Google+ Followers

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Raças de Gato: Siamês


O Siamês é um gato oriental, desenvolvido inicialmente no sudoeste asiático, mais precisamente no antigo Sião (onde atualmente fica a Tailândia). É uma raça caracterizada por apresentar um corpo elegante e longilíneo e uma cabeça de formato marcadamente triangular.

História da raça Siamês

Acredita-se que a origem exata da raça seja o antigo Sião (atual Tailândia), onde eram tidos como o gato da realeza, e mantidos em templos sagrados. De lá foram levados a Inglaterra em 1884, de onde se espalharam para outras partes do mundo após adquirirem uma tremenda notoriedade. Em 2007, uma variação dos gatos siameses conhecida popularmente como old style ou traditional foi finalmente reconhecida pela Associação Internacional do Gato como uma nova raça, a de gatos Thai. Os gatos siameses compartilham com essa raça a coloração âmbar e castanha, além dos olhos azuis, mas se distinguem genética e morfologicamente com várias diferenças que os tornam híbridos individuais.

Descrição e aparência da raça Siamês

Uma característica marcante na raça Siamês é a sua cor branca. As características mais marcantes são as zonas de coloração mais escura, que cobrem a máscara, orelhas, pernas, patas e cauda. Essas zonas, também chamadas de “pontas”, “marcações”, “marcas” ou “sinais”, são identificadas com o termo inglês adotado universalmente: points ou colourpoints. A cor do point contrasta com a do resto do corpo que é branco ou sombreado.

Talvez o mais antigo dos gatos, o Siamês apresenta tamanho médio, é esbelto, refinado, elegante, magro mas musculoso. Os exemplares machos da raça de gato Siamês são proporcionalmente maiores do que as fêmeas. O Siamês é um gato gracioso, uma distinta combinação de ossos finos e músculos. É resistente, tem excelente condição física e não é gordo. Os olhos da raça Siamês são amendoados, de tamanho médio. A pelagem é curta e sedosa, muito macia e predominantemente branca.


Temperamento da raça Siamês

O gato Siamês é, sem dúvida, muito inteligente, curioso e de natureza amável. A elegância do corpo e a graça dos movimentos conquistaram para o siamês o título de “príncipe dos gatos” (por Fernand Méry), mas é o miado forte e a personalidade incomum que realmente o distinguem. Em relação ao dono, ele se comporta mais como um cão do que como um gato – pode passear atado numa coleira e chega a exibir o comportamento típico de “ir buscar”. É fiel, ciumento e gosta muito de ser acariciado, especialmente na zona do pescoço. Como todo gato, o Siamês, às vezes, age de modo estranho, num instante é capaz de passar da maior frieza às mais vibrantes expressões de afeto.

A fêmea desta raça requer cuidados especiais. No cio, ela fica quase histérica e durante todo o período, emitem miados e uivos pouco graciosos, que se assemelham aos de uma criança recém-nascida. a fêmea no cio pode rolar pelo chão, gemendo, ou correr pela casa, rasgando e arranhando tudo o que encontrar pela frente. É recomendável que a fêmea da raça Siamês acasale o mais cedo possível. Assim como outras raças de gatos, os filhotes nascem brancos e vão mudando de cor à medida que crescem. São muito brincalhões, preguiçosos e carinhosos.

Fonte: Blog do Gato

Nenhum comentário:

Postar um comentário