Google+ Followers

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Por Gentileza!!!



Tenho observado que com o passar dos anos, as pessoas tendem a cada vez mais dar menos explicações à terceiros sobre suas escolhas, suas atitudes.
Vejo também que isso acaba muitas vezes trazendo conflitos para ambas as partes...
Eu mesmo, com meus 41 anos, me pego fazendo isso...
Mas, tento ao máximo não o fazê-lo, porque muitas vezes acabamos atraindo problemas desnecessários com essa atitude.
Penso eu assim né?
Não é que temos que dar satisfação aos outros, mas sim, que devemos explicar certas atitudes que tomamos para manter uma convivência mais saudável!
Afinal, não vivemos numa ilha deserta... rs
E ao decorrer da postagem, vocês irão entender o porque que estou escrevendo isso...
Como muitos sabem, eu tinha três cachorros (Cão, Bel e Pingo) e dois gastos (Hiro e Dengo).
O Dengo foi o último a chegar aqui em casa. Adotei ele de uma ONG da Província de Shizuoka.
Quando ele chegou aqui em casa, eu notei que os pelos de suas orelhas era bem ralinho e tinha algumas falhas, mas não comentei nada, porque se a dona da ONG não comentou nada, deveria ser normal.
Mas, não era... Ele estava com fungo, uma doença bem complicada de se tratar e que passa para outros animais facilmente e até mesmo para seres humanos.
Quando comentei com a dona da ONG, ela me disse que não tinha percebido e eu acredito. Já uma amiga me disse que era pouco provável que uma pessoa que tem uma ONG, lida com gatos à anos, não soubesse.
Eu ainda prefiro acreditar que ela não sabia, porque seria muita "sacanagem" se soubesse e mesmo assim ter me dado o gato.
Enfim, ela sabia que minha situação financeira naquele momento era complicada e ficou de arcar com as despesas do gato e da segunda vacina que ele tinha que tomar.
Uma semana depois ela veio me dizer que tinha atropelado um cachorro e que teve que pagar as despesas do veterinário etc e que poderia apenas me ajudar. Me mandou uma quantia que não pagava nem a metade da primeira consulta do Dengo.
Eu só posso dizer que deixei pra lá, porque pensei assim, eu adotei, ele é meu filho e a responsabilidade é minha.
Enfim, o fungo passou para os outros quatro...
Olha, foi complicado... Como a clínica que vou fica longe de casa e tem que pegar ônibus (ainda bem que aqui no Japão pode levar gato e cachorro dentro de ônibus e metro), eu levava um por vez...
Estava na época trabalhando das 8PM às 8AM. Uma correria...
Cada consulta saia na faixa de ¥ 15.000 (R$ 400.00). Imaginem 5 consultas....
Minha sorte é que como frequento a Clínica Veterinária a anos e eles me conhecem bem, esperavam eu fazer as 5 consultas para só ai me cobrarem, pois assim eu passava no cartão e dividia em vezes à perder de vista... rs
Mas, durante dois meses minha vida era um dia dar banho nos 5 com o shampoo especial e detalhe, tinham que ficar pelo menos 5 minutos com ele no corpo..
Ai depois de banho dado, era a vez de secar com o secador... Um por vez... Depois lavar todas as toalhas.
No outro dia (era inverno quando isso aconteceu), trocar toda a roupa de cama. lençóis, cobertores e etc. Lavar tudo e também passar água sanitária em todo o chão do apartamento...
Agora imagem trabalhar das 8PM às 8AM, chegar em casa, dar banho na tropa toda, depois lavar as coisas, enquanto isso fazer e dar a janta deles, a minha, meu banho e dormir para trabalhar depois.
No dia seguinte, trocar toda roupa de cama e etc...
No outro dia voltar a dar banho na tropa toda etc...
Durante dois meses...
Eu vou ser sincero, foi barra, mas se for necessário, faria tudo novamente e com muito amor e dedicação, sendo que em dois meses consegui acabar com esse fungo bendito!!! rs
Mas, agora, sendo bemmmmm sincero, nesse tempo todo, muita gente sabendo o que eu estava passando, não podia ter dado um ajuda?
Será que custava muito alguém "perder" algumas horas de seu dia e nos levar de carro na Clínica?
Ou me ajudar na hora do banho com as crianças?
Não estou cobrando (de verdade)  ninguém, estou apenas comentando e vocês vão entender mais para o fim da postagem...
Um mês depois de tudo voltar ao normal aqui em casa, o Cão precisou fazer uma cirurgia de emergência... Digo isso, porque o levei para uma simples consulta e ele ficou para fazer uma cirurgia...
Nem preciso dizer que financeiramente falando, eu estava quebrado...
Sendo assim, fiz uma rifa de  ¥ 500 (R$) 13,00).
Graças à Deus e aos bons amigos, vendi todos os nomes, o que me ajudou bastante.
Teve um casal de amigos (DETALHE: que conheço apenas pelo facebook) que chegou  a mandar ¥ 10.000 (R$ 268,00) à mais só para ajudar, pois também tiveram uma cachorrinha com câncer e sabem muito bem o custo do tratamento...
Enfim, teria tudo sido perfeito se uma certa pessoa não tivesse feito um belo "rolo" por causa dessa rifa. Chegou a me chamar de "vagabundo", mas claro que não na minha frente.
E eu fiquei puto sim, porque se tem algo que não sou é vagabundo! Sempre trabalhei e muito e ajudei muita gente nessa vida!
Mas, enfim, juntando tudo isso que escrevi aqui e as outras coisas que vim passando ao longo desses anos, tomei algumas decisões.
Uma delas, foi não ter mais nenhum outro amigo de quatro patas!
Custei muito a tomar essa decisão, porque, como sabem, AMO AMO AMO de paixão esses pequeninos, mas devido à tantas coisas que aconteceram e a situação financeira atual do Japão e principalmente minha, quero ficar apenas com o Pingo e Hiro.
E fazer o máximo possível pela saúde e bem estar deles!
Pingo tem hérnia de disco e sua alimentação é controlada. 
Conversando com um amigo que tem duas cachorras de porte médio, ele me contou que gasta de ração por dois meses o que gasto com o Pingo em um mês!
Então, eu peço por gentileza que não mandem posts de gatos ou cachorros que estão para adoção, porque eu não vou adotar.
Se for para compartilhar, tudo bem, mas não quero e não vou adotar outro animal.
Até mesmo porque, eu fico revoltado com as desculpas idiotas que este povo usa para se desfazer do gato ou cachorro...
Sim, eu sei, o bichinho não tem culpa... Mas, que é revoltante é!
E justamente por isso, por ter RESPONSABILIDADE, coisa que esse povo que se desfaz de um amigo que quatro patas NÃO TEM, é que não quero adotar um novo amiguinho.
Não por falta de vontade, mas realmente porque acredito que financeiramente falando, não terei condições.
E para não parecer antipático, resolvi fazer esta postagem...
Agradeço desde já a compreensão!!!

Abraços!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário