Google+ Followers

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Prejudicados por novas leis, criadores podem ter abandonado cães


Criadores com problemas financeiros são suspeitos de abandonarem um grande número de cães em vários lugares do Japão.

Mais de 40 cães de raças pequenas foram encontrados mortos em 31 de outubro no rio Kinugawa, na cidade de Sakura, em Tochigi. Uma semana depois, 27 cães foram encontrados mortos em um penhasco em Nakagawa, também em Tochigi. Casos semelhantes foram reportados em Yamanashi, Saitama, Gunma e Saga. Até agora, já foram encontrados 218 cães mortos ou doentes por todo o país.

De acordo uma nova lei sobre o bem-estar dos animais, as prefeituras locais estão autorizadas a recusar novos pedidos de registro de animais. Essa alteração busca evitar que as pessoas comprem animais por impulso e os criem de forma irresponsável, o que também tem sido um duro golpe para muitos criadores.

Outra lei que foi revisada recentemente estipula que os animais devem ser comercializados cara a cara, numa tentativa de impedir vendas feitas pela internet.

Essas medidas podem ter levado criadores e vendedores a abandonarem e matarem os animais.

Fonte: IPC Digital

Um comentário:

  1. Absurdo!!!! Gente que faz criação e comercializa animais não tem sentimento nenhum, não se importa nem com o bem estar deles e se é preciso descartar eles o fazem.
    Beijos meu amigão.

    ResponderExcluir