Google+ Followers

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Adotar ou Comprar um Cachorro?!

Cá estou eu me lembrando de algo que aconteceu a uns dois meses atrás lá no nosso perfil do Facebook....
Um rapaz que conheço apenas pelo seu perfil no Face, adicionou nosso perfil em uma foto de propaganda do canil que ele tem aqui no Japão.
Tenho que dizer que isso aconteceu durante o dia, enquanto eu dormia depois de uma longa noite de trabalho... rs
Quando eu acordei, vi no meu celular um monte de avisos do Facebook e fui fui conferir rs
Ele postou esta foto:


Vocês olharam bem para ela?!
Acharam algo de estranho ou diferente?!
Nada né?! rs
Pois é, mas alguém achou e foi lá "soltar os cachorros"....
Falou que não achava certo vender cachorros enquanto existem tantos ai abandonados.
Que é desumano e tal...
Bom, depois desse comentário, veio uma "avalanche" de outros defendo e criticando...
Tudo isso, por causa de uma foto!!!!
O Tom, dono (eu acho), escreveu uma coisa que realmente eu concordo.
Ele comentou que as várias raças existem por vários motivos, mas principalmente porque cada pessoa que quer um cachorro, tem um necessidade específica, que muitas vezes a característica da raça ajuda.
Por exemplo. quem mora em apartamento (ele mesmo deu o exemplo), não vai comprar um São Bernado né?! rs
E eu concordo plenamente com isso. 
Escrevo isso porque algumas pessoas me procuram às vezes perguntando qual raça que eu acho ideial no caso delas.
Um exemplo que tenho, é de uma moça que estava procurando um cachorro para fazer companhia a seu sogro e eu indiquei um Yorkshire.
Errei?!
Eu sinceramente retirei minha marcação da foto.
Não tenho nada contra adotar ou comprar um cachorro e sinceramente não gosto de brigas.
A "infeliz" foi "infeliz"(rs) nas palavras que usou em seus comentários, mas não havia necessidade (eu penso assim) do que veio depois...
Uma agressividade verbal, uma falta de tolerância total e eu me permiti sair de mansinho... rs
E vou dizer o porque....
Porque penso eu que o mundo está nesse caos que está hoje justamente por isso, pela falta de respeito que estamos tendo uns para com os outros...
Aqui no Blog, eu coloquei algumas frases que gosto quase no final da página.
Lá tem uma do Paulo Coelho que diz assim:  

"Uma coisa é você achar que está no caminho certo, outra é achar que o seu caminho é o único. Nunca podemos julgar a vida dos outros, porque cada um sabe da sua própria dor e renúncia...".

Penso eu que essa frase é única e diz tudo...
Sim, eu sei que existem milhares de cachorrinhos e gatinhos abandonados por ai e que precisam de um lar.
Eu sei disso, e sou totalmente, 100% à favor da adoção de animais.
Não tenho palavras para descrever o quanto admiro o trabalho que várias pessoas fazem por estes seres que muitas vezes são resgatados num estado de saúde lastimável... 
Mas, isso não quer dizer que seja errado também comprar um animal.
Não podemos generalizar as coisas.
Se em tudo que fizermos, agirmos de forma radical, com certeza provocaremos reações ao nosso redor que muitas vezes não serão positivas....
Por exemplo, existem milhares de crianças orfãs.
A cada dia nascem outras e esse número vai aumentando...
Por acaso vocês algum dia viram uma propaganda dizendo assim: 

"Não façam filhos, adotem!!!".

Eu nunca vi.
Conheci um casal certa vez que ele estava no seu segundo casamento, tinha duas filhas do primeiro casamento e uma do atual.
Era o primeiro casamento da mulher e ela queria mais uma criança, pois a menina já estava com 10 anos.
Ela queria adotar, mas o marido, não aceitava essa idéia de forma alguma.
No fim, depois de muitas discussões,  acabaram "fabricando" o segundo filho rs
Erraram? Acertaram?
Eu não sou ninguém e nem vou julgar, pois eles estão felizes e pagam suas contas.
Eu tenho três cachorros, todos foram comprados.
Cometi algum crime?!
Na época em que comprei eles, nunca tinha ouvido falar nos problemas de abandono de cães aqui no Japão, mesmo, de verdade.
Na verdade, essa realidade veio mudando a mais ou menos um ano, quando conheci a ONG Happy Family.
Por sinal, eles tem um blog e um perfil no Facebook.
Quem tiver vontade de conhecer, adotar ou ajudar financeiramente, entre em contato com eles.



Enfim, eu espero que consigam entender o que tentei expressar aqui....

Obrigado.

Abraxos!!!!


