Google+ Followers

segunda-feira, 4 de março de 2013

A Certeza da Amizade


Com 16 anos, eu era praticamente o dono do meu nariz!
Meus pais só sabiam brigar e descontar toda sua raiva e frustação em mim.
De um lado meu pai choramingava, me culpava pelo fim do casamento.
Do outro, minha mãe exigia cada vez mais de mim, pois só tinha eu para contar para ajudar em tudo...
Se eu quisesse ou não estudar era um problema meu, mas que eu teria que ajudar a cuidar do meu irmão e começar a ajudar nas contas, isso com certeza.
Minha cabeça estava totalmente confusa, então larguei os estudos. Era para eu entrar no colegial, mas achei que não tinha cabeça para estudar naquela fase da minha vida.
Depois de 8 meses morando na casa da minha avó parterna e vivendo um verdadeiro inferno, minha mãe resolveu se separar de vez e financiou um apartamento.
Bom? Ruim?
Não sei, só sei que eu por um lado me senti livre, pois as brigas em casa entre meus pais finalmente acabaram...
Mas, eu tinha que trabalhar, ajudar na casa e ainda ajudar a cuidar do meu irmão...
No ano seguinte, perdi meu emprego e não conseguia achar outro pela minha idade, 17 anos...
Homem nessa fase da vida no Brasil pasta por causa do alistamento militar... Pelo menos naquela época... rs
Como nunca gostei de ficar parado, decidi voltar a estudar... Minha mãe com muita má vontade foi no colégio perto de casa fazer minha matrícula...
Primeiro dia de aula (eu estava atrasado) e logo após achar a sala que eu estava, procurei um lugar para sentar.
Não tinha muita gente na sala e eu perguntei se tinha alguém sentado na carteira que eu tinha escolhido. Ninguém respondeu nada... Achei o máximo....
Logo chegou uma pessoa dizendo que estava sentada ali e lá fui eu procurar outro lugar.
Achei uma outra carteira e me sentei.
De repente uma menina entra na sala gritando algo do tipo: "Ah! De novo não! Nunca vi, blá, blá, blá, não me lembro direito. Só sei que esta parou na minha frente e falou bem assim: "Sai! Eu tô sentada ai!".
Não sabia aonde me enfiar, tamanha educação da menina. 
Logo em seguida uma outra gritou com ela: "Deixa ele ai! Procura outro lugar pra você!".
A "escandalosa" obedeceu e eu nem me movia... rs
Na hora do intervalo aquilo parecia um verdadeiro zoológico, eu me sentia um peixe fora do aquário... Um povo totalmente diferente de tudo que eu já tinha convivido na vida...
A única coisa que posso dizer é que não deu mais para ficar naquele lugar...
Fui na secretaria, perguntei aonde tinha outra escola e lá fui...
Ficava mais longe de casa, perto da casa de minha avó.
Fui direto para a secretaria do colégio, onde fui atendido pela Cecília. Uma pessoa muito, muito educada e legal.
Já me apaixonei pelo colégio e consegui fazer a transferência...
Estudei de tarde durante o primeiro ano e no seguinte, quando consegui arrumar um emprego, passei para noite...
Era abril ou março e lá chega eu tendo que perguntar onde tinha lugar vago... 
A sala já estava meio cheia quando cheguei e vi um lugar vago.
Tinha uma moça ao lado e eu perguntei: "Oi, tem alguém sentado aqui?!".
Ela disse que não. Me sentei e a aula começou.
Como eu estava perdido, ela, muito educada e simpática, me ajudou bastante.
Seu nome: Glauce.
Glauce e eu conversávamos o tempo todo... rs
Não sei explicar, mas me sentia mais que a vontade ao lado dela.
Ela na época tinha um namorado, e talvez este não tenha gostado muito, mas eu e a Glauce começamos a sair também aos finais de semana.
Não, eu não dizer quando começamos a sair, mas lembro que íamos sempre, todo final de semana em algum lugar... Isso quando não na semana mesmo, pois ou não tinha aula ou agente faltava mesmo... kakakakakaka
MacDonald's, Habib's,  Shooping.... kakakakakakaka
Lembra Glauce?!
Se eu parar para analisar, tivemos poucos anos de convivência, mas nossa amizade sempre foi muito forte...
Tenho muitas saudades de nossos passeios, de nossas conversas!!!
E quando íamos de domingo escalar o Pico do Jaraguá e terminávamos com um pique nique?
Era muito bom!!!
Eu não quero comparar as pessoas nem as amizades.
Eu não quero dizer que alguém é mais importante que outra...
Na verdade, estes posts que estou escrevendo sobre minhas amizades, é apenas para homenagear estas pessoas e também contar um pouco da minha vida...
A Glauce esteve presente num momento único na minha vida. Aquela fase que eu estava passando era totalmente diferente de tudo que já tinha acontecido na minha vida...
Eu não era mais uma criança, um adolescente apenas, eu estava crescendo... amadurecendo,,,
A Glauce sempre foi um menina incrível, que sempre me inspirou!!!
Ela sempre foi muito determinada em tudo e conseguia atingir todas sua metas!!!
Talvez ela não saiba, mas tudo que eu precisava naquela época era ter certeza de algo, certeza que eu podia contar com alguém e ao lado dela eu sentia essa certeza!
Nós somos muito parecidos em muitas coisas. Na organização, em alguns pensamentos, em algumas atitudes... 
Eu conhecia muita gente, sempre gostei de conhecer, mas a ligação, a nossa amizade,  era algo mais que certo, mais que forte!!!
Não há como descrever em palavras a alegria que eu sentia quando saíamos, quando estávamos conversando...
E quando eu vim para cá, eu senti muito a falta dela como tenho certeza que ela sentiu também a minha.
E sabe o mais incrível de tudo isso?!
Depois de quase 20 anos longe um do outro, sinto a mesma força  na nossa amizade.
Sim, eu sei que tenho amigos e amigas maravilhosos tanto aqui quando ai no Brasil, mas a Glauce e aquela pessoa que eu posso contar pra tudo nesta vida...
O que ela fez por mim nos últimos anos, eu posso dizer que ninguém da minha própria família já o fez.
Eu não preciso me explicar para ela, eu não preciso dar satisfação da minha vida ou de atitudes que eu tomo. Ela me entende, ela me compreende, ela me aceita, ela me ama do jeito que eu sou e isso é algo praticamente impossível de achar neste mundo...
Ela é uma das pessoas mais importantes na minha vida, uma das pessoas que eu mais amo no mundo e eu tinha que escrever sobre isso.
Glauce, amiga, irmã, você sabe que não há como descrever nossa amizade em palavras...
Tudo que passamos, tudo que vivemos, tudo que sentimos...
Eu só queria dizer muuuuuito, muuuuuito obrigado por tudo e por fazer parte da minha vida!!!
Se eu nunca te disse, vou dizer agora: AMO VOCÊ AMIGA!!!!

