Google+ Followers

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Resultado de um escritório cheio de gatos: diminui o estresse e aumenta produtividade


Isso mesmo, imaginem um escritório com gatos passando por todos os lugares, embaixo das mesas, pelos nossos pés e subindo nas prateleiras.

Isso já é uma realidade em uma cidade que talvez não esperássemos que tivesse uma iniciativa como essa: Tóquio. Por ser uma cidade super povoada e com pouco espaço para bichos de estimação e muita restrição a criação de pets em apartamentos, talvez esse não seria o primeiro nome que pensaríamos para abrigar essa postura.

Mas, acreditando em uma resposta positiva dos funcionários, uma empresa japonesa implantou a ideia de permitir que seus colaboradores possam interagir com animais de estimação com mais frequência: um local de trabalho povoado de felinos.



Os escritórios da Ferray Corporation, uma empresa de soluções de internet, tem hoje nove adoráveis gatos resgatados que estão autorizados a circular livremente durante todo o dia. O mais bacana é que os funcionários tem relatado diminuição do nível de stress desde que os bichanos estão na área.

É claro que um monte de gatos andando solto na empresa não livra a empresa de imprevistos, como desligar computadores, riscar a parede, rasgar papéis ou ainda atrapalhar a digitação enquanto eles insistem em deitar em cima do teclado do computador.

Até a comunicação entre os colaboradores melhorou, pois eles tem assunto de sobra pra falar relacionado aos bichanos! E consequentemente todos os outros assuntos fluem mais facilmente. 


E se algum funcionário quiser adotar um felino, a empresa ainda banca um “vale-gato” no valor equivalente a R$ 110 para cobrir as despesas do animal.

E a empresa admite: a qualidade mais destacada dos candidatos para trabalhar por lá é amar os gatos, e depois as outras competências.

2 comentários:

  1. Sempre gostei de gatos e cachorros. Gatos gostam muito do conforto da casa e agora, abrindo para escritórios, eles vão se adaptar maravilhosamente. Apesar que, embora não pareça, são muito arteiros. Os que resgatei do galinheiro, roeram os fios dos meus carregadores, quando a gente olha, já estão fazendo arte, quando querem dormir, não descansam enquanto não desligo o computador e me deito. Agradeço por partilhar, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. já imaginou trabalhar num local assim Teresa?!
      eu ia amar!!! rs
      beijos

      Excluir