Google+ Followers

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Os 10 Maiores Poemas Brasileiros - Parte 05


Não há quem não ouça uma poesia e fique imune às suas palavras. Poemas traduzem sentimentos profundos no ser humano à séculos e por isso têm a capacidade de alegrar ou entristecer alguém, dependendo do contexto onde é aplicado.

E é por isso que um grupo de escritores, críticos, jornalistas e professores resolveu escolher os 10 mais importantes e significativos poemas de autores brasileiros de todos os tempos.

Vou dividir esta lista em 10 partes, 10 postagens, em dias alternados.

Achei muito interessante esta lista.

Não apenas para nosso deleite, para homenagear estes poetistas e também homenagear amigas poetistas de blogs amigos.


O Cão Sem Plumas 
(João Cabral de Melo Neto)

A cidade é passada pelo rio como uma rua é passada por um cachorro; uma fruta por uma espada.
O rio ora lembrava a língua mansa de um cão ora o ventre triste de um cão, ora o outro rio de aquoso pano sujo dos olhos de um cão.
Aquele rio era como um cão sem plumas. Nada sabia da chuva azul, da fonte cor-de-rosa, da água do copo de água, da água de cântaro, dos peixes de água, da brisa na água.
Sabia dos caranguejos de lodo e ferrugem.
Sabia da lama como de uma mucosa. Devia saber dos povos. Sabia seguramente da mulher febril que habita as ostras.
Aquele rio jamais se abre aos peixes, ao brilho, à inquietação de faca que há nos peixes. Jamais se abre em peixes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário