Google+ Followers

quarta-feira, 12 de junho de 2013

USP busca cães com hérnia de disco para tratamento grátis

A gata paraplégica Clementina, que ganhou "cadeira de rodas" após ser adotada

Seu melhor amigo parou de andar por causa de uma hérnia de disco? Não é o fim da picada. Na verdade, é o começo de duas variações dela: a USP busca cães que tenham ficado paraplégicos há mais de dois meses para testar um tratamento que mistura o uso de células-tronco com acupuntura.

Por se tratar de uma pesquisa científica, as 13 semanas de tratamento serão de graça --cabe ao dono apenas levar o bicho para a USP cinco vezes por semana, duas delas para fazer fisioterapia e outras três para sessões de acupuntura.

O veterinário César Prado, 27, tratará os canídeos como parte de sua pesquisa de mestrado. "O objetivo desse trabalho é avaliar dois tratamentos para a região medular do cão", diz Prado.

Depois de operados para a retirada do disco que comprime a medula do bichinho, os pacientes serão divididos em três grupos.

O primeiro receberá apenas a injeção de células-tronco. O segundo será tratado apenas com acupuntura. O terceiro receberá uma combinação das duas técnicas.

"Se os donos dos cachorros que receberam apenas um tratamento quiserem, depois do estudo acabar eles poderão refazer o tratamento completo, com acupuntura e célula-tronco."

São 15 vagas e todas as raças estão convidadas. "Não se pode prometer que eles voltem a andar, mas costuma haver alguma melhora", diz o pesquisador, que pode ser achado por interessados no e-mail cesar.prado@usp.br.

A gata Clementina, em "cadeira de rodas" adaptada, brinca no apartamento onde mora

4 comentários:

  1. Puxa, muito legal esse projeto espero que tudo aconteça de melhor nesse estudo.
    Beijinhos de luz amigo querido.
    Lua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também espero amiga!!!

      pois muitos pequeninos poderão voltar a andar!!!

      beijos

      Excluir
  2. Que bonito exemplo de solidariedade para com os animais. Hoje em dia, a medicina veterinária tem conseguido avanços muito importantes para a cura de diversas doenças em nossos amigos peludos. Adorei saber disso Wilson. Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é Suzana, eu também estou amando!!!

      vejo o dia que TODOS os animais serão respeitados!!!

      beijos

      Excluir