Google+ Followers

quarta-feira, 20 de março de 2013

Um Exemplo de Amizade - Marcia Suemi





Depois de alguns meses que vim para o Japão, algumas pessoas que sempre amarei, partiram desse mundo...

No ano de 2000, decidi passar pelo menos dois meses no Brasil e "curtir" o máximo possível as pessoas que aqui ainda permaneceram.
Mas, o limite de "férias" que a Toyota dá para um funcionário, são de 30 dias. Então, eu tive que me demitir... rs
Uma amiga (na verdade não falo mais com ela e um dia talvez eu fale o porque) disse que eu poderia ficar no apartamento dela e deixasse minhas coisas lá, pois o filho tinha acabado de se mudar e o quarto dele estava vazio...
Eu aceitei e assim o fiz...
Uns 15 dias antes de viajar, lá fui eu com minhas coisas para a casa dela.
Depois de ter ficado uns quatro meses no Brasil, fiquei mais uns 15 dias na casa dela também.
Estou explicando isso, porque não sei exatamente quando foi que "o  telefone tocou".... rs
Deixa eu explicar...
Nessa época, eu frequentava o NEC-J, Núcleo Espírita Cristão do Japão. Ia todo sábado e domingo.
Tinham vários eventos o dia todo. Encontro de Jovens, Leitura do Evangelho Segundo o Espiritismo e etc... Era muito corrido, apesar de divertido e aprendíamos muito.
Mas, muita gente, muita conversa, muito o que fazer e etc... Às vezes não dava tempo nem de respirar direito... rs Ainda mais eu, que muitas vezes tinha saído do serviço no sábado pela manhã, apenas tomado um banho e ido para lá. 
No sábado à noite eu ia pra "balada" e no domingo de manhã (ainda sem dormir) ia para lá.... rs
Bom, voltando, nesses dias que fiquei na casa dessa amiga, aproveitei para "dar um trato" no apartamento dela e tal.
Um dia o telefone residencial tocou e eu atendi.
Do outro lado uma moça perguntou por minha amiga, disse que ela não estava. Ela perguntou quem era que estava falando e eu falei meu nome. Ai ela disse "Oi! Tudo bem?! É a Márcia! Nos conhecemos no NEC! Lembra de mim?".
Su, não me xingue e nem me mate.... Nunca te contei isso... Mas, eu não fazia a menor idéia que quem era, mas fiquei muito sem graça de dizer isso... Eu conhecia muita gente no NEC e meu cérebro para nomes é péssimo...
Respondi que sim, rs e começamos a conversar.... rs
Eu não sei quantas horas ficamos naquele dia no telefone, só sei que foram várias... rs
Não sei, mesmo não sabendo exatamente com quem eu estava falando,  a conversa fluiu naturalmente, como se fossemos amigos a séculos... rs
Nem preciso dizer que desse dia em diante, eu sabia muito bem quem era a Marcia Suemi rs
Acabei voltando para a Toyota, mas pelo menos uma vez por mês eu vinha a Nagoya (pois ela sempre morou aqui com o marido Alexandre) e nos víamos.
Às vezes eu ia a casa dela para ver o computador dela que estava com algum problema e acabava ficando o dia todo lá rs Ai sempre ela e o marido me traziam para casa à noite de carro.
Eu gostava muito de trabalhar na Toyota. O trabalho era bom, o ambiente, os colegas e o sistema deles é ótimo! Mas, a cidade...
A cidade de Toyota é ótima para quem tem carro ou gosta de cidade calma... E eu, não dirijo e detesto cidade calma...
Tudo era longe de onde eu morava...
O mercado mais próximo, 30 minutos andando, a estação, 20 minutos e por assim vai...
Um dia, a Suemi perguntou o porque que eu não vinha morar em Nagoya... rs
Resumindo a história, ela conseguiu uma entrevista na fábrica que trabalhava e eu passei.
Mas, tinha um problema, eu não tinha aonde morar!!! kakakakakakaka
Na verdade, eu poderia morar no apartamento na empreiteira que ficava na cidade vizinha, mas eu realmente não queria isso, pois morar longe, em outra cidade do interior... Se fosse assim, melhor ficar aonde eu estava mesmo... kakakakaka
Ai, ela, o marido e uma outra amiga (que não falo mais também rs), resolveram me ajudar...
Deixaria minhas coisas na casa desta amiga e ficaria morando temporariamente na casa da Su e Alexandre até alugar um apartamento.
Eu achei uma loucura, mas não é que fizemos isso mesmo?!
E ai num sábado pela manhã estávamos eu, Suemi, Alexandre, Cláudia (amiga que não converso mais, infelizmente) e Takeo (futuro colega de trabalho) fazendo minha mudança... rs
Depois de alguns dias, eu aluguei este apartamento que estou morando até hoje... rs
No dia da minha segunda mudança rs, lá foi a turma toda se reunir e correr rs
Mas, eu não sabia que eu tinha que comprar algumas coisas... rs Não sabia que não ia haver lustres no apartamento e outras coisas mais e tinha dois detalhes ainda nisso tudo, eu não sabia aonde ficava nada nessa cidade e ainda a Suemi e o Alexandre iam viajar no domingo para Okinawa...
Vocês acreditam que ela não queria nem saber? Digo, ela além de ter me ajudado na mudança pela manhã, passou o resto do dia comigo na rua me levando para comprar tudo que eu precisava!!!!
Só depois que ela foi arrumar as coisas para a viagem dela...
Não há como escrever todos os momentos que passamos juntos aqui... rs
Não foi apenas uma vez que ela me ajudou e me alegrou e me fez sentir feliz.
Será que alguém sabe como é importante se sentir feliz?
Como isso nos faz bem?
E como é difícil encontrar pessoas que façam isso e que consigamos sentir que é por amizade verdadeira?
Pois é, como li numa frase outro dia que dizia algo que as pessoas podem esquecer qualquer coisa, mas nunca como nos fizemos ela se sentir... e acho que isso é totalmente verdade...
Podemos esquecer as coisas que as pessoas fizeram a nós ou por nós, mas nunca o que sentimos.
A Suemi sempre fez com que eu me sentisse um amigo verdadeiro, uma pessoa de bem, importante na vida dela e de sua família.
Eu estive presente na gestação e no nascimento dos seus dois filhos e digo que isso é algo muito grande emocionalmente falando!!!
A Giulia foi a primeira e depois veio o Gustavo.
Meus sobrinhos mais que amados!!!!
Eu não sei se alguém leu aqui o dia que o Cão ficou travado das patas traseiras a primeira vez por causa da hérnia de disco...
Eu cheguei em casa depois de um dia de trabalho e encontrei ele travado. Eu fiquei desesperado, sem saber o que estava acontecendo ou o que fazer.
Era dezembro, noite, inverno, muito frio.
Liguei para a Suemi no mesmo instante, não sabia o que fazer e lembro que ela simplesmente disse: "Estou passando ai!".
Chegou alguns minutos depois com o carro e as crianças dentro.
Fomos para a Clínica Veterinária, ficamos horas ali. Eu não via nada na minha frente.
Lembro quando o Médico Veterinário deu o resultado dos exames e disse o preço da internação e tudo mais. Eu não tinha dinheiro na época, tinha ficado desempregado 4 meses, tinha começado a trabalhar a dois meses (eu acho) e ela simplesmente falou: "Migo, não se preocupe, manda tratar. É seu filho! Eu estou aqui para te ajudar!".
O Médico tinha dito, ou tratava ou mandava sacrificar...
Eu não consigo esquecer nem as palavras do médico que simplesmente me tiraram o chão e nem as palavras dela que me trouxeram o apoio que eu precisava naquele momento.
Só depois de meses que eu lembrei que poderia ter chamado um táxi, que as crianças nem tinham jantado, que estava frio...
A Suemi não se importou com nada e ela sempre foi assim. Não só comigo, mas não tenho como negar que ela foi sempre mais que uma amiga, uma irmã em todos os momentos!
Ela já tinha me ajudado financeiramente quando fiquei desempregado e me ajudou novamente com o tratamento do Cão.
Apesar de ter uma vida corrida, com dois filhos pequenos, Marido, Casa e trabalho, ela nunca deixou de estar ao meu lado!!!
Moramos anos perto um do outro e compartilhamos tudo em nossas vidas... Alegrias e tristezas...
Quando não tínhamos tempo de nos ver (durante a semana por exemplo), passávamos horas no telefone... rs
Hoje, ela, o marido e filhos estão no Brasil, mas a sintonia, a amizade, o carinho e respeito, permanecem intactos ou até mais fortes.
Sabemos que podemos contar um com o outro e sabemos o quanto somos importantes um para o outro.
Amizade simples e verdadeira.
E posso garantir, amizade assim, não existe em qualquer lugar...
Pessoas como ela, muito menos...
Ela é aquela mulher mais que lutadora, batalhadora.
Simples e honesta, culta e sábia!
Muitos muitas vezes a criticam, pois não conseguem entendê-la.
Ela é aquela pessoa que é prática, pensa e fala e a maioria não gosta de escutar a verdade...
Muitos não a compreendem, mas eu posso dizer que ela é uma pessoa maravilhosa e uma amiga/irmã espetacular!!!
Agradeço à Deus sempre por poder ter reencontrado esse espírito amigo nesta caminhada aqui na Terra!!!
 
 


10 comentários:

  1. Oi amigo, que história linda, ela é uma ótima pessoa, com certeza!
    Tenha uma semana maravilhosa, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E é mesmo!!! rs

      Beijos amiga!!!!!

      Obrigado!!!!!!!

      Excluir
  2. Nossa, sabe que te invejo (no bom sentido)um pouco por isso.
    Nem sempre a gente consegue ter amizades assim tão maravilhosas.
    Eu mesma já me decepcionei com muitas pessoas.

    Conserve bem essa amizade pois hj em dia é raro!!

    abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é raro.
      Sim, eu também já perdi as contas de quantas pessoas eu me decepcionei e com certeza decepcionei também rs
      Mas, o importante é conservar as verdadeiras...
      Beijos

      Excluir
  3. Querido amigo! Que saudade deste cantinho amigo!.... Parabéns pelo post/testemunho/depoimento lindo! Amigos verdadeiros dá p/contar nos dedos!... Parabéns pelo Dia do Blogueiro! Obrigada pelo carinho e pelo comentário!
    Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado e parabéns para nós né Elaine!!!
      Beijos

      Excluir
  4. Wilson amigo, obrigada por partilhar connosco esta parte da sua vida, tão sofrida pelas circunstâncias da própria vida, mas ao mesmo tempo tão linda pelo verdadeiro valor que a amizade tem. Essa sua amiga, sem dúvida é uma pessoa magnífica. Parabéns aos dois por essa amizade tão maravilhosa.
    Beijinhos de Luz!
    Ana Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso não é nada perto do que ela fez, eu não mencionei outra coisa muito importante que aconteceu...
      Deixei para outra postagem... rs
      Beijocas amiga

      Excluir
  5. Querido amigo,

    Existem pessoas que sao muito especiais, conseguem ser mais do que amigos, sao irmaos de espírito!

    Eu tambem encontrei pelo caminho da vida surpresas, pessoas surpreendentes que do nada foram tudo e fizeram tudo que podiam. O carinho será eterno.

    Beijos e ontem foi Dia do Blogueiro, parabens!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma felicidade encontrar ou reencontrar pessoas assim...

      Parabéns para nós né amiga!!!

      Beijos

      Excluir