceu com meu cãozinho também, estamos lutando muito, ele é especial porque a o adotamos. estava na rua...com sinais de maus tratos., depois de ler experiencias iguais , tenho mais forcas para lutar,,,, obrigado ....

    ResponderExcluir
  16. olha gente aconteceu com meu cachorro também, fiquei desesperado... mais depois de ler casos iguais, tenho mais esperança agora de ver o meu cachorrinho a voltar a andar,,, eu e minha noiva adotamos ele,,, temos fé em Deus que tudo vai dar certo....obrigado

    ResponderExcluir
  17. Oi, você pode me explicar como colocou a frauda no seu lindinho? Pois a minha esta deitada e nao pode se mexer muito.

    ResponderExcluir
  18. Quero partilhar convosco o meu sofrimento, a minha Lara, que adora correr e subir para cima de uma mesa velha, um dia destes ao correr senti que dera um geito porque precisava de ajuda para subir para a cama. À noite já não conseguia pousar as patas traseiras. Fui à VET e ela falou de uma possível lesão na coluna, há três dias que está medicada e hoje verificou-se que tem sensibilidade nas patas e quer pôr-se de pé. Então comecei hoje com a fisioterapia em casa. Tem momentos que fico por baixo mas ela fica mais nervosa por isso tento arribar. Peço tanto a Deus que me ajude e a ela tbém. Acredito que em Deus Ele tem sido a minha força, tem me ajudado a superar as dificuldades ❤ bjs

    ResponderExcluir
  19. Que bom ler esse post... nossa Donna, uma Cocker Spaniel de 5 anos teve esse problema semana passada, fez cirurgia, ainda tá internada e sem movimento nas patas traseiras, tbm não consegue controlar o xixi e cocô... ao longo da semana devemos receber as instruções de fisioterapia, não vamos desistir dela, tenho fé que vai voltar a correr atrás da bolinha que ela tanto ama :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. existem outros posts no blog sobre o assunto Leo.
      Espero que sua Donna já esteja bem.
      desculpe a demora em responder, mas realmente ando meio ausente do blog.
      abraxos

      Excluir
  20. meu cão também deixou de caminhar, foi muito rápido. pela manhã andava, ao meio dia encolheu uma das patinhas e depois que deitou não levantou mais as patas traseiras. ele se arrasta. providenciei uma cadeirinha feita sob encomenda enquanto os resultados do raio x não ficavam prontos, pois apesar do raio x ter sido rápido, foi necessário uma análise com laudo, pois nada apareceu... infelizmente o laudo também não apontou se a causa da paralisia foi uma hérnia. ele come normal, mas perdeu o controle do xixi. troco fralda dele 4 vezes por dia e pela manhã e a noite ajudo a esvaziar a bexiga, apertando a mesma levemente...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é realmente complica essa situação Daniel, mas como ficou seu baixinho?
      voltou a andar?
      vc fez algum tratamento?

      Excluir
  21. Gostei do seu blog amigo, tive uma Dálmata que ficou sem andar, andei em fisioterapia na vet, também fazia em casa, ai os rins entraram em falência e com apenas quatro anos a minha menina teve de ser adormecida porque entrou em sofrimento, foi em Junho de 2015,fiquei deprimida, doente e muito triste. Uma amiga ao ver-me assim trouxe-me um menino de três meses, um srd lindo, pequenino, peladinha. O meu Charlie não me fez esquecer a Lara, mas foi a maior bênção de Deus.
    Amo muito o meu amado Charlie. ❤ Bem haja a todos que lutam pelos seus meninos patudos, quem ama os animais ama crianças e pessoas. Desculpem, pareço estar fora de contexto mas quiz apenas partilhar a minha história.