Beijos!!!!!!!!

6 comentários:

  1. Eu sempre tive muitas pessoas a minha volta na adolescência, muitos namorados, muitas colegas, algumas amigas. As pessoas sempre passaram por mim e nenhuma ficou, entende? Aquela que a gente, depois de 20 anos, encontra pra tomar café. Eu conheço muitas meninas daquela epoca que fazem issso hoje e às vezes, eu queria ter alguem assim. Meu marido é a unica pessoa que está comigo desde aquela epoca.
    Mas às vezes, agradeço por não ter, porque tenho tanta coisa cabeluda pra esconder hahahahahaha e eu teria que dividir segredos, ne?
    E as pessoas continuam a passar por mim e talvez a culpa seja minha. Tenho medo de perder e doer. Já aconteceu tanto...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, amiga, eu penso assim, as pessoas que precisam ficar na nossa vida, ficam.
      As que precisam seguir seu caminho, seguem...
      Sabe quando temos uma amiga ou amigo super chegado e de repente acontece algo desagradável e acaba separando esta amizade?
      Antigamente eu ficava triste ou bravo (dependia do que acontecia), mas hoje eu penso que é uma forma que a vida tem de separar as pessoas, para que cada qual siga o caminho que necessita...
      Quantas pessoas já passaram pela minha vida e ainda vão passar...
      Cada um é cada um e tento entender que aqui é apenas uma passagem...
      As pessoas nunca se separam realmente se existe um sentimento verdadeiro...
      Tudo nessa vida é passageiro...

      Eu penso assim...

      Beijos

      Excluir
  2. Lindo sua declaração de amor amigo, queria falar mais com você sobre essa linda postagem, mais hoje não dá.

    Sabe aqueles dias em que precisamos muito, muito do colo de um amigo, então hoje é esse dia para mim...

    Desculpe amigo mais acho que hoje é um dia bem ruim para mim.
    Beijinhos.
    Lua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não anda bem e não é de hoje...

      Ainda aguardo seu e-mail...

      Beijos

      Excluir
  3. Oi amigo, ótimo post! Adorei!
    Belo wallpaper de Fruits Basket!
    Tenha uma boa semana, abraços...

    ResponderExcluir