Google+ Followers

sábado, 31 de outubro de 2009

Papeis de Parede diferentes para seu PC









Fumantes passivos e animais de estimação

Gastamos muito tempo tentando manter nossos animais de estimação em forma e saudáveis.

Entretanto, embora nos preocupemos constantemente com o alimento que damos a nossos bichinhos ou com a quantidade de exercí­cio que fazem, com que freqüência consideramos a possibilidade de sofrerem de uma doença fatal causada por nossa própria mão, quando portando um cigarro?

Há poucos estudos sobre o efeito da fumaça do cigarro em animais. Entretanto, o Dr. Anthony Moore da Universidade de Massachusetts revelou que viver em uma casa com fumantes aumenta consideravelmente o risco de um gato ou cachorro ter linfomas. O Dr. Moore espera que novas pesquisas ligando fumo passivo aos tipos mais comuns de câncer em animais de estimação estimulem pessoas à deixar o ví­cio. "Penso que há muitas pessoas que não deixariam de fumar por elas mesmas nem por suas famí­lias, mas deixariam por seus gatos e cachorros", diz esperançoso.

Embora haja ceticismo a respeito das pesquisas, é claro que seu animal de estimação está sujeito à fumaça de cigarros dentro da casa e que seu sistema respiratório sente os efeitos. Alguns veterinários dizem que a fumaça se torna mais concentrada a ní­veis baixos e usam este dado em defesa de nossos animais. Apenas 15% da fumaça do cigarro é inalada pelo fumante. O restante é dispersado na atmosfera, expondo bichinhos a mais de 400 toxinas. Essa fumaça tem mais de 40 substâncias causadoras de câncer, assim como monóxido de carbono.

Shirley Beardsworth, dona da Cocker Spaniel Meg Beardsworth, vencedora em Crufts, pensou nos efeitos que o fumo teria em seu animal a longo prazo. Depois de decidir parar de fumar, percebeu que não estava apenas colocando sua vida em risco, mas também a de seu animalzinho. "Meg, espirrava e saia correndo da sala quando eu acendia um cigarro," recorda, "mas desde que parei de fumar, ela está em ótima forma. Continua ganhando campeonatos e até vencendo cães mais jovens."

Pesquisas recentes mostram que fumaça do cigarro está relacionada a outras doenças em animais de estimação, como a asma. Estudos demonstram que a exposição à fumaça do tabaco está relacionada ao câncer nasal e à sinusite de cães. A constante exposição à fumaça do cigarro certamente não deixará seu animal de estimação mais saudável, mais feliz e em forma. Em um ambiente perfeito, um animal não deve entrar em contato com nenhuma fumaça de cigarro, então porque não fumar fora de casa?

Melhor ainda, pelo seu bem e pela saúde do seu bichinho, pare de fumar!

China está fazendo mais pelo clima que EUA

Relatório do World Resources Institute afirma que a China está tomando as atitudes necessárias para atingir suas metas de redução de consumo de energia.

Segundo o WRI, com sede em Washington, nos últimos cinco anos, os líderes chineses abraçaram a causa de reduzir a demanda energética do país.
Por exemplo, uma das metas do país é gerar 15% de sua energia de fontes renováveis até 2020. Estima-se que, até lá, ele terá 150 gigawatts de energia eólica instalada – mais de cinco vezes o que os Estados Unidos têm hoje. Além disso, uma em cada dez casas chinesas já possui aquecedor solar, e os níveis crescem 20% ao ano.

Até o final do ano que vem, o governo também pretende reflorestar 20% de áreas desmatadas.

Essas políticas são extremamente importantes no combate aos gases causadores do efeito-estufa, uma vez que três quartos das emissões da China são resultado da queima de combustíveis fósseis para a produção de energia.

Outro objetivo do país é reduzir em 20% até o ano que vem sua intensidade de energia (quantidade usada por dólar de produto doméstico produzido). Um programa que funciona há três anos já fez com que, em 2008, a China a queda fosse de 4.59%, um aumento em relação aos 4,04% de 2007 e 1,79% de 2006.
As usinas de carvão por lá também são mais eficientes do que na terra do Tio Sam. Enquanto a porcentagem de calor transformada em energia nos Estados Unidos está em 33% desde a década de 1960, na China ela já passou dos 35%. Outra medida adotada pelo governo, e que contribui para esses números, é o fechamento de instalações ineficientes: em 2007, foram mil usinas desativadas.

Além de falar abertamente do problema, a China já admite que pode sofrer com os efeitos do aquecimento – tanto que o presidente Hu Jintao listou as mudanças climáticas como uma das áreas em que o país deve atuar como parte de um esforço mundial para o desenvolvimento da paz.
Apesar dos bons resultados no relatório, a WRI adverte que a poluição atmosférica, embora tenha melhorado, ainda está bem pior que os níveis americanos. Atualmente, EUA e China são os dois maiores emissores de gases causadores do efeito estufa do mundo. Em 2007, eles liberaram respectivamente 1,56 e 1,66 bilhões de tonelada métricas de carbono.

South Park salva as baleias dos japoneses


O desenho americano South Park atacou novamente e, dessa vez, satiriza os japoneses e seus navios de caça às baleias.

O episódio de 21 minutos começa coma revolta de Stan ao descobrir que golfinhos e baleias são caçados por navios do Japão. A partir daí, os criadores Matt Stone e Trey Parker mostram a saga do garoto no combate à caça desses animais.

Como acontece na maioria dos episódios de South Park, “Whale Whores” é repleto de humor negro, piadas políticas e referências à cultura pop. Um dos trechos já virou hit na internet e mostra a música “Poker Face”, da cantora Lady Gaga, como trilha sonora da saga de Stan contra os japoneses.

Repleto de exageros, o episódio não deixa de satirizar também os ambientalistas – uma referência clara aos protestos feitos (especialmente pelo Greenpeace) nos navios de pesca japoneses.

O episódio completo pode ser assistido no site do South Park.

Samsung Armani - Elegância até na hora de telefonar.


Se você gosta de se vestir bem, tem dinheiro para gastar, provavelmente quer um celular exclusivo também. Não um Vertu, aquele celular feioso com tecnologia nokia, mas algo italiano, um Armani.


A Samsung anunciou o Armani SPH-W8200, aparelho desenhado pela grife italiana Giorgio Armani. O celular oferece display OLED de 3.1 polegadas touchscreen, câmera de 5mp, bluetooth e slot para microSD.


Além de touch, é também slide, facilitando para quem não gosta de usar a telinha para discar os números. Virá com Windows Mobile 6.5 e será lançado em 9 de outubro na Europa. Ainda não se sabe o valor do "brinquedo".

Elecom tem Hub USB Lego


Que tal um Hub USB temático da Lego?
Os hubs USB em forma de Lego têm seis cores e podem ser encaixados, como peças de Lego comuns.


O site também oferece outros Hub USB. Entre e divirta-se!!!

Se você estiver disposto a pagar salgados US$ 53 dólares por eles, o site é Geek Stuff 4 U.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Cachorro: não apenas o melhor amigo do homem

Se o cão é tradicionalmente conhecido como o melhor amigo do homem, então um animal de estimação "cão, gato ou qualquer outro animal" está se tornando rapidamente o melhor amigo da mulher. Para muitas mulheres eles podem ser uma fonte de amizade, reafirmação e até mesmo, de uma forma engraçada e unilateral, alguém com quem conversar. Esta é a conclusão da uma pesquisa que a Blue Cross fez com 1.000 pessoas que foram questionadas sobre seus relacionamentos com seus animais de estimação.

Extraordinariamente, seis entre dez mulheres disseram que não hesitariam em procurar seus animais de estimação para conversar se sentissem-se estressadas. Apenas quatro entre dez homens estressados disseram que fariam o mesmo. Outro exemplo da diferença entre os gêneros: quando comparado com homens, o dobro das mulheres disse sentir mais saudade de seu animal de estimação do que do parceiro, de amigos ou parentes quando viajando.

Julie Bedford, chefe dos serviços de comportamento animal da Blue Cross, disse: "Não é surpreendente que tantas mulheres tenham um ví­nculo especial com seus animais de estimação. Eles dão amor incondicional, podem dar conforto depois de um dia duro de trabalho e até dar proteção se você morar sozinha."

E não é apenas afeto e reafirmação que as mulheres recebem de seus animais de estimação - bate-papo também. Nove entre dez mulheres adora conversar com eles, comparados a oito entre dez homens. Outro resultado importante obtido com a pesquisa, é que animais de estimação são salva-vidas em potencial... e não falamos apenas de São Bernardos! Quatro entre dez mulheres, por exemplo, acreditam que se estivessem em perigo, seus animais de estimação viriam salvá-las. Este sentimento é especialmente forte entre donas de cães.

Então, se animais de estimação podem nos fazer tão bem, o que podemos fazer por eles? Uma escolha popular é deixá-los dormir em nossa cama. Os animais com mais privilégios neste respeito são os gatos, que tem donas solteiras ou separadas entre 25 e 34 anos. Na verdade, quase metade das pessoas solteiras permite com que seus animais de estimação durmam com eles a noite, mas a má notí­cia é que as coisas mudam para pior quando se casam! Neste momento, metade dos animais de estimação perdem o privilégio e têm de encontrar outro lugar para dormir.


Os pesquisadores não dão um nome a este fenômeno "que poderia ser substituição no cobertor", mas sabem do que chamamos nossos animais de estimação. Dizem que dois entre três donos de cães e pássaros dão nomes humanos a eles. Estes nomes provavelmente sejam mais simpáticos do que os que os animais usam em relação a seus donos após serem expulsos da cama...

Como os alimentos afetam o humor

Cada vez mais a ciência vem provando que a composição dos alimentos que comemos pode afetar o funcionamento do cérebro modificando o humor, incluindo o estado de alerta e até a percepção à dor.

O que há nos alimentos que conferem tais poderes? A habilidade de alterar a produção e liberação de neurotransmissores, mensageiros químicos que carregam informações de uma célula nervosa para outra.

Apesar de tudo isso parecer complicado, veja o que podemos fazer na prática.

Aumente seu estado de alerta com proteínas

Alimentos ricos em proteínas, quando digeridos, se quebram em aminoácidos. Um aminoácido, conhecido com tirosina, pode aumentar a produção de dopamina e adrenalina que são neurotransmissores capazes de aumentar a energia e o estado de alerta.

Alimentos ricos em proteínas incluem peixes, carnes, aves e ovos. Se não for possível ingerir esses alimentos, tente alimentos ricos em proteínas que também contêm quantidades significativas de carboidratos como leguminosas, queijos, leite e tofu.

Para relaxar e diminuir o stress, com os carboidratos.
A ingestão de carboidratos leva ao aumento nos níveis de insulina, que auxiliam na "limpeza" de aminoácidos do sangue, menos do triptofano. Este aminoácido, uma vez no cérebro, aumenta a produção de serotonina, que é um neurotransmissor capaz de reduzir a sensação de dor, diminuir o apetite, produzir sensação de dor, diminuir o apetite, produzir sensação de calma e até induzir ao sono. Dietas com baixo teor de carboidratos por vários dias podem fazer com que o humor fique mais depressivo.

Alimentos saudáveis ricos em carboidratos incluem pães, e biscoitos integrais, massa integral, arroz, cereais e frutas. Ah, e não vamos nos esquecer do chocolate.

Acido fólico também é importante para o humor

A deficiência de ácido fólico tem sido associada à depressão em alguns estudos, por levar à queda nos níveis de serotonina no cérebro. Quantidades pequenas como 200 microgramas já são suficientes para melhorar o humor e podem ser obtidos numa xícara de chá de espinafre cozido ou um copo de suco de laranja.

Falta de selênio pode causar mau humor

Especula-se que o selênio possa ter alguma função neurológica desconhecida, mas seu mecanismo de ação ainda é um mistério. Sabe-se que indivíduos que sofrem de carência de selênio são mais irritados, ansiosos e depressivos e a suplementação normaliza o humor.

Os alimentos ricos em selênio são os oleaginosos (castanha, nozes, amêndoas) atum, semente de girassol e cereais integrais.

Coloque ovos em sua dieta e melhore sua memória e concentração

A colina é uma vitamina do complexo B que está presente em alimentos ricos em colesterol como ovos e fígado. A falta deste componente pode causar comprometimento da memória e da capacidade de concentração, pois é precursor do neurotransmissor acetilcolina. Não deixa de ser uma boa desculpa para incluir ovos no seu plano alimentar, sem excessos, é claro.

Vitamina B6

Também é um ingrediente necessário na produção de serotonina, portanto, alimentos ricos nessa vitamina podem auxiliar no bom humor. Alguns exemplos de alimentos ricos em B6 e carboidratos são banana, batata, uva passa e cereais integrais.

Cálcio

Sabe-se que ajuda a reduzir irritabilidade e nervosismo em mulheres que sofrem de TPM (tensão pré-menstrual). O ideal é ingeri-lo com regularidade, em torno de 1.200 mg por dia. Está presente no leite, iogurte e queijos.

Camomila

Já era usada em 1800 para acalmar crises histéricas. Atualmente é usada também para diminuir a ansiedade. Devido a seu efeito antiespasmódico auxilia no alívio de cólicas e problemas digestivos. Para potencializar o efeito calmante, adicione um pouco de mel, devido aos benefícios do carboidrato.

Magnésio

Está envolvido também na regulação de serotonina e, portanto, no controle do humor. Alimentos ricos em magnésio são cereais integrais e frutas secas.

Como Evitar Cheiro de Fritura?


Frituras deixam um cheiro desagradável na casa e fica impregnado na cozinha. Para remediar, coloque meia colher de chá de canela em pó em uma frigideira seca , aqueça e deixe alguns minutos. O cheiro desaparece e o aroma de canela perfuma a casa por um bom tempo.

Achado fóssil de mosca com chifres e 3 olhos


Encontrada estranha criatura preservada em âmbar por 100 milhões de anos: uma mosca com três olhos acima de um par de chifres.

Descoberto em uma mina no vale de Hukawng, em Myanmar, o fóssil tem entre 97 milhões e 110 milhões de anos e viveu no período Cretáceo. A substância pegajosa da árvore que a rodeou se encarregou de preservar em detalhes sua anatomia – as únicas partes faltando de seu corpo são a porção esquerda do abdome e uma parte de uma das patas esquerdas.

Chamada de Cascoplecia insolitis – do latim “cascus”, que significa velho, e “insolates”, de insólito, estranho, incomum – ela é diferente de todas as espécies de inseto já descritas na biologia. Isso significa que se trata de uma família, gênero e espécie completamente novos.

Apesar de suas asas serem parecidas com as encontradas na família Bibionomorpha, ela possui antenas de formas peculiares, pernas muito longas e pequenas mandíbulas que teriam limitado suas mordidas a porções bem pequenas de comida - além dos chifres e dos três olhos funcionais.

Os pesquisadores da Universidade Oregon State, que estudam o achado, acreditam que essas duas características funcionavam como mecanismos de defesa e ofereciam uma vantagem na alimentação de flores pequenas, mas não eram tão vantajosos para flores maiores. Por isso, talvez, elas não tenham tido sucesso evolutivo – já que nenhum outro inseto descoberto possui um chifre como este, ou muito menos olhos acima dele.

Mas apesar da aparência monstruosa, acredita-se que a mosca era uma pacata herbívora que se alimentava de pólen e néctar em pequenas flores tropicais. Suas longas patas, que a ajudariam a subir nas plantas, estavam recobertas de pólen também preservado no âmbar.

Aliás, para os que já fizeram a associação do âmbar com o mosquito do filme “Parque dos Dinossauros”, ficou claro que, em se tratando de um herbívoro, o fóssil não possui vestígios de sangue de Tiranossauro dentro de si.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Nunca estamos realmente sós


Quem na vida nunca enfrentou dificuldades? Talvez alguém muito jovem, que ainda muito pouco viveu e que goze de uma boa estrutura familiar e escolar, possa dizer que nunca enfrentou uma situação difícil.

Com o passar do tempo, porém, à medida que a vida avança, são cada vez mais comuns as situações adversas.

Inúmeras são as dificuldades: a perda de um ente querido, a separação da família, a perda de um emprego que garante o sustento, os insucessos econômicos, as dificuldades no estudo.

Para cada um de nós situações diferentes representam diferentes graus de adversidade, mas todos lembramos facilmente delas.

Frequentemente despreparados para enfrentar tais situações, deixamo-nos levar por sentimentos de tristeza, de desespero e de impotência perante o fato.

Comumente, expomos nossa situação a familiares, amigos e, não raramente, pessoas não muito próximas, que se disponham a nos escutar.

Falando constantemente sobre o fato que nos preocupa permanecemos imersos nos sentimentos negativos, mantemos nossa mente agitada, entristecida e, até mesmo, revoltada.

Não faltam, nessas situações, opiniões diversas, de pessoas bem intencionadas, porém que nos deixam confusos, frequentemente sem encontrar uma solução.

Poucas são as pessoas que se recolhem e buscam em si mesmas a real causa de tal insucesso, tentando, a partir dessa reflexão, modificar seu comportamento, ou encontrar uma solução eficaz.

Muitos dizem se sentir sozinhos frente às dificuldades e, por este motivo, esperam opiniões e conselhos de todos aqueles que se dispuserem a dá-los.

Falsa ideia a da solidão. Aqueles que dela se queixam se esquecem de que temos, ao nosso lado, sempre pronto a nos ajudar, alguém que só quer o nosso bem.

Muitos de nós costumávamos pedir proteção a esse alguém, quando crianças, dirigindo-lhe uma prece, antes de dormir. Ao crescermos, esquecemos de tal atitude.

Nosso Espírito protetor ou anjo da guarda está sempre presente, desde nosso nascimento até quando, ao final da vida física, voltamos à pátria espiritual, podendo ainda nos acompanhar em futuras existências.

Silenciosamente, espera uma oportunidade de ser ouvido. Ele nos fala à mente e o podemos ouvir na forma de intuição ou de boas ideias.

Para que essas intuições ou ideias cheguem ao nosso consciente é necessário que tenhamos a mente pronta para as receber. Obviamente, em meio à agitação e aos sentimentos negativos não teremos paz de espírito para tal.

Tornamo-nos receptivos por meio do recolhimento, do silêncio, da oração, da meditação, ou dos sonhos durante um sono calmo.

São muitos os relatos dos que, depois de orar com real recolhimento e, portanto, sintonizando com o mundo espiritual que nos guia, encontraram uma solução, ou, pelo menos, consolo e paz diante de uma dificuldade.

* * *

Lembremo-nos sempre desse auxílio que Deus deixa à nossa disposição, e que não nos falta nunca.

Tenhamos a certeza de que, se um dia nos sentimos sem recurso, isto não é verdade, pois nunca estamos realmente sós!


Redação do Momento Espírita.
Em 22.10.2009.