Google+ Followers

domingo, 7 de outubro de 2012

Inspiração do poeta


Conta-se que, num dia qualquer, o compositor Almir Sater estava em São Paulo para uma temporada. Em certo momento, desceu do seu apartamento para tomar um cafezinho num mercado ali perto.

Encontrou um amigo, que o convidou para experimentar uma viola que acabara de comprar. Enquanto tomavam café, Almir dedilhou a viola e soltou a voz:

Ando devagar... ao que o amigo emendou... porque já tive pressa.

Dizem que essa maravilha chamada Tocando em frente, ficou pronta em dez minutos. Um dia, alguém perguntou ao Almir como essa música fora feita e ele respondeu: Ela estava pronta. Deus apenas esperou que eu e o Renato nos encontrássemos para mostrá-la para nós.

Será verdade ou será mais uma dessas lendas que se inventam, a respeito de pessoas célebres e suas produções?

Lenda ou verdade, não importa. O que sabemos é que a inspiração existe e disso entendem muito bem os gênios de todos os matizes.

E a letra e música de Tocando em frente são uma joia rara.

Convidam-nos a parar em meio à correria, a viver com mais vagar, como a saborear cada momento.

Também nos recordam que, na vida, lágrimas e sorrisos se sucedem.

Assim dizem os versos:

Ando devagar porque já tive pressa.

E levo esse sorriso, porque já chorei demais.

Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe...

Eu só levo a certeza de que muito pouco eu sei, eu nada sei...

Há tanto para aprender. E quantos cremos ser superiores, por entendermos disso ou daquilo. E, contudo, quem verdadeiramente se dedica a aprender, descobre que quanto mais aprende, mais há a ser pesquisado, descoberto.

Conhecer as manhas e as manhãs, o sabor das massas e das maçãs.

O planeta Terra é o grande laboratório Divino em que provamos a dor, a alegria. Em que nos extasiamos ante a manhã que se espreguiça e nos encantamos com a riqueza das pessoas.

Cada uma com seu talento especial, sua forma de ser, de agir em nossas vidas.

E, neste planeta de provas e expiações, com quantas delícias nos agracia Deus. Sabores de frutas, consistências inúmeras.

É preciso tudo provar. Aprender a degustar, reconhecendo o sabor de cada fruta, do trigo transformado em pão, do grão triturado, moído, servido com aroma de café.

Mas é preciso o amor pra poder pulsar, é preciso paz pra poder sorrir, continua cantando o inspirado poeta.

Sim, o amor nos é imprescindível porque fomos criados e somos mantidos pelo amor de Deus, trazendo essa essência Divina em nossa intimidade.

E somente sorri, num mundo de tanta perversidade ainda, quem já descobriu o segredo da vida na Terra, que se chama oportunidade e progresso.

Por isso, cada um de nós compõe a sua história. E cada ser em si, carrega o dom de ser capaz, de ser feliz.

E, como todo mundo ama, todo mundo chora, não esqueçamos que um dia a gente chega, no outro vai embora.

A vida é transitória. Aproveitemo-la, ao máximo, vivendo com a família, os amigos. Produzindo na sociedade, deixando nossas marcas de luz para, como alguém já falou, quem venha atrás, possa dizer: Por aqui passou um ser iluminado. Uma estrela...



Redação do Momento Espírita.
Em 23.08.2012.

16 comentários:

  1. Olá amigo, essa música é uma das minhas preferidas. Não sabia do encontro dessas duas feras do sertanejo- Almir e Renato para receber essa canção pronta das mãos de Deus!
    Essa musica tem alma e fala com a gente, sem dúvida é uma inspiração divina de Renato Teixeira!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente não conhecia este música até ler este texto...
      Foi ai que procurei e vi a letra...
      Linda...

      Beijos amiga!!!!!!

      Excluir
  2. Amigo, amei ler hoje o seu post, tocante mesmo.
    Votos de um Iluminado fim de semana.
    Ainda não consegui responder ao seu mail, mas não esqueci.
    Adoro você.
    beijinhos de estrelas cadentes!
    Ana Maria

    ResponderExcluir
  3. Almir Sate ilustrou divinamente a mensagem, cheguei a ouvir a cação...

    Ei esta bem???
    Cadê você????
    Te mandei e-mail com a nova integrante da família, espero que tenha conseguido ver.
    Saudades suas...
    Beijinhos de lavanda.
    Lua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!!!
      Não recebi email algum... rs
      Manda de novo!!! rs
      Beijocas

      Excluir
  4. É uma música maravilhosa mesmo!!

    bom domingo.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi amigo, é uma música muito bonita mesmo.
    Tenha uma linda semana, bjs e fica com Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para vc tb uma ótima semana amiga!!!

      Beijocas

      Excluir
  6. Amigo, eu A D O R O A D O R O A D O R O esta canção. Creio que cada palavrinha dela tem um pouco de todos nós.

    Obesse(leia-se ôbêésse de urubuservação!) : Amigo, eu tambem sinto muita falta de minha mae que mora em outro país.
    Ela está muito idosa, queria muito estar ao lado dela mais e mais vezes e nao consigo ver esta possibilidade se concretizar por motivos financeiros.

    Eu lhe entendo em tudo.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é amiga, então somos dois....

      A minha está muuuuito doente e não vejo como ir até ai pelo mesmo motivo que o seu...

      Beijos

      Excluir
  7. OI AMIGA!
    QUE BOM QUE GOSTASTE DO POST QUE FIZ PARA MEU FILHO, A PONTO DE O MANDARES PARA TUA MÃE, FIQUEI MUITO CONTENTE.
    ESTE TEXTO ESTÁ MAGNIFICO, VALE A PENA, NÃO SÓ LÊ-LO, MAS PENSAR A RESPEITO DO QUE ELE NOS PASSA.
    ABRÇS
    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  8. É uma letra e uma música muito lindas. E foi preciso estar no momento e na hora certa para que tudo acontecesse. Obra do destino, de Deus. Um grande beijo e abraço meu amigo. E beijinhos na cahorrada também....rsrsrsr.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Su!!!!!
      Obrigado belos beijos e pra ti também!!!! rs

      Excluir