6 comentários:

  1. Olá meu amigo, acho que os dois lados tem as suas razões. Os que são abandonados precisam de familias que os adotem, e os que são para venda, o que acontece se não forem comprados? Voltam para os seus antigos donos ou ficam a mercê da vida também? Ainda bem que, cada vêz mais existem pessoas, ONGs e voluntários que ajudam os animais, seja em que situação for que se encontrem, isso é o que importa. Um grande beijo meu amigo e boa quinta feira para você!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso que eu adoro seus comentário amiga!!!
      A frase: "...o que acontece se não forem comprados?", foi perfeita para esta situação!!!
      Simplesmente amei seu comentário!!!
      Obrigado!!!

      Excluir
  2. Pura realidade!
    Cada um faz aquilo q bem entender.
    Eu já comprei e tb adotei, ambos foram criados com muito carinho e a recompensa maravilhosa.
    Acho q neste história quem tem q ter noção de responsabilidade são os donos.
    Tenho muita dó de ver os animais abandonados pela rua...por conta de uma viagem de volta p/ o Brasil ou algo parecido!
    Antes de comprar ou adotar é preciso pensar bastante...registrar o animal na prefeitura é uma ótima idéia e eu apoio...afinal! Eles fazem parte da nossa família!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, o abandono é cruel e a responsabilidade é total do dono!!!
      O problema é o humano e não o pequeno!!!
      Abraxos e obrigado pelo comentário!!!

      Excluir
  3. Ola, gostaria de deixar aqui meus pensamentos tb, eu penso exatamente como vcs, que não concordo é tratar dos bichinhos como um simples objeto de comercio, como vc mesmo disse não somos ninguem para julgar os outros, eu conheço esse rapaz que foi citado no primeiro texto, no qual eu acredito que o “amor“ que ele sente pelos animais não passa de um comercio desenfreado para pessoas leigas,ja vi casos de vendas feitas por ele,em que nem se quer foi perguntado se a pessoa conhece a raça em questão ou os cuidados que deveriam ser tomados ou tratados, mas ele “ama“ quem sou eu para dizer o contrario, mas eu não conheço esse amor que so se eh amado enquanto te der lucros, apartir de quando não te dão um retorno financeiro o amor acaba???
    Você deve saber tb, que muitas pessoas que procuram cães pra adotar, procuram assim, gostaria de um filhote de tal raça macho, cor tal...eh engraçado, as pessoas procuram mais por filhotes de raças determinadas, que adoção que eh essa?
    Faço a minha parte, ja me desloquei varias vezes ate mesmo sem poder para tentar ajudar os peludos e mesmo assim somos sempre alvo de algum comentario maldoso, mas pra mim isso pouco importa, o importante eh a conciencia tranquila...
    Esse Tom citado acima(me desculpe eh seu amigo) no meu entender não passa de um comerciante, pois vc pode pedir a raça que for que ele se desdobra para encontrar. pq? pq vc foi legal na hora que falou com ele? pq ele adora a raça que vc pediu?pq ele adora o ser humano? pq ele quer muito ajudar um brasileiro(a) que não consegue se virar sozinho? NÃO!!! ELE FAZ ISSO PURA E SIMPLESMENTE POR DINHEIRO,NÃO IMPORTA O DESTINO DO CÃO,NEM SE VÃO CUIDAR DIREITO, O QUE IMPORTA EH DINHEIRO NO BOLSO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, sinceramente a única coisa que eu posso fazer por você é deixar esse seu comentário aqui.
      O blog é livre para todos opinarem.
      Apesar de seu comentário ter sido bem forte, eu acho que não há problema algum.
      É a sua opinião e só fico sem jeito por você não ter se identificado, apesar que entendo.
      Eu não conheço o Tom e esse caso de dinheiro ou não, não foi o objetivo do post. Me desculpe.
      Eu não o conheço pessoalmente, nunca falei com ele sobre nada, mas ele sempre foi muito legal comigo.
      Me ofereceu ajudar várias vezes, pois por causa do blog, as vezes preciso saber algo sobre alguma raça ou coisa do tipo.
      Eu acredito apenas que ele faça a mesma coisa que um pet shop faz.
      Eu não sei quem é você, nem ao mesmo o que já fez para ajudar um amiguinho de quatro patas.
      Mas, imagino as dificuldades que deva enfrentar, pois não é um trabalho fácil.
      Mas, vejo que muitas pessoas adotam já grandinhos sim, mas deve ser difícil mesmo.
      O que gostaria mesmo, é que fizessem uma lei onde obrigaria qualquer pessoa que compre um animal, a cuidar deste até a sua morte.
      Com a mesma responsabilidade que a lei obriga um pai e/ou mãe a cuidar de seu filho.
      Acho que só no dia que isto acontecer, tudo isso irá mudar.
      Obrigado por seu comentário.

      Excluir