    ResponderExcluir
  22. Amigas! e amigos!
    Assim como vcs tenho 7 cachorros schinauzer.certo dia, uma delas deixou de andar! que desespero!! pensamos MT coisa! Doença infecciosa! Botulismo! e até mesmo coluna! Como amamos-os incondicionalmente; meu marido é eu saímos correndo com ela para o veterinário. Lá ficou internada pra observação e fizeram exames de sangue pra descartar todas as posibilidades de doencas ja que era vacinada! Então, chegou -se a conclusão, que mh nina estava com uma doença alto imune que tem um nome difícil : polipo ... Que deixa o cãozinho paralisado por 30 dias e que inflama os nervos que liga as partes do corpo. Com MT paciência nos revesamos para cuidar dela, inclusive os outro cãezinhos. Não a deixamos pra nada! Qd iam todos fazer suas necessidades a levávamos no colo com cuidado seguravamos embaixo de sua barriga e esperavamos que fizessem suas necessidades. haja coluna! Pq ficávamos algum tempo esperando! visto que suas forças eram poucas pra eliminar as vezes e xixi. sei tonus muscular estava todo mole. O complicado foi qd não consegui mais fazer sozinha suas necessidades! 3 dias dando óleo mineral e nada! Qd Deu o 6 dia tive que intervir, ela ja demonstrava fraqueza e MT constipada. Peguei a luva e com o óleo fui cuidadosamente ajudando a eliminar as fezes que ja estava petrificada dentro dela. Foi um alívio. Cheia de alegria ela me olhava agradecidamente. Se eu não faço isso morreria de infecção intestinal. Percebi que nesse quadro, se não observarmos se as necessidades estão normais o pperigo é eminente. bom em 30 dias minha nina ha andava. tempo dado pelo ver. Ela tomou antibióticos profiláticas por 15 dias pra não ter pneumonia e antialérgicos. Tinha que virar de posição de 30 em meia hora! Tinha que dar muita água. Por comida na boca e úmida! Tipo arroz com carne! Frango ou boi e ainda uma colherem de cha de óleo mineral de manhã e a noite. EU dava um pouco mais na seringa : 3 ml mais ou menos.e improvisamos uma cadeira para que ela ficasse alguma momentos de pé. Em uma mesinha de centro tiramos o vídro e amarramos um tecido de um lado ao outro de maneira que suas patinhas tocassem o chão. Não apoiassem, ja que ela não poderia se esforçar. Era repouso absoluto! Hoje está MT bem e latindo com todas as forças, pois também não latia. perdeu tb o latido. Foi uma luta mais com final MT feliz. Graças a Deus e a São Francisco.

    ResponderExcluir
  23. Boa tarde amigos, estou passando pelo mesmo problema com minha cachorrinha, no dia 02/01/2017 com 6 meses começou a apresentar dor, levei ao veterinário e o Vet deles pois tenho mais 02, o Vet estava viajando,deixando em seu lugar uma veterinária, e para minha triste surpresa bem inexperiente, pois ela não soube diagnósticar o que minha Maya tinha, Maya ainda andava, mais sentia dores ao pegar, simplesmente me endividei no cartão que até hj não consigo pagar tudo muitas parcelas de muitos exames devido a Vet não diagnósticar, e em uma semana no dia 09/01 minha Maya veio a se arrastar, está fazendo acupuntura e fisioterapia, mais lá se vão 2 meses, estou lutando por ela, muito cansativo levei 38 dias sem saber o que era dormir, ela sente reflexos quando o Vet faz os exames, mais andar até hj nada, muito xixi cocô o dia todo para limpar, além dos outros dois e todos os afazeres, por mais cansada que me sinto, depressiva, pois é doloroso para o animal e para nós donos, eu me sinto perdida doente, até meu casamento está abalado, pois meu marido ama eles, mais está cansado,e toda rotina mudou, só queria uma palavra de esperança conforto, será que ela volta a andar, tenho gastado muito, mais o que eu queria era ver minha pequena andar, ela emagreceu muito, perdeu muita massa muscular das pernas traseiras, me dêem uma palavra por favor, obrigado por toda atenção...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Bom, despesas são altas mesmo, em qualquer lugar do mundo... Infelizmente... Eu mesmo gastei uma fortuna também, me endividei, mas não desisti! Infelizmente eu não posso lhe dizer se ela vai voltar a andar ou não, o que posso lhe dizer é que mesmo que ela não volte, existe a cadeirinha de rodas para que ela possa se locomover... Você crê nos espíritos? Existe a ASSEAMA, um Centro Espírita destinado apenas aos animais. Pode ser que ajude... Tenha fé e esperança... lembre-se que Deus não dá uma cruz maior que possamos carregar... Abraços.

      Excluir