Google+ Followers

domingo, 30 de novembro de 2014

Lista de Presentes de Natal - Nós, Os Cachorros e Gatos


Amigos, Amigas,

E mais um Natal está chegando...
O tempo não está passando rápido, está voando mesmo... rs
Felizmente, nesta época do ano, queridas pessoas sempre nos presenteiam!!!
A maioria, que já me conhece bem e sabe que sou bem prático, costumam perguntar o que estou querendo ou precisando rs
Sabem que sou bem prático quando se trata da minha pessoa rs
Não sou de gastar muito comigo. Roupa básica e prática.
Enfim, por este ano ter sido bem complicado com relação a vida financeira, pois trabalhei a maior parte do ano poucas horas (quem mora no Japão sabe que se não fizer hora extra, não se ganha quase nada) e muitas despesas na Clínica Veterinária, resolvi fazer essa lista inusitada no blog.
Não estou pedindo nada (olha o orgulho falando rs), apenas que se alguém for nos presentear, por favor, não precisa me dar nada, não estou precisando mesmo.
Presenteie os pequeninos, assim estará me presenteando, me ajudando e fazendo todo mundo feliz rs
Esta lista é mais para os amigos e amigas rs, pois assim entram aqui no blog, dão uma olhada e não preciso ficar escrevendo separadamente para cada um rs
Preguiçoso né? rs
Não! Prático! rs

- Tapete Higiênico ou ペットシーツワイド

Existem vários tamanhos, eu uso o médio, de aproximadamente 45cm x 60 cm.
Existem várias marcas no mercado, de qualidade variada.
Eu uso um dos mais baratos que existem e de uma boa qualidade, pois os meus pequenos não costumam fazer xixi várias vezes no mesmo local. Então... rs

Links das duas marcas que costumo mais usar:

Cainz Home - http://www.cainz.com/shop/g/g4936695369176/

Lohako - https://lohaco.jp/product/9352283/

- Areia para banheiro de Gato

Também existem várias...
Nunca vi tanta variedade de coisas como aqui no Japão... rs
Até com cheirinho tem!!! rs
Mas, eu uso um tipo, aquela que quando o gato faz xixi, ela se une feito uma bola.
Já comprei de algumas marcas, mas decididamente, as únicas que continuo a usar são estas duas que só compro no Cainz Home, mas sei que existem outras em outras lojas.

Primeiro link Cainz Home - http://www.cainz.com/shop/g/g4936695434195/

Segundo link Cainz Home - http://www.cainz.com/shop/g/g4936695928991/

- Ração Canina

Na realidade são três tipos que uso aqui em casa.
Duas são para emagrecer e a outra para manter o peso.
São bem caras e recomendo sinceramente que ninguém me dê de presente mesmo!
Mas, vão os links.

Ração para emagrecer 1 - http://store.shopping.yahoo.co.jp/guren-shop/hc-me75.html

Ração para emagrecer 2 - http://store.shopping.yahoo.co.jp/be-stshop/hg1028.html

Ração para manter o peso - http://store.shopping.yahoo.co.jp/chanet/185753.html

- Ração dos Gatos

Essa é a mais prática rs.
Até hoje só foi indicada essa e é a que eles comem... rs

Yahoo Shopping - http://store.shopping.yahoo.co.jp/pet1122/rccma41h.html

- Guloseimas para dog's e cat's

Essa é a pior parte, porque os pequeninos são alérgicos a quase tudo, então eu uso apenas esses:

Guloseima dog's 1 - http://store.shopping.yahoo.co.jp/chanet/184182.html

Guloseimas dog's 2 - http://store.shopping.yahoo.co.jp/chanet/197217.html

Guloseimas cat's - http://store.shopping.yahoo.co.jp/andymarble/4902201205511-54524.html

Então fica aqui a lista que prometi a algumas pessoas que já me perguntaram o que eu estava precisando este ano.
Realmente para minha pessoas não preciso de nada mesmo! Obrigado!
Querer é diferente rs Quero muita coisa, mas não há necessidade mesmo rs

Obrigado e beijos e abraços!

sábado, 29 de novembro de 2014

Uma questão de atitude


A diferença entre os países pobres e os ricos não é a idade do país. Isso pode ser demonstrado por países que têm mais de dois mil anos e são pobres.
Também não reside nos recursos naturais disponíveis.
O Japão possui um território limitado, oitenta por cento montanhoso, inadequado para a agricultura e a criação de gado. Mas é a segunda economia mundial.
Outro exemplo é a Suíça, que não planta cacau mas tem o melhor chocolate do mundo.
Em seu pequeno território, cria animais e cultiva o solo durante apenas quatro meses no ano. Não obstante, fabrica laticínios da melhor qualidade.
Executivos de países ricos que se relacionam com seus pares de países pobres mostram que não há diferença intelectual significativa.
A raça ou a cor da pele, também não são importantes. Qual será então a diferença?
É a atitude das pessoas, moldada ao longo dos anos pela educação e pela cultura.
Ao analisarmos a conduta das pessoas nos países ricos e desenvolvidos, constatamos que a grande maioria segue os seguintes princípios de vida: a ética, como princípio básico. A integridade. A responsabilidade. O respeito às leis e regulamentos. O respeito pelo direito dos demais cidadãos. O amor ao trabalho. O esforço pela poupança e pelo investimento. O desejo de superação. A pontualidade.
Nos países pobres, apenas uma minoria segue esses princípios básicos em sua vida diária.

* * *

Está em nossas mãos tornar o nosso país um lugar melhor para viver.
Deus nos deu um clima tropical, belezas naturais em abundância, um solo rico e uma imensa criatividade.
Basta somente que acionemos os nossos esforços para colocar em prática a ética, a moral, a honestidade, o trabalho.
Por isso, comecemos cumprindo todos os nossos deveres, com pontualidade e zelo.
Trabalhemos com entusiasmo, vencendo as horas.
Conheçamos e respeitemos as leis, não as utilizando para usufruir vantagens pessoais.
Cuidemos do patrimônio público, conscientes de que o que mantém o município, o Estado e o país somos nós.
Quando se destroem ônibus, quando se picham monumentos públicos, quando se roubam livros nas bibliotecas públicas, lembremos que somos nós que pagamos a conta.
São os nossos impostos que mantêm a cidade limpa, as praças em condições de serem usufruídas pelos nossos filhos, as escolas e os hospitais funcionando.
Também não esqueçamos que os homens públicos, do vereador de nossa cidade ao Presidente da República estão a nosso serviço.
Contudo, e muito importante, lembremos que somos exatamente nós os que devemos ter olhos e ouvidos atentos à administração pública, cobrando resultados, mas colaborando, eficazmente. Porque ninguém consegue fazer nada sozinho.
Uma nação unida vence a fome, a guerra, as condições adversas.
Nós precisamos vencer o descaso e investir na educação individual, objetivando um cidadão consciente e atuante. E a educação inicia, em princípio, em nós mesmos.
É assim que o Brasil será melhor: quando nós quisermos!

Redação do Momento Espírita, com base no texto "A riqueza e a pobreza das nações", de Avaniel Marinho, colhido na internet.
Em 28.11.2014.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Japão promove “trabalho escravo” em massa com programas de treinamento para estrangeiros


Uma matéria publicada pela agência de notícias AFP revela o lado obscuro da fome do Japão por mão-de-obra barata. Os programas de “treinamento” oferecidos pelo governo japonês à estrangeiros, principalmente asiáticos, está sendo fortemente criticado por especialistas por promover o chamado “trabalho escravo moderno”.

A matéria relata a dura vida de um agricultor chinês que veio ao Japão para trabalhar como “aprendiz” em demolições. “A primeira palavra que ouvi de meus colegas japoneses foi baka.” disse o agricultor chinês em entrevista à AFP.

“A primeira palavra que ouvi de meus colegas japoneses foi baka. Estou exausto fisicamente e mentalmente.”

Assim como os outros 50 mil chineses que se inscreveram no programa de treinamento gerido pelo governo japonês, ele esperava voltar ao seu país com dinheiro no bolso e uma formação profissional que lhe permitiria melhorar de vida, mas a realidade é bem diferente do planejado. “Estou exausto fisicamente e mentalmente.” desabafou ele ao repórter.

O maior problema do agricultor chinês não é a intimidação por parte de seus colegas japoneses, nem o trajeto de duas horas entre seu alojamento e local de trabalho, que consiste basicamente em demolir prédios antigos. O seu maior desafio é pagar a dívida de mais de ¥1 milhão, valor oferecido como adiantamento para o pagamento de despesas de viagem e outras “taxas” cobradas pelos intermediários. O empréstimo transformou-lhe em um “escravo” virtual para a industria da construção civil do Japão. “Não posso simplesmente largar tudo aqui e voltar para a China antes de pagar minha dúvida.” disse ele.

O Japão está desesperadamente a procura por trabalhadores pagantes de impostos para financiar as pensões e os cuidados de saúde para a sua crescente população idosa, mas a sua constituição é “alérgica” à imigração. As barreiras imigratórias impostas por políticos conservadores e pela sociedade fechada, dá liberdade para que programas apelativos de recrutamento de estrangeiros, como os oferecidos atualmente para país asiáticos, sejam a solução mais confortável do governo para suprir a demanda de trabalhadores e contribuintes.

“A questão não é se iremos aceitar imigrantes ou não. Eles já estão aqui, desempenhando um papel vital em nossa sociedade.”

“Esse programa de treinamento é um sistema de trabalho escravo. Você não pode simplesmente sair e ir embora. É um sistema de tráfico de seres humanos, de trabalho forçado.” disse Ippei Torii, diretor da Rede de Solidariedade com os imigrantes do Japão, um grupo não-governamental que apoia os trabalhadores estrangeiros. “A questão não é se vamos aceitar imigrantes ou não. Eles já estão aqui, desempenhando um papel vital em nossa sociedade.” completou ele.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

JAPÃO: MULHER PULA EM TRILHOS DE TREM EM OSAKA E DESAPARECE


Um evento estranho e misterioso ocorreu 16 de novembro de 2014 em uma estação de trem em Osaka. O condutor de um trem e várias pessoas esperando na plataforma, viram algo inacreditável e inexplicável. Uma mulher tentou cometer suicídio pulando de repente entre os trilhos do trem, mas para surpresa de todos, o corpo não foi encontrado. O que aconteceu? Como explicar tal evento?

O condutor do trem disse ter parado o mais rápido possível, mas não foi capaz de evitar uma colisão com a mulher que acabou sob o trem entre os gritos de terror. O homem diz com a absoluta certeza que viu a mulher desaparecer diante de seus olhos e ainda incrédula, caiu para tentar encontrar o corpo. Várias pessoas que estavam no local confirmaram à polícia que viu a mulher atirar-se entre as faixas, vendo de repente ela desaparecer.

Todos na estação agiram imediatamente para tentar salvar a mulher, mas a confusão e medo aumentaram, quando encontraram nenhum vestígio, nem mesmo uma gota de sangue. O que aconteceu com o corpo?

O Corpo de Bombeiros de Osaka sequer levantou o trem com um guindaste só para ver se havia traços da mulher, mas ninguém jamais encontrou nada, nem mesmo um fragmento do vestido.

Um membro do pessoal da estação confirmou que havia testemunhado a cena e viu a mulher cometendo suicídio. O motorista ainda está abalada com o que aconteceu e não pode dar uma explicação racional. A notícia fez as rondas no Japão e suposições mesmo o mais ficção científica tomaram conta: Onde está a mulher? Foi para outra dimensão?

Pessoas, falam de incidentes misteriosos que ocorreram dentro da estação,em 15 de novembro no período da manhã (um dia antes do acidente), algumas testemunhas afirmaram ter visto uma mulher salto sobre a pista e, em seguida, desaparecer no ar e tudo isso diante de seus olhos. A polícia não quis admitir essa história, de modo a não causar pânico entre a população, mas as testemunhas são diferentes e a história é perturbadora.

O que aconteceu com o corpo? Quem era realmente ela? Testemunhas já se depararam com o espírito de uma garota morta em tais circunstâncias? A viagem no tempo? A explicação racional para o momento não existe.

PHOENIX LENDAS & MISTÉRIOS


segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Qual é a sua causa?


Uma revista traz estampada em sua capa uma questão direta e provocante: Qual é a sua causa?
Logo abaixo da pergunta tema da matéria principal, um pequeno texto explicativo:
Todo mundo pode fazer a diferença. E nem precisa mudar o mundo. As maiores lutas estão no dia a dia.
No corpo do periódico, o texto da matéria começa declarando:
Doar sangue, cabelo, alegria ou tempo. Resgatar a autoestima, um animal, um sonho ou uma vida. Conheça histórias de pessoas que descobriram diferentes razões para viver e uma mesma felicidade – a de ajudar.
Logo em seguida, lemos diversos relatos de pessoas e suas causas nobres. Algumas muito singelas, mas todas extremamente importantes.
Uma mulher deixou o cabelo crescer e depois doou para pacientes em tratamento quimioterápico.
Um homem liderou o projeto de tombamento do bairro onde nasceu e cresceu.
Mulheres que, para defender a causa do parto humanizado tornaram-se doulas, ou seja, mulheres que dão suporte físico e emocional a parturientes.
Um adolescente acompanha a mãe numa atividade de contar histórias, brincar e conversar com crianças carentes, filhos de dependentes químicos.
E muitos outros vão surgindo, desenhando suas belas causas, produzindo como que uma pintura indescritível que só o bem é capaz de retratar.
Talvez possamos nos perguntar: Será que todos nós precisamos ter alguma causa? Não é suficiente apenas viver bem, amar, cuidar da família, respeitar o próximo?
Para um grande número de pessoas, possivelmente sim, mas não sentimos dentro de nós uma vontade de fazer algo mais? Um vazio que, por vezes, nos desanima e não sabemos o que é?
Se já somos suficientemente esclarecidos, se já conhecemos a mensagem do Cristo, se já entendemos os propósitos da vida, da encarnação, do planeta, será que não podemos fazer algo mais do que vimos fazendo?
Não precisa ser nada grandioso, como afirma o próprio texto da reportagem. Pode ser algo em nossa comunidade, algo que faça de nós um agente de união, de civilidade, de bom senso.
O mundo precisa de líderes bons, que façam mais do que falem.
Estamos cansados dos que falam, prometem, têm bela oratória e não honram seus dizeres.
Queremos o silêncio das boas ações.
Assim, trazemos este suave convite: abracemos uma causa qualquer. Aquela com a qual mais nos identifiquemos.
Entreguemo-nos a algo sem interesse próprio, doando nosso tempo, nossa energia, e descubramos o quanto isso pode fazer bem aos outros e a nós mesmos.
O gesto de levantarmos uma bandeira para defendermos uma causa em que acreditamos, verdadeiramente, nos enche de vitalidade, o coração bate diferente e nos inunda com saúde.
Defender uma causa é dizer não à indiferença que teima em querer nos tornar zumbis da modernidade, repletos de informação, repletos de conhecimento, mas pobres no sentir.
Importemo-nos com algo. Importemo-nos com nosso próximo. Importemo-nos.
Qual é a sua causa?

Redação do Momento Espírita, com base em reportagem de Helaine Martins, Carla Pimentel, Rafaela Carvalho, Carolina Muniz e Roberta Barbieri, da revista Sorria, de agosto/setembro de 2014.
Em 17.11.2014.

sábado, 22 de novembro de 2014

Ex-funcionário de pet shop é preso por jogar mais de 70 corpos de cães mortos em Tochigi



A polícia da cidade de Nasushiobara prendeu um ex-funcionário de um pet shop por jogar mais de 70 corpos de cachorros mortos em rios e montanhas da região.

O suspeito, identificado como Masaki Kimura, 39, foi preso acusado de violar os direitos dos animais e leis ambientais. O curioso, é que o próprio autor dos crimes se apresentou voluntariamente ao posto policial em Utsunomiya no dia 11 de novembro.

O caso veio à tona no dia 31 de outubro quando 45 corpos de pequenos cachorros foram achados no rio Kinu em Utsunomiya. Alguns dias depois, no dia 5 de novembro, oito cachorros ainda com vida e 19 mortos foram achados nas montanhas perto de Nakagawa.

Após sua prisão, Kimura disse às autoridades que pagou um milhão de ienes para um criador de cães em Aichi pelos animais, todos de pequeno porte, e sua intenção era de revender os cachorros.

Contudo, quando Kimura transportava os animais em jaulas de madeira, muitos deles morreram. “Eu não sabia o que fazer, então joguei os corpos” disse ao ser interrogado pela polícia.

Fonte: IPC Digital

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Prejudicados por novas leis, criadores podem ter abandonado cães


Criadores com problemas financeiros são suspeitos de abandonarem um grande número de cães em vários lugares do Japão.

Mais de 40 cães de raças pequenas foram encontrados mortos em 31 de outubro no rio Kinugawa, na cidade de Sakura, em Tochigi. Uma semana depois, 27 cães foram encontrados mortos em um penhasco em Nakagawa, também em Tochigi. Casos semelhantes foram reportados em Yamanashi, Saitama, Gunma e Saga. Até agora, já foram encontrados 218 cães mortos ou doentes por todo o país.

De acordo uma nova lei sobre o bem-estar dos animais, as prefeituras locais estão autorizadas a recusar novos pedidos de registro de animais. Essa alteração busca evitar que as pessoas comprem animais por impulso e os criem de forma irresponsável, o que também tem sido um duro golpe para muitos criadores.

Outra lei que foi revisada recentemente estipula que os animais devem ser comercializados cara a cara, numa tentativa de impedir vendas feitas pela internet.

Essas medidas podem ter levado criadores e vendedores a abandonarem e matarem os animais.

Fonte: IPC Digital

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

27 cães de raça são encontrados mortos em Tochigi


Vinte e sete cães foram encontrados mortos em um penhasco na cidade de Nakagawa, em Tochigi, por volta das 10h30 da manhã de quarta-feira. A descoberta foi feita uma semana após 42 cadáveres de cães de pequeno porte terem sido encontrados em um rio na cidade de Sakura, a 20 quilômetros de Nakagawa.

De acordo com a polícia, os 27 cães eram das raças chihuahua, dachshund e poodle toy. Assim como no caso da semana passada, nenhuma das carcaças mostravam sinais de violência. Um dos animais vestia uma roupa vermelha e nenhum deles estava com coleira.

Fonte: Yomiuri Online e IPC Digital

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Um bom sentimento no coração



Dois meninos caminhavam ao longo de uma estrada, que se estendia através de um campo.
À beira do caminho viram um casaco velho e um par de sapatos surrados.
Ao longe vislumbraram o dono que trabalhava naquele campo.
O rapaz mais novo sugeriu que eles escondessem os sapatos, se escondessem eles mesmos, e ficassem ali observando a expressão de surpresa do dono, quando retornasse.
O menino mais velho achou que isso não seria tão bom.
Ele disse que, pelo aspecto da roupa e dos sapatos, o dono deveria ser um homem muito pobre.
Então, depois de falarem sobre o assunto, por sua sugestão, concluíram que tentariam outra experiência: ao invés de esconder os sapatos, iriam colocar uma moeda de prata em cada um, e observar o que o dono faria quando descobrisse o dinheiro.
E foi o que fizeram.
Logo, o homem regressou do local onde trabalhava, colocou seu casaco, calçou um pé em um sapato, sentiu algo duro, levou-o para fora e encontrou um dólar de prata.
Maravilha e surpresa brilharam em seu rosto.
Ele olhou para a moeda uma vez e outra vez, virou-se e não conseguiu ver ninguém ali por perto.
Em seguida, calçou o outro sapato.
Para seu grande espanto, encontrou outra moeda de prata.
Ele começou a chorar, ali, sentado sobre o campo.
Em seguida ajoelhou-se, e ofereceu em voz alta uma oração de agradecimento, na qual falou de sua esposa que estava doente e sem esperança, e sobre seus filhos, indefesos, sem comida.
Fervorosamente, agradeceu a Deus por essa graça, vinda de mãos desconhecidas, e evocou as bênçãos dos céus sobre aqueles que lhe deram a ajuda de que precisava.
Os meninos permaneceram escondidos até ele ir embora. Haviam presenciado toda a cena.
Eles tinham sido tocados por sua oração, e sentiram um calor dentro de seus corações.
Enquanto saíam a pé pela estrada, disse um ao outro: Então, realmente, você não tem um bom sentimento no coração?

* * *

Haverá dia em que todos nós, sem exceção, entenderemos porque há apenas um caminho, o caminho do bem.
Haverá dia em que apenas esse tipo de felicidade interior irá nos saciar, em que não mais buscaremos preencher os vazios da alma de outras formas.
Haverá dia em que compreenderemos Jesus e Sua mensagem maior, resumida no amor, simplesmente no amor: a Deus, ao próximo e a nós mesmos.
Enquanto esse dia não chega cabe-nos realizar as pequenas conquistas, dar os primeiros passos, viver as primeiras felicidades autênticas possíveis na Terra.
Percebamos em nosso coração o sentimento que predomina quando podemos ser úteis a alguém, quando, de alguma forma, significamos algo na vida de outra pessoa.
Analisemos esse sentimento, tentemos compreender de onde ele vem, tentemos compreender de onde vem a alegria de ouvir um Você é muito importante para mim.
O amor já está na Terra há muito tempo. Não é segredo para ninguém. Não é propriedade dos sábios, dos doutos. Ele está aí, esperando por mim, esperando por você, esperando por nós.

Redação do Momento Espírita, com base em trecho do discurso Lições que aprendi quando menino,
do Rev. Gordon Hinckley, encontrado no site www.lds.org.

Em 11.11.2014.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

O que aconteceu com você?

O que aconteceu com você?
Por Nestor de Almeida

O que aconteceu com você? 
Cadê aqueles seus sonhos que te enchiam de orgulho, de motivação e esperança de uma vida melhor?
O que aconteceu com eles? 
Onde foi que deu errado? 
O que você fez com a sua esperança? Por que se deixou abater com as dificuldades, com as pedras que encontrou no caminho? 
Cadê aquela pessoa maravilhosa que amava a vida e caminhava a passos largos, cabeça erguida, cheia de fé em si e em Deus e nos seus sonhos? 
Por que está ai agora, cheia de medos? Onde tudo se perdeu? 
Por que você está se permitindo ficar assim? Por que o pessimismo está ocupando o lugar do seu otimismo? 
Olha pra você, Você não é isso, você é muito mais. 
Levante a cabeça, você pode dar a volta por cima. 
Você não é essa pessoa, você está se permitindo ser essa pessoa. 
Volte a sonhar, volte a planejar, volte a caminhar, volte realizar seus sonhos. 
A vida tem segredos que você precisa descobrir, mas só vai descobrir se voltar a caminhar. 
Hoje é o seu dia! 
Chegou a sua hora de mudar. 
Levante, olhe para o alto, volte a acreditar em Deus, em você e nos seus sonhos. 
Você pode fazer tudo isso e muito mais. 
Respire fundo e volte a ser aquela pessoa maravilhosa de antes, ela está ai dentro de você. 
Sei que não da para sair correndo, mudando tudo de uma hora para outra, mas você pode mudar. 
Chegou a hora de você caminhar, caminhe! 
Tem um mundo cheio de oportunidades lhe esperando, caminhe na direção delas. 
Comece a caminhar e as oportunidades começarão aparecerem. 
Vai lá, chegou a sua hora, chegou a sua vez. 
Estou aqui na torcida porque sei que você pode e vai conseguir!

LEIA O LIVRO "DE MENINO DE RUA A EXECUTIVO"

************************************

Não conheço livro, nem sei do que se trata...
Mas, achei que o texto cai como uma luva em minha pessoa... rs
Achei bem interessante e motivador e resolvi compartilhar com vocês!!!
Abraços!!! 

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Novo membro na família Nós, Os Cachorros - Dengo Chan



Amigas e Amigos, 

é com muito carinho que venho apresentar meu filho caçula: Dengo!!!
Eu sei que muitos devem pensar que sou maluco em adotar mais uma criança de pelos, mas tenho meus motivos.
O primeiro é que Hiro, apesar de se dar muito bem com os dog's, sente-se sozinho...
Quer brincar, pular e não tem com quem, por isso mesmo eu adotei o Dengo, que em apenas uma semana, conquistou o coração do Hiro.
Brincam juntos, dormem juntos, fazem tudo juntos.
E em segundo lugar, nada como dar um lar a um ser inocente e que nada fez de errado para ser deixado na rua.
Agradeço de coração a Neusa Gonçalvez, que trouxe o Dengo de seu gatil lá de Shizuoka.
A coitado e o marido enfrentaram uma viagem de três horas para nos dar essa alegria!